Muito Funeral

Meditação do dia 31/05/2017

 Ez 39.12 – E a casa de Israel os enterrará durante sete meses, para purificar a terra.

Muito funeral – Funerais encerram uma história, ao mesmo tempo que reiniciam outras. Sempre que vamos a uma cerimonia de alguém que partiu, temos a oportunidade de estudar, observar e captar muitas percepções importantes. Ao mesmo tempo que que se encerra a jornada de uma pessoa, irá começar outras jornadas de familiares e pessoas diretamente ligadas àquela que se foi; os relacionamentos foram afetados e novos rumos se iniciam, relações de emprego, trabalho, sociedades, hierarquias, dependência e etc, terão que ser refeitas e restruturadas. Mas a vida continuará nesse plano físico para os que ficam, e no outro lado, para o destino e decisões abraçados e cultivados pelo que se foi. Os cristãos, alimentam uma bendita e gloriosa esperança de reencontro com os irmãos da fé e das promessas de Jesus, que é a ressurreição e a vida. O arrebatamento da igreja, nos enche de esperanças maravilhosas do encontro com o Senhor nos ares e a inauguração de uma nova etapa da vida com Deus, o céu, o trono diante do qual todos comparecerão para recompensa e galardão por vida e serviço prestados; as novas atribuições dos santos no processo final de redenção e restauração de todas as coisas, a cidade Santa, o milênio, a eternidade e tantas coisas que só saberemos maiores e melhores detalhes quando Cristo se manifestar. Mas o texto de ontem e o de hoje, nos remete as ações que ocorrerão no nosso futuro e no desfecho da investida maligna contra o povo de Deus (aqui literalmente, Israel), quando os exércitos arregimentados pelo anticristo, se formarão em colunas de milhares e milhares, suficientes para esmagar qualquer resistência de uns poucos aliados, numa invasão sem precedentes da Terra Santa, atual Palestina, Israel e adjacências. É difícil prever em palavras o cenário descrito profeticamente, porque os recursos bélicos mais terríveis e destrutivos que se tem em mãos das potencias mundiais, não foram ainda testadas ou usadas de fato para destruição em massa, contra ninguém. Se em 1945, uma única bomba, lançada, fez o que fez em Hiroshima e Nagazaki, o que se pode esperar, das atuais, com potencial letal infinitamente maior? O sonho, fantasia, utopia ou delírio de varrer Israel do mapa, literalmente, não é uma mera força de expressão de alguns líderes tanto do passado, quanto do presente, mas é fruto de uma semente do mal, do mal mesmo, e será levado a efeito nesse futuro, aqui previsto por Gogue e Magogue. A diferença é que uma intervenção rápida, única e eficaz de Deus, os colocarão na situação que planejaram para o povo de Deus: aniquilação total e irrestrita de uma multidão de soldados e combatentes na planície de Megido. Como o mundo todo estará em petição de misérias, devido a todos as pragas do Apocalipse, as destruições promovidas pelas próprias nações e os flagelos da natureza, tudo isso dificultará um processo de sepultamento e limpeza eficiente e imediata, como seria numa calamidade menor, num tempo normal e pacífico. Sete meses de trabalho sequencial, até finalizar todo o processo de sepultamento dos restos mortais do exército inimigo e da devida purificação cerimonial exigida pela fé e cultura judaica. Assim, termina um capítulo sobre os projetos humanos de desafio a autoridade e soberania divina, patrocinado pelo inferno e seus arquitetos de destruição. Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do Senhor, e a sua justiça que de mim procede, diz o Senhor (Is 54.17). Apocalipse 19, fecha registro com as seguintes narrativas: E vi a besta, e os reis da terra, e os seus exércitos reunidos, para fazerem guerra àquele que estava assentado sobre o cavalo, e ao seu exército. E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre. E os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram das suas carnes(Ap 19.19-21). Eu sei de que lado estou e estarei naquele dia!

Senhor dos Exércitos, poderoso em batalhas, em tuas mãos estão as nossas vidas e não há lugar melhor e nem mais seguro para se estar. A nossa confiança em ti e em tuas palavras é inabalável e estamos seguros de todas elas a seu tempo se cumprirão, para glória e louvor do Senhor e recompensa aos que te amam e obedecem, como para terror e destruição daqueles que se aliam ao mal e desafiam o Todo-Poderoso! O Senhor Reina e para sempre o seu trono se firmará, porque assim está escrito e assim será, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Quem Será Esse Gogue?

Meditação do dia 30/05/2017

 Ez 38.16 – E subirás contra o meu povo Israel, como uma nuvem, para cobrir a terra. Nos últimos dias sucederá que hei de trazer-te contra a minha terra, para que os gentios me conheçam a mim, quando eu me houver santificado em ti, ó Gogue, diante dos seus olhos.

Quem será esse Gogue? – Gosto de dizer que quem nasceu para explicar é dicionário, estou mais confundir e levantar novas perguntas, do que qualquer outra coisa; mas na verdade, quero apenas tirar proveito devocional de uma texto e de assunto muito sério e que desperta as mais acirradas discussões entre os teólogos de plantão e os amantes da escatologia bíblica. Certamente o texto inteiro aponta para um futuro à nossa frente e quem somos nós para dizer que é um futuro distante ou um futuro próximo? Já que vivemos sob a expectativa da volta de Cristo e isso desencadeará uma série enorme de novos eventos, o mais simples à dizer é que com a volta de Cristo, vai começar o fim, ou vai findar um tempo e começar novas coisas. Mas entre elas, está a concretização do sonho de todo ditador, imperador e conquistador de povos e nações, que é a tomada e o controle da terra santa e governar o mundo à partir de Jerusalém. Nenhum dos ambiciosos até hoje conseguiu, mas o anticristo não vai desistir e também ele imagina que não faz parte dos que fracassaram. Na verdade ele terá bons planos, bons equipamentos, excelentes recursos, muitos parceiros e seguidores, de forma que a descrição feita no verso acima, é que ele vem como uma nuvem, para cobrir a terra.” Ao que se conhece das profecias e incluindo Apocalípse, o intento dele só não logrará total êxito, por um detalhe: Um leão, aliás, “O Leão da Tribo de Judá!” A batalha do Armagedom, será decidida no campo real onde realmente as coisas acontecem, no campo espiritual, entre Cristo e o Maligno, que ao longo do tempo vem enganando as nações e disfarçadamente se apresentado com caras diferentes, métodos e estratégias as mais variadas, desde aquelas camufladas de boas intenções e soluções práticas para os males e mazelas sociais dos sistemas de governo, especialmente daqueles onde existe a presença e a influencia da fé cristã e da confiança em Deus. Mas também será a oportunidade do poder de Deus ser conhecido e visto em toda a terra e em todas as nações de um modo visível, inexplicável senão por um intervenção sobrenatural divina. Para nós, é uma questão de expectativas, porque a nossa vida já pertence a Deus e somos embaixadores do seu reino e estamos comprometidos com a verdade e a justiça, que são a base do trono de Cristo. Qualquer que seja a corrente teológica ou escatológica que você abraça, ainda assim, Jesus é o Senhor e o seu reino não terá fim, e o estamos esperando. Muitos detalhes de datas, locais, meios e como as coisas acontecerão, só serão de fato esclarecidos com a manifestação gloriosa do Senhor Jesus. O que não podemos é perder essa festa! E cooperarmos para os eventos pós arrebatamento, que culminarão no processo final de redenção.

Senhor Jesus, tu és bem vindo não só nas nossas vidas, mas também para completares os teus planos eternos e perfeitos. Somos teus e para tudo o que desejares, pois a nossa vida só tem um sentido e um propósito, que é te honrar e glorificar. Amém.

Pr Jason

Profetizar Para Ossos Secos

Meditação do dia 28/05/2017

 Ez 37.26 – Veio sobre mim a mão do SENHOR, e ele me fez sair no Espírito do SENHOR, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos.

Profetizar para ossos secos – As questões espirituais tem certos aspectos que justificam as palavras de Paulo, aos Corintios de que “são loucuras para o homem natural…” Não basta ser cristão, precisa ser espiritualmente maduro, para não levar tudo literalmente, ou ao pé da letra. Ficamos tão acostumados com o ambiente de igreja e de linguagem própria das nossas tribos, que se torna um novo idioma, ou dialeto, o “evangeliquez,” que confunde qualquer um que não está familiarizado entre nós. Aqui, neste texto clássico, há espaço e condições de se desenvolver uma imensa quantidade de mensagens, pregações, estudos bíblicos, palestras e conferencias para todos os gostos. Começamos pelo “sair no Espírito do Senhor,” um tipo de experiência que o profeta teve e muito comum nas páginas das Escrituras, mas bastante contestado e contra-argumentado no modernidade eclesiástica. Era uma visão? Um êxtase, um frenezi? Uma experiência mística? Ele viu de verdade, faz de conta, foi sonho, imaginação fértil? Eu tenho minha posição muito firme e sólida e não me abala outras versões ou posições. Mas o que me interessa hoje, nesse devocional é que Deus mostrou algo ao seu servo, conversou com ele sobre os fatos, fez perguntas, obteve respostas e deu instruções que ele deveria executar e que envolveria fé e obediência. Resultados espirituais sempre estão associados à fé e à obediência – afinal, toda a vida cristã deve ser experimentada pela fé – sem fé é impossível agradar a Deus. Cada um de nós estamos colocados por Deus em um lugar e numa circunstancia onde temos algo a fazer e que está dentro da vontade e dos planos do Pai. Deus não vai nos dar uma visão, se não estamos prontos para vê-la, interpretá-la e agir para que ela se cumpra. O campo de trabalho da igreja de Cristo é um vale de mortos e feridos, que só serão restaurados mediante a proclamação da Palavra de Deus. Palavras humanas, palavras de pastores, mensagens de igrejas e denominações e organizações não salvam ninguém, não transformam ninguém e não produzem resultados espirituais duradouros. E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência; Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também (Ef 2.1-3). Já disse outras vezes, que quando Deus nos faz uma pergunta, ele não espera necessariamente uma resposta, mas uma atitude, porque ele é onisciente e já sabe as respostas possíveis e até nossas condições e capacidades. Ezequiel viu aquele vale cheio de ossos secos e a pergunta divina é se aquilo tem condições de viver! Em termos simples ele disse: “O senhor é quem sabe!” Verdade! Deus sabe, pode e faz, mas nessa tarefa toda ele espera contar com a nossa participação, ele nos quer como co-criadores com ele. O poder é de Deus, mas a instrumentalidade é humana; a palavra profetizada (pregada) é divina, mas sai de uma boca, um coração e uma vida humana rendida, submissa e disponível a Deus. Mesmo que a gente diga as palavras certas, no tom certo, no momento certo, para a situação certa, ainda é o poder e a graça divina que faz acontecer as mudanças e transformações. Somos apenas e tão somente os canais da graça e os instrumentos para que o amor e os propósitos divinos aconteçam. O seu campo de trabalho, de ministério, sua igreja, departamento ou função é exatamente um vale de ossos secos, e você e eu não temos nenhuma carta na manga, para produzir vida neles, mas o Espírito Santo do Senhor, é que nos leva ao campo de ação e ele que dá a visão, dá a palavra e o modo como fazer. A obra de Deus para alcançar homens, tem que ser feita por meio de homens. Homens, pessoas tais quais Ezequiel, Jason, José, Maria, você e os demais filhos de Deus. Levante-se ao comando do Espírito de Deus e aja no poder de Deus.

Obrigado, Pai, por sua generosidade em compartilhar conosco os mistérios do reino e nos permitir fazer parte de algo tão grande e tão poderoso, infinitamente maior do que nós mesmo e que nossa existência. Usa-nos como te aprouver, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Transplante de vida

Meditação do dia 28/05/2017

 Ez 36.26 – E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne.

Transplante de vida – Quando alguém próximo a mim vai enfrentar algum processo cirúrgico ou tratamento mais sério e vamos orar sobre isso, as vezes eu suavizo a tensão dizendo que hoje os médicos já “consertam tudo!” Graças a Deus pelo avanço do conhecimento da medicina, dos procedimentos, técnicas e instrumentos, que são cada vez mais precisos. A longevidade hoje é uma realidade bem mais acessível que há poucos anos atrás. Mas espiritualmente, Deus é bem conservador, o modelo ainda é o mesmo e assim o será para sempre e sempre; também porque os pecadores só mudam de endereço e de época, mas as atitudes e práticas são as mesmas. É a mais pura verdade, que há sempre uma nova oportunidade e uma nova chance para as pessoas. O coração paterno de Deus, ama muito a todas as suas criaturas e ele fez e faz muito mais do que o possível, para nos ter de volta ao centro da sua vontade. Mas também é verdade, que ele não aceita as coisas como estão e as deixam assim para ver como ficará. Não existe a chamada “guaribada,” ou uma “remendada” do tipo oficina de carros que dá uma maqueada na lataria, pintura nova e encerada bem lustrosa, mas a máquina ainda está perto de fundir. Não existe isso para a condição espiritual humana – é preciso começar de novo – nascer de novo e não apenas reformar e melhorar. Também quero deixar claro, que pessoalmente, não temos como fazer isso por nós mesmos, nenhum pecador pode mudar a sua condição através de seus próprios esforços. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo (Jo 3.6,7). O novo nascimento, é um transplante de vida espiritual feito por Deus na vida total do pecador através da Palavra e da ação do Espírito Santo. Aquela condição de estar desligado da vida de Deus por causa dos pecados, é resolvida e imediatamente a pessoa recebe vida nova, vida eterna, vida abundante, ela nasce espiritualmente e começa a ter um verdadeiro relacionamento com Deus, de fato e de verdade, ou nas palavras bíblicas de Jesus, “em espírito e em verdade.” Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade” (Jo 4.23,24). Só o Senhor pode mudar o coração duro, impenitente, resistente às verdades eternas e substituí-lo por um totalmente maleável e sensível. Com a nova vida, vem também uma nova realidade espiritual, daí ser chamado de espírito novo, porque sem isso, tudo voltaria a ser como antes em bem pouco tempo. Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo(2 Co 5.17). Ninguém vira cristão! Cristo é nascido de novo, nascido de Deus. É obra sobrenatural, gerado pela Palavra de Deus. O arrependimento, mais a fé, que são frutos de se ouvir a pregação da Palavra, produz a conversão, ou o novo nascimento. A religião melhora as pessoas, o Evangelho de Cristo, transforma! A igreja está aqui na terra para proclamar o evangelho das insondáveis riquezas da graça divina para alcançar os pecadores em suas condições de fragilidade e incapacidade. Só Jesus Cristo Salva! Sem isso, somos apenas religiosos praticantes, mas o convite é para ser salvos, filhos, transformados em filhos e herdeiros. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados(Rm 8.16,17).

Graças, Senhor, pela nova vida em Cristo! Sou grato pela ação do Espírito Santo que me alcançou com uma transformação poderosa e me fez uma nova criatura. Que a cada dia o meu coração e a minha vida continuem disponíveis a ti e à tua vontade, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deus Sempre Ouve

Meditação do dia 27/05/2017

 Ez 35.13 – Assim vos engrandecestes contra mim com a vossa boca, e multiplicastes as vossas palavras contra mim. Eu o ouvi.

Deus sempre ouve – É muito reconfortante saber que o nosso Deus ouve as nossas orações, as nossas petições, os nossos clamores e súplicas angustiadas, como também ouve as nossas murmurações, queixas e reclamações. Deus ouve as palavras e as intenções de todos, indistintamente. Não há uma só parte das Escrituras que asseguram um monopólio da atenção de Deus para os evangélicos, ou cristãos de modo geral. Embora todos acreditem e aceitem que Deus é Deus de tudo e de todos e que ele é onisciente, onipotente e onipresente, as pessoas agem como se ele tivesse preferencia exclusiva por “nós” e os “nossos,” e até chegam a trabalhar com a idéia de que ele não ouve, não liga e não dá bola para mais ninguém que não seja da nossa panelinha espiritual, cultural e os brasileiros chegam com muito bom humor a afirmar que “Deus é de fato, brasileiro!” Que bom que ele está bem acima dessas profundas disputas infantis ou infantilizadas propositalmente; digamos, a coisa chega a um tal nível, que encontramos pessoas até piedosas e sinceras, que acreditam piamente que Deus não ouve ou aceita, por exemplo, certos tipos de música que são cantadas nas igrejas; ou que ele abomina tal ritmo ou tais e qual prática. Para ser quem é e quem cremos que ele de fato o é, nada está fora do seu radar, e nada, nada mesmo está fora do seu alcance; como pois ele julgará com justiça, que para juízo, quer para recompensa, algo que ele não vê, não ouve e nem percebe, porque não é o estilo dele? Quem afinal, criou todos os estilos, todas as culturas e suas manifestações? Quem colocou a criatividade como dádiva no coração de cada um de todas as suas criaturas? Diversidade, não tem nada à ver com brigas e intrigas de pessoas mimadas e birrentas. A única coisa que permeia todas as outras e que desagrada a Deus é o pecado, que é comum, mas que cada um quer dar a sua versão dos fatos e nessa, o meu não é errado, mas todos os demais estão fora do esquema e são inaceitáveis. Me recordo de uma professora e amiga, que se casou com um norte americano, aqui no Brasil e de vez em quanto iam o tempo fechava por questões culturais de acepções, uma delas por exemplo: O gringo dizia que os brasileiros estavam errados ao dizerem que o sol nascia… “porque afinal, ele não tem mãe e nem pai…” ao que ela dizia que eles também estavam, por só aceitavam dizer que “o sol se levanta…” e argumentava que também o sol não tinha pernas… e daí: ele nasce, levanta, saí, aparece, rompe, surge, dá as caras, o que realmente importa é que ele esteja lá no firmamento. Os habitantes do Monte Seir, ou Edomitas, os descendentes de Esaú, irmão de Jacó, manteve a tradição de intrigas entre irmãos e mesmo se tornando nações, eles torciam pela ruína de Israel e vibraram quando a calamidade assolou Jerusalém e o Monte Sião; mas agora Ezequiel traz para eles a mensagem de que a batata deles estava assando e eles tinham sua própria cota de pecados diante de Deus e responderia por seus atos. Deus afirma que eles multiplicaram suas palavras não só contra os hebreus, mas também contra Deus e ele afirmou: Eu ouvi! Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do Senhor, e a sua justiça que de mim procede, diz o Senhor (Is 54.17). Se for o seu caso, está sob perseguição, ou sendo injustiçado, continue a fazer o que é certo, o que é justo e especialmente o que Deus espera que você faça, como filho e adorador. Não use as mesmas armas do adversário, ainda que ele seja ou não, um outro cristão. Permita que o Senhor seja o seu ajudador e faça acontecer o que tiver de ser, no tempo dele, do jeito dele.

Senhor, obrigado por ouvir e ouvir bem, não só as nossas orações, mas todas as coisas e se fazer o nosso ajudador em tempo oportuno. Usaremos as armas e estratégias tuas, fornecidas na tua palavra e sob orientação do seu Santo Espírito, de forma que os resultados também serão os teus resultados. Confirma o nosso coração com a tua paz e a tua graça, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Somos Ovelhas e Somos Homens

Meditação do dia 26/05/2017

 Ez 34.31 – Vós, pois, ó ovelhas minhas, ovelhas do meu pasto; homens sois; porém eu sou o vosso Deus, diz o Senhor DEUS.

Somos ovelhas e somos homens – Esse texto de Ezequiel merece ser lido e relido, estudado e meditado em profundidade. Aqui, Deus fala sério com pessoas de sua estreita relação de comunhão e adoração. Fala com pastores, com ovelhas, com liderança e revela uma realidade só mesmo percebida com discernimento apurado e com senso de autocrítica. Sou um pastor de uma igreja local, de uma denominação conceituada e faço parte em algumas instancias de liderança estadual e regional. Mas antes de tudo isso, sou um cristão, um adorador, fui salvo pela graça de Cristo pela fé e sem merecimentos, estou no ministério de tempo integra por trinta e dois anos e pode acreditar, é pela fé e misericórdia divina. Sou muito feliz em servir nessa função e por mais de 26 anos estou pastoreando a mesma congregação local e o Senhor tem sido generoso conosco e a igreja também. Temos visto ao longo desses muitos dias na lida com as coisas sagradas, as muitas mudanças e transformações sociais e organizacionais pelas quais vivemos; as tecnologias novas e novíssimas, os pecados velhos e antigos, as desculpas esfarrapadas para não se arrependerem e o abuso de autoridades para se perpetuarem nos cargos e postos em que muitos danos e prejuízos aparecem na seara do Mestre. Ezequiel trata da questão do juízo divino sobre a responsabilidade de quem deveria cuidar e apascentar, mas tem mais dispersado e maltratado as ovelhas, que pertencem a Deus. Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue (At 20.28). Também há uma bronca para as próprias ovelhas, que nos seus relacionamentos interpessoais também se degladiam e maltratam umas as outras e expulsam ovelhas do aprisco ou perturbam a alimentação e nutrição das mesmas, e outras pirraçam e sujam as águas, naquele adágio popular: “Eu não bebo, e não deixo ninguém beber!” Francamente, ainda que eu vá ofender a alguém, mas preciso deixar claro, que pessoalmente, considero uma afronta ao Evangelho, a postura de pessoas que afastam-se comunhão e se auto denominam “desigrejados” e querem ocupar espaço nobre no reino de Deus, pois já são em número um movimento social.
É uma realidade social, mas não abre precedente bíblico, pois Jesus ainda é O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA, e o que ronca e fuça quem enfiar guela à baixo um atralho, uma mentira e uma morte, não engulo! Mas Deus sempre apresenta seu juízo acompanhado de misericórdia, e o profeta tras as promessas de um pastor verdadeiro, eterno, que bem representa os interesses e o caráter de Deus. Resumindo tudo, somos ovelhas de Deus, somos homens e como tais, somos tudo o que já sabemos que somos, falhos, fortes, tímidos, ousados, crédulos, incrédulos, mas instrumentos nas poderosas mãos de Deus. Seja humano, mas permita Deus ser o seu Deus, isso já ajudará bastante.

Senhor, a tua graça nos é suficiente! Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Tocar a Trombeta

Meditação do dia 25/05/2017

 Ez 33.7 – A ti, pois, ó filho do homem, te constituí por atalaia sobre a casa de Israel; tu, pois, ouvirás a palavra da minha boca, e lha anunciarás da minha parte.

Tocar a Trombeta – Essa é outra figura dos velhos tempos, quando se precisava de uma proteção integral para a manutenção da ordem e da vida nas comunidades fortificadas. Além de uma boa cerca ou muro com guaritas e guardas rondando ou fazendo sentinelas, também havia a figura do atalaia; alguém que tocava uma trombeta, badalava um sino, ou simplesmente gritava. A sua importância era para dar um alerta da aproximação de alguém, que poderia vir a ser um inimigo ou invasor. Esta figura, é dada aqui por Deus, como alguém de suma importância para a vida das pessoas e Ezequiel, como profeta, seria o atalaia da nação, diante de Deus, dando ciência da aproximação do pecado e dos juízos divinos em suas vidas. Esse papel, ainda continua ativo e sob a responsabilidade agora da igreja de Cristo. O profeta teria a responsabilidade de ouvir a palavra que Deus dizia e entregar fielmente a mensagem, para os pecadores pudessem decidir o que fariam. É interessante notar, que tal qual naquele tempo, o nosso papel, não é impedir o ataque, ou proteger e salvar as pessoas, mas avisá-las da verdade divina. Ilustrado por um ataque surpresa de um inimigo, a responsabilidade do atalaia sobre a muralha seria tocar a trombeta ou o seu instrumento de aviso e avisar que viria um ataque. A escolha de se prevenir, se preparar e proteger-se, era responsabilidade individual de cada cidadão avisado em tempo hábil. O Atalaia cumprindo seu papel, cada pessoa então arcava com sua responsabilidade e espiritualmente seria o mesmo princípio; Ao comunicar ao povo, a palavra de Deus, para que mudassem de atitude e se arrependessem de seus pecados, o pregador cumpria o seu papel e agora, a decisão de acreditar, se arrepender e converter-se era de responsabilidade individual. Mas se o atalaia falhasse com seu ministério, igualmente os pecadores morreriam, e eram responsabilizados por seus pecados diante de Deus, mas sobrava juízo para o profeta irresponsável e o preço dessas vidas sobreviria sobre ele. Hoje, a igreja e cada cristão precisa ser uma testemunha fiel e responsável para que as pessoas que levam vidas descuidadas espiritualmente ouçam e percebam o toque da trombeta divina e se conscientize de seus pecados e evite cair em juízo e perecer. Pregar bem alto, é nosso trabalho; convencer e agir nesses corações é obra do Espírito Santo, mas cada pessoa, individualmente responde por si diante de Deus. Não podemos deixar de pregar o evangelho e desafiar os pecadores a uma conversão a Deus, pois eles irão para o inferno pelos seus pecados, mas não podemos permitir que isso aconteça sem que nossa parte da tarefa seja feita. Só para lembrar biblicamente duas coisas muito importantes sobre a vida das pessoas. Uma é o seu valor: Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Ou, que daria o homem pelo resgate da sua alma? (Mc 8.36,37). Outra, é a nossa responsabilidade ministerial. Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho! (I Co 9.16). Seja fiel e faça o seu trabalho!

Senhor, obrigado pelo privilégio de servir de atalaia para avisar as pessoas do amor, da graça e do juízo divino sobre suas vidas. Cada alma tem um preço enorme para ti, e são amados pelo Senhor que não deseja que nenhuma delas se percam. Recebemos o poder do teu Espírito Santo para testemunharmos com força e graça e atraí-los para a salvação em Cristo. Oramos por salvação de vidas em nossas igrejas e por testemunhos eficientes em todo tempo. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Quando as Luzes se Apagam

Meditação do dia 24/05/2017

 Ez 32.7 – E, apagando-te eu, cobrirei os céus, e enegrecerei as suas estrelas; ao sol encobrirei com uma nuvem, e a lua não fará resplandecer a sua luz.

Quando as luzes se apagam – Acompanhando a linha de pensamento profético de Deus, através dos livros, como temos feito, capítulo à capítulo, percebemos que o modo de tratar com as nações, não difere muito do modo como Deus trata com as pessoas. Afinal, ele é muito coerente e nações são nada mais, nada menos do que um grande contingente de pessoas individuais, que acabam ganhando força e personalidade coletiva. Mas os pecados que são comuns nos indivíduos, aparecem em tamanho e dimensão ampliada. As boas qualidades e virtudes individuais, também tomam proporções maiores e até caracterizam os povos. Temos visto como várias nações foram julgada e sentenciadas divinamente, depois de denunciados os seus pecados e erros, dando-lhe tempo para o arrependimento e a conversão, quando não há mudanças significativas, as profecias se cumprem em forma de juízo. Um dos exemplos mais esclarecedores que temos foi o caso do profeta Jonas, enviado para avisar o reino de Nínive, sobre sua iminente destruição, naquele caso, dentro de quarenta dias. Eles se arrependeram e mudaram de atitude e a sentença foi cancelada, ou pelo menos adiada por algumas gerações. Aqui, é a vez do Egito, um grande império e potencia mundial em muitos aspectos, que durou centenas de anos e prosperou sua fama e seus faráos se tornaram intocáveis e se tornaram por conta própria “deuses” e com esses pseudos superpoderes dominaram e subjugaram muitos povos e nações. Mas seus pecados também se fizeram notórios e receberam seus avisos e não mudaram de rumo. É bastante comum ver nos filmes sobre eles, se arrogarem serem o sol, a luz, a estrela da manhã e etc. Tal qual na batalha da libertação dos hebreus no êxodo, as sentenças vieram sobre os campos espirituais pretendidos pelas divindades egípcias. Para cada área veio uma das dez pragas, desfazendo assim, aos olhos de todos a impossibilidade de tal divindade proteger e evitar o mal sobre seus adoradores. Aqui também Ezequiel mostra que seus pontos fortes e motivos de orgulho, serão exatamente a base de sua desmoralização pelo juízo divino. Trevas e escuridão, sobre a terra, cujos governantes se apresentam com o sol e a luz para todos. Nesse sentido, até podemos dizer que os pecadores são todos iguais, mudando apenas o endereço e a época, mas o modus operandis não varia em nada. Razão suficiente para Jesus, e seu programa de redenção, vir ao mundo e acabar com a festa do poder do pecado sobre a vida humana. Já ouvir falar que “em gato morto, não há pulga?” É verdade, pois ela não tem o que sugar e explorar, ela vive da vida do hospedeiro. O pecado é pulga, a redenção começa com a morte do velho homem, e a ressurreição para uma nova vida, livre dos efeitos nocivos do pecado. Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado. Porque aquele que está morto está justificado do pecado. Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos (Rm 6.6-8). A nova vida, é o caminho que nos livra do juízo divino e nos aproxima de uma nova jornada de vida e bênção. Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte (Rm 8.1,2).

Senhor, obrigado por mais esse dia, onde poderemos de conhecer e te amar mais ainda. Reconhecemos nossa condição e dependência de tua graça e bondade, que pela fé sabemos jamais nos faltará. Consagramos todo o nosso ser ao teu serviço, culto, honra e glória. Graças, por ter Cristo levado na cruz a nossa condenação e nos feito teus filhos, por adoção, através da fé. Obrigado pelos nomes de cada um estar escritos no livro da vida e em memória diante de ti continuamente. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

As Raízes e as Muitas Águas

Meditação do dia 23/05/2017

 Ez 31.7 – Assim era ele formoso na sua grandeza, na extensão dos seus ramos, porque a sua raiz estava junto às muitas águas.

As Raízes e as Muitas Àguas – Fiz uma preleções sobre semear a Palavra de Deus, para uma igreja de um Pastor muito amigo, e vou resumir alguma parte para nossa meditação sobre esse tema hoje. Há dois equívocos generalizados em relação ao ato de semear a Palavra de Deus: 1° – A Palavra deve ser semeada (estudada) e recebida intelectualmente; 2° – A Palavra é semeada nos outros. Muitos pensam que se deve semear a Palavra nos ímpios ou em outras pessoas. Para corrigir esses equívocos precisamos estabelecer duas verdades: 1ª – A Palavra de Deus é semeada no coração, não na mente ou intelecto. 2ª – A Palavra é semeada em nosso próprio coração. “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida” (Pv 4.23). Antes de semear é preciso cuidar do solo do nosso coração. A Palavra de Deus não produz resultado em qualquer tipo de solo. Gostamos de pensar que nosso coração está sempre bem preparado e pronto para receber a semente, mas a parábola mostra que não bem assim. IMPORTANTE: Deus não nos obriga a nada! O Espírito Santo quer nos levar a uma fonte de abundancia da graça de Deus. Ele somente conseguirá que a verdade se torne real em nossas vidas à medida que nos submetemos a ela – Isso é opção nossa! Há Quatro tipos de solos: a. A Beira do caminho – (Coração descuidado). b. Cheio de pedras – (Não permite profundidade); c. Entre espinhos – (Despreparado) e d. Boa terra – (Coração preparado). Mesmo que nosso coração seja descuidado, cheio de pedras ou despreparado, Deus nos ama e espera que tomemos as medidas necessárias para nos tornarmos produtivos. LEMBRE-SE: A Palavra de Deus é semeada no CORAÇÃO. O Salmo 1.1-3 nos fala que correntes de águas são muito importantes para os bons resultados. Jesus também falou sobre águas com aplicações espirituais muito profundas em Jo 4.14 – A água que Cristo dá se tornará na pessoa uma fonte que jorra para a vida eterna. Em Jo 7.38 Ele ensina que é do interior da pessoa que fluirão rios de águas vivas. Jeremias foi cirúrgico: “Porque dois males cometeu o meu povo: A mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas que não retêm as águas” (Jr 2.13). Não tendo raiz toda planta seca! O coração tipo “entre espinhos” é afetado por fatores locais “da terra” como os cuidados do mundo, a fascinação das riquezas, as demais ambições sufocam a Palavra.  Não espere aprovação das pessoas ao redor ou que entendam as posições que a Palavra de Deus produz em você. A vida com Deus é muito íntima e particular. O coração tipo “boa terra” é onde a semente não apenas germina, mas cresce e produz muito. Essas pessoas OUVIRAM E RECEBERAM a Palavra com alegria. Quando falamos em “ouvir” a Palavra de Deus queremos dizer: Prestar atenção a ela de modo a permitir que o Espirito Santo nos dê o ENTENDIMENTO da verdade. Isso é o que se chama de “verdade revelada ou revelação da verdade.” Para ser coração “boa terra” é preciso ouvir a Palavra, mas também RECEBER a Palavra semeada. Pode até achar “dura” a Palavra revelada pelo Espírito Santo, mas é precisa receber e mudar a atitude e a posição. O FRUTO dessa semente é a expressão visível do que você é por dentro, da operação íntima e invisível da verdade de Deus em sua vida. A característica (tipo) do fruto que você produz é a evidencia daquilo que você é segundo disse Jesus em Mt 7.15-20. Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons. Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
IMPORTANTE
: A operação da Palavra de Deus em nós é um processo contínuo; na medida em vamos recebendo a verdade no íntimo e submetendo-nos a ela dia após dia, essa Palavra cresce na boa terra do coração. O objetivo da frutificação de toda planta é sua auto propagação, ela precisa se multiplicar. A Palavra de Deus que a pessoa semeia no seu próprio coração visa: a) Abençoar a sua vida espiritual; b) Abençoar outras pessoas. A planta se multiplica através da semente contida no fruto. Para as outras pessoas, a Palavra somente é válida na medida em que elas vêem a bênção e a mudança que ela efetuou em nossa vida e também na medida em que a Palavra atende também as necessidades delas. Se nós, como árvores plantadas junto à corrente de águas, deixarmos que o Espírito Santo regue a Palavra na boa terra do nosso coração, “no devido tempo” daremos o nosso fruto. A verdade de Deus que você semeia nos outros somente produzirá exatamente aquilo que ela conseguiu produzir em você. A fé daqueles que recebem do seu ministério jamais será maior do que a fé que a Palavra de Deus conseguiu produzir em você. Conclusão: O que constitui um coração “boa terra” é um coração disposto a VIVER na verdade de Deus, custe o que custar, até que ela produza fruto em nossa própria vida e nos dê condições de reproduzir a verdade nos outros.

 

Senhor, que o meu coração consiga extrair a preciosa água da vida, que só Cristo pode dar e o faz em corações contritos e humildes. Permita que nossas raízes se fortaleçam mais e mais, mesmo sabendo que isso não é visível para os demais irmãos, mas os frutos no devido tempo trará alegria ao nosso coração e glória ao teu santo nome. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Previsão do tempo de Deus

Meditação do dia 22/05/2017

 Ez 30.3 – Porque está perto o dia, sim, está perto o dia do Senhor; dia nublado; será o tempo dos gentios.

Previsão do tempo de Deus – Já faz parte da agenda do dia da maioria das pessoas, saber a previsão do tempo, antes de sair de casa para o trabalho, viagem, ou programar alguma atividade. A bem pouco tempo, não era algo tão acertiva e não tinha tanta credibilidade, mas foram aperfeiçoando os estudos e apresentações e há estações de monitoramento espalhadas por todo lado e emissoras distribuindo as informações mais recentes. Seria igualmente útil uma preocupação com a previsão do tempo da vida espiritual das pessoas e das nações. Existem instrumentos para medições precisas e confiáveis. Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas (Am 3.7). Nos seus dias, Jesus previu para Jerusalém, um tempo de cerco, aperto e destruição onde não ficaria pedra sobre pedra,  e isso aconteceu pouco mais de trinta anos. “E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela, Dizendo: Ah! se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas agora isto está encoberto aos teus olhos. Porque dias virão sobre ti, em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te estreitarão de todos os lados; E te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da tua visitação” (Lc 19.41-44). Quando se trata da salvação pessoal, a previsão é muito mais precisa e urgente. “E nós, cooperando também com ele, vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão (Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável e socorri-te no dia da salvação; eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação)” (2 Co 6.1,2).  Quando Paulo pregou aos gregos em Atenas, ele também falou sobre uma previsão de tempo para que em qualquer canto do planeta, se faça bom uso da oportunidade que Deus dá: Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos (At 17.30,31). Apocalipse é a mais bela revelação sobre o tempo e o propósito divino, com a participação da igreja como protagonista principal da história; o Senhor dos tempos, antecipou à sua igreja os fatos que em breve e agora atualmente estão acontecendo e os últimos atos que estão por vir e através do seu anjo notificou à igreja, portanto precisamos fazer uso correto dessas informações para traçar ações concretas e produtivas para utilizar bem os recursos disponíveis a nós. Nos seus dias, Agostinho escreveu seu tratado, chamado “A Cidade de Deus” revelando o futuro e iminente juízo divino sobre Roma e tudo que ela significava, e o cumprimento se deu em 476 D.C. a igreja, precisa saber ler e interpretar os seus tempos, para ser de fato, a embaixada do Reino de Deus aqui na terra. Previsão do tempo para os próximos dias: Dias de estudo e busca da sabedoria divina para sermos sal e luz, agora, já!

Senhor, obrigado por nos permitir ser e fazer a diferença num mundo caótico e perturbado, mas aqueles que confiam em ti não serão confundidos e poderão servir de luz e guia seguro para quem ainda está em trevas. Desperta-nos, e mantém-nos despertos e ativos, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason