Desenvolvimento Profissional

Meditação do dia 09/10/2017

Gn 2.15 – E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.

 Desenvolvimento profissional – Não sei quando surgiu a palavra profissão e suas derivadas, profissional, profissionalização e outras do gênero; mas isso não faz nenhuma diferença, pois profissão e trabalho estão de mãos dadas desde o início. Mas quero pensar aqui hoje, sobre o começo do que hoje conhecemos como mercado de trabalho; pois isso é tremendamente dinâmico, elas surgem com a demanda e declinam com o desaparecimento daquelas necessidades. Não tenho 60 anos e muitas profissões fortes na minha infância e adolescência, já não existe mais e outras estão se extinguindo aos poucos. Adão ao que tudo indica, foi o pioneiro em qualquer coisa que pudermos pensar, e isso faz parte do contexto do livro de Gênesis, é exatamente por isso que ele tem esse nome, ali está o início de tudo. Praticamente tudo que encontramos até Apocalipse e outras que nem lá estão, tem suas origens ligadas à Gênesis. Adão foi o primeiro homem na terra, portanto foi também o primeiro trabalhador, foi o primeiro marido, primeiro pai, primeiro avô, deve ter sido o primeiro a levar uma martelada no dedo, a se espetar com um espinho, o primeiro a experimentar algo e não gostar, ou gostar e depois ter efeitos colaterais, enfim, a vida de Adão foi divertida. Pensando em profissão, ele começou a carreira como lavrador e vigilante. Então dessas duas atividades surgiram todas as outras ligadas ao desenvolvimento e aperfeiçoamento desses trabalhos. Por alguma razão, ele certamente criou, fabricou ainda que rudimentarmente algumas ferramentas e instrumentos de trabalho. No começo, ele fazia tudo sozinho, afinal era só ele mesmo; depois partilhava algumas responsabilidades com Eva. Eles devem ter notado que algumas tarefas eram melhores executadas por um deles do que pelo outro e também produziam mais satisfação e realização em um do que no outro; assim facilitou a escolha de tarefas. Não é assim até hoje? Há mulheres que detestam lavar louças, mas gostam de arrumar a casa; lavar roupas e fácil, mas passar é entediante; cozinhar é bom, mas fazer assados é complicado. Tem homem hábil na cozinha, mas tem dificuldade no trato com as crianças; para uns fazer compras e um fardo, mas a manutenção doméstica é um hobby. Quando chega os filhos e vão demonstrando habilidades, os pais vão se livrando dos “fardos” e desenvolvendo ofícios nos filhos. Nem todos somos como o Mcgiver do seriado adolescente dos anos 80; o cara era bom em tudo, um gênio do improviso em qualquer lugar, com qualquer material para qualquer finalidade. Nem toda mulher é como a Xena do seriado das histórias de mitologia e exageros, afinal ela lutar melhor que o Anderson Silva, comanda exércitos, é estrategista em batalhas campais, caça, pesca, constrói, destrói, e se entrar numa de nossas olimpíadas modernas, leva ouro em todas as modalidades em disputa, participando até em três, cinco ou mais modalidades simultâneas. Mas fora da ficção temos pessoas muito habilidosas em diversas áreas e são multitarefas com extrema competência. Em quê você é bom? Quais são os seus dotes principais e como você os utiliza para produtividade e prazer? São dons de Deus. Também você não precisa viver entediado trabalhando em algo que não gosta, não tem habilidades; nesse caso, precisa-se de iniciativas novas. Aprender algo novo, desenvolver um talento que está enferrujando sem uso e as vezes virar uma página da vida; mas há situações que não basta virar uma página, é preciso trocar o livro. Duas coisas para pensar: Comodismo e medo, não fazem bem para ninguém. Não se acomode com uma situação incômoda e que produz uma vida frustrante pois isso afeta negativamente outras áreas da sua vida onde poderia ser muito realizador. Também não tomar iniciativas de mudar por medo de fracasso, adaptação e troca de rotina; Toda mudança incomoda! E fazer coisas novas é sempre desafiante e para alguns trás insegurança, mas estamos fazendo coisas pela primeira vez a vida inteira; até o dia que morrermos, será a primeira vez, se bem que alguns já sobreviveram milagrosamente. Como dizem os pensadores de plantão, nesta vida a única coisa constante são as mudanças. Use sua fé e relacionamento com Deus para boas experiências na sua área de trabalho.

Senhor obrigado pelo dia e jornada de trabalho que temos e que já faz parte de uma rotina. No trabalho vem a nossa prosperidade, nosso desenvolvimento e deve trazer também a nossa realização. Mesmo que canse, mas o trabalho dignifica a pessoa e lhe dá valor e senso de propósito. Abençoe nesse dia o trabalho dos teus filhos e prospera a obra de suas mãos e que nossa inteligência e habilidades louvem e glorifiquem ao Senhor em todo tempo. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s