O Primeiro “Pileque” da História

Meditação do dia 20/01/2018

Gn 9.21 – “Bebeu do vinho, embriagou-se e ficou nu dentro da sua tenda.”

O primeiro “Pileque” na História – Eu já escrevi antes e reitero aqui, que praticamente tudo o que existe, surgiu, foi criado, aconteceu, apareceu pela primeira vez no Gênesis. Nenhum outro livro da Bíblia seria adequado para iniciar essa magnífica biblioteca. Ali encontramos ainda que em forma embrionária ou como protótipo, quase tudo o que conhecemos hoje, desde comportamento humano, quando de invenções e utilidades e até tecnologias. Quero iniciar salientando que o fato de Noé ter tomado uns goles de um bom vinho, que ele mesmo produzira, desde a plantação da parreira, até a colheita e todo o processo da fabricação artesanal do seu vinho, isso não destrói o seu caráter e nem desfaz o seu trabalho bem feito. Também não estarei aqui defendendo essa ou aquela posição em relação ao vinho ou a bebidas; meu padrão pessoal é bastante coerente com o todo do ensino bíblico e pretendo me manter fiel a isso. Como testemunho pessoal, me converti no último dia dos meus 16 anos de idade e até então não tinha hábito de beber, como toda a minha família; então agora depois de convertido, imerso no ministério pastoral, não há qualquer razão para eu defender outra postura pessoal. O que precisamos levar em conta, no contexto do patriarca Noé, foi que ele estava vivendo num mundo inteiramente novo, do qual ele não tinha pleno conhecimento e alguns efeitos do pós dilúvio, só iria sendo revelados com o decorrer dos tempos e das ações. Certas leis da natureza só se manifestam por provocação. Antes do dilúvio, o clima da terra era uniforme e ameno, bastante agradável e sem o efeito incisivo dos raios solares sobre o planeta, o que não ocasionava evaporação e suas consequências, como formação de nuvens, chuvas e outras coisitas mais. Havia uma espécie de efeito estufa, que mantinha essa proteção e servia perfeitamente para a vida se desenvolver aqui na terra. Para produzir o dilúvio, Deus mexeu nas configurações existentes e assim aconteceu a chuva e após isso, o sol já incidia diretamente e não havendo mais a proteção, veio a aparecer a evaporação, a condensação de nuvens e chuvas, e um fenômeno, se não novo, ao menos intensificou muito o seu potencial, que foi a fermentação. O agricultor Noé, acostumado a colher suas uvas e prensar e fazer um delicioso vinho, sem fermentação que produzia um maior teor alcoólico, agora repetiu o processo mas o efeito lhe era desconhecido e o “veinho chapou o coco!” Nem ele e muito menos os seus familiares conheciam aquele fenômeno e certamente foi meio assustador. Como é de conhecimento geral, o efeito da bebida reage diferente de pessoa para pessoa, devido à tolerância de cada organismo. Uns ficam alegres, outros ficam bravos, uns se deprimem, outros ficam poderosos, uns dormem e outros ficam eufóricos; e alguns perdem a noção do perigo ou de qualquer parâmetro de limites. Noé, parece que sentiu muito calor e para se refrescar tirou a roupa e caiu no sono. Amo a fidelidade das Escrituras em não ocultar nada de nós, mas narrar com precisão os fatos como eles são, para nos servir de alento e proteção. Grandes pessoas, ainda são pessoas e como tais, sujeitas as mesmas fraquezas que todos os demais e se eles assim alcançaram a graça divina e não foram rejeitados ou desclassificados por Deus, mas restaurados e restabelecidos para darem continuidade ao trabalho a que foram chamados. O pior erro que se pode cometer na vida, é aquele do qual nada se aprende. O efeito e o poder do pecado, em todas e quaisquer de suas manifestações foi vencido pelo poder do sacrifício de Jesus lá na cruz e todo aquele que reconhecer seus erros e pecados, pode ser prontamente perdoado e purificado pelo sangue de Jesus. O problema não é o pecado, mas a falta de arrependimento e conversão. Porque para o pecado existe remédio e solução gratuita e disponível a qualquer um em qualquer lugar. Talvez alguém tenha desanimado de sua caminhada por Deus, por ter falhado em algum lugar e não foi bem compreendido ou ajudado e agora está afastado daquilo que sempre foi importante para sua fé. Levante-se e admita a sua participação no erro e confesse os seus pecados e aceite o convite de amor e reconciliação de Cristo. Pessoas perfeitas ainda estão sendo feitas e trabalhadas, não exija demais nem de você e nem dos demais. Se pessoas falharam com você e não deram bom testemunho, não abandone a Cristo e a sua fé por isso. Os homens também falharam com Cristo e ele não desistiu de nenhum de nós. É dia de voltar para Deus. Vinho bom, se toma em comunidade, na Ceia do Senhor! Venha, há lugar para todos na família de Deus.

Pai, obrigado por tua misericórdia e perdão oferecidos em Cristo Jesus. Somos pecadores e rodeados de fraquezas, mas somos aceitos, amados e acolhidos por ti. Permita que os teus filhos se levantem e alcancem forças para prosseguir, olhando firmemente para ti. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s