Quem Convidou a Morte Para a Festa?

Meditação do dia 09/11/2017

Rm 5.12 – Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.

 Quem convidou a morte para a festa? – Os entendidos do mundo das finanças e investimentos, dizem que avaliando pela ótica deles, há dois tipos de pessoas no mundo: Os que não sabem de nada e os que não sabem que não sabem de nada! Quando estamos numa situação em que nos falta o pleno conhecimento, a melhor saída é confiar em que nos dá instruções. Deus sabia e sabe de tudo! Adão não sabia de nada em comparação a Deus; embora fosse perfeito, inteligente, competente, sábio e num ambiente que cooperava. Mas lhe faltava ao menos um detalhe, que pesa muito: EXPERIENCIA. Nosso mister universo era novato em tudo, afinal ele fora criado no final da primeira semana de criação, e já veio adulto. Desde a nossa concepção, até o nascimento são nove meses e isso é um tempo de aprendizado e acúmulo de conhecimento. Com o nascimento, inicia-se uma nova fase, agora muito mais dinâmica, interativa e cem por cento prática, nada de simulação; se não respirar, morre; se engasgar, morre; se cair, quebra, machuca, lesiona, dói; se não comer… se não beber… se der algum problema no funcionamento dos órgãos internos…. olhando assim, até parece que a vida humana é um vaso de cristão hiper fino, sendo uma peça única e sem reposição, temos que cuidar para não quebrar antes da hora! É e não é! Tudo isso é para dizer, que Adão, deveria ter confiado na informação e na advertência que recebera do Senhor Deus, sobre não comer do fruto, para não morrer. Não estou culpando ou julgando e nem condenando nosso paizão. Até hoje, tomamos decisões, e muitas delas desafiando as margens de segurança, dispostos a pagar para ver e não raro, o preço é alto demais, com danos e prejuízos irreparáveis. Quando a porta da desobediência foi aberta, entrou não apenas a morte física, que veio sem pressa, chegou primeiro para Abel, depois para “um homem e um rapaz” mortos por Lameque, descendente de Caim (Gn 4.23); Para Adão mesmo, só novecentos e trinta anos depois. Mas ela, a dona morte, quando entrou, trouxe consigo, fatores destrutivos, limitantes, depreciativos e no fundo, mortais mesmos, acompanhou a humanidade e facilitou muito o trabalho da morte. O pecado convidou a morte para o baile e ela veio à caráter e arrasou na pista. Adão é responsável pelos seus pecados e atitudes e ponto. Eu sou responsável pelos meus atos e pecados e você, pelos seus e nós pelos nossos. Jesus veio para corrigir e abrir uma via de acesso ao caminho de Deus novamente, via conversão, pois só há um caminho, que o próprio Senhor Jesus. Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim (Jo 14.6). Ficar culpando outros, incluindo Adão, Deus, a igreja, o papa, o pastor, o sistema… não vai ajudar e nem resolver, pois o problema é individual e particular e o pecado é a causa, a raiz e a razão de tudo. Mas, Jesus já morreu por mim e por você e por qualquer um que se disponha a se arrepender confessar seus pecados e convidá-lo a ser seu Senhor e Salvador. Isso não tem nada a ver com igreja, religião, ritual ou cerimonia. Passar a frequentar uma igreja, ou grupo de fé, ou fazer certos rituais e obrigações, não muda nada o estado de perdição. Jesus disse que precisamos é nascer de novo, só isso! Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. (Jo 3.3,5). Frequentar igreja e nascer de novo são coisas muito diferentes! Se você começar a dormir todas as noites na garagem, nem por isso vai virar carro! Assim também, por frequentar igreja não vai virar filho de Deus, pois ninguém “vira” crente, cristão ou filho de Deus – isso só acontece, nascendo de novo!

Senhor, obrigado por ter morrido na cruz para mudar a nossa história e o nosso destino. Graças te damos, pela obra do Espírito Santo que convence-nos do pecado, da justiça e do juízo. Abra, ó Senhor o nosso entendimento e de cada um que realmente precisa de uma experiência de novo nascimento, para se tornar teu filho e entrar na Cidade Santa pelas portas. Obrigado pela adoção de filhos em Cristo Jesus. No nome de quem oramos e agradecemos. Amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s