Quem Conhece Labão?

Meditação do dia: 04/07/2019

 E ele lhes disse: Conheceis a Labão, filho de Naor? E disseram: Conhecemos.(Gn 29.5 )

Quem Conhece Labão? – Conhecer alguém não é algo tão complicado, ao mesmo tempo que é uma incógnita. Quando se pensa que conhece, se descobre que não era bem verdade e se vê surpreendido. Desde o “Conheça-te a ti mesmo” escrito no pátio do templo de Apolo em Delfos, na Grecia antiga, as pessoas vem tentando se explicar ou se auto explicar e não chegaram a grandes resultados, pelo que sei. Conhecer então se torna um caminhada e bem mais abrangente do que simplesmente ter informações ou saber quem é tal pessoa. Embora a nossa proposta é meditar e nos concentrar em Jacó e nos assuntos que o rodearam naquela época, não podemos deixar passar uma dica quente como essa. Jacó estava pedindo uma informação, e obteve-a, eles sabiam quem era a pessoa, e tinham relacionamentos pastoris com ele, já que uma de suas filhas comandava o rebanho do pai naquele dia. Então vamos seguir o fluxo e ficar satisfeitos com a informação pedida e encontrada. Par quem estava viajando à dias, seguindo caminhos antes não trilhados por ele, com informações poucas, sobe o destino e sobre as pessoas com quem deveria se relacionar. Era uma boa notícia, depois de tudo o que já passara; saber que estava perto do seu destino final de viagem e que aquelas pessoas ao redor daquele poço, sabiam quem Labão, o tio de Jacó e portanto poderiam guia-lo ou orientá-lo nos últimos passos da viagem. Também estamos olhando e comparando a viagem dele com a nossa jornada espiritual e as lições que podem nos conduzir a uma vida mais produtiva e eficaz. Então, aqui, estamos pensando em etapas onde estamos quase chegando e tudo o esperamos é por confirmações de que estamos no caminho certo e a poucos passos de atingir um objetivo. Essa etapa é importante. As estatísticas de acidentes automobilísticos apontam que um percentual elevado deles, acontecem próximos do destino final das pessoas. Por cansaço, euforia, e outros fatores bobos, os levam a se descuidar e acabam se acidentando e não chegando ao seu destino. Já ouvi uma história e não tenho como aferi-la quanto à sua veracidade, mas conta-se que Thomas Edson, após testar milhares de lâmpadas sem sucesso, finalmente chegara a primeira que deu certo; pediu então ao seu assistente Jimmy para então guarda-la em segurança, mas ele acabou tropeçando e quebrando-a. Lá se foi ele novamente para iniciar tudo de novo até conseguir uma segunda lâmpada que acendia; ao contrário do que a maioria de nós faria, ele chamou o seu jovem assistente e entregou-lhe a lâmpada para guardar, apenas com a recomendação: “Agora desta vez, Jimmy, tome mais cuidado.” Essa atitude foi uma forma criativa de recuperar a estima e a confiança no aprendiz. Muitas atividades e ministérios cristãos, começaram e andaram bem por muito tempo, quando estavam próximos de boas conclusões e colheitas, alguém não teve o devido cuidado e aquilo que estava tão perto, deixou de estar e não aconteceu. As recomendações da Palavra de Deus para fases finais são dignas de atenção e concentração: E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.
Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo
(Mt 24.12,13). Tem que ir firme até o fim, segundo Jesus, pois as provações se intensificam mais e mais á medida que se aproxima o fim. Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé(2 Tm 4.5,7). Paulo fez a advertência para Timóteo e falou de sua própria carreira e final honroso. O Escritor aos Hebreus, faz umas colocações muito fiéis aos princípios da fé do povo de Deus e que estão ali, justamente para nos conduzir até o final, em vitória. Mas o justo viverá pela fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma (Hb 10.38,39). Nós somos da fé, somos dos perseveram até o fim e não voltamos atrás; partimos em nossa caminhada com Deus e não iremos até o poço no meio do campo e ali desistimos ou paramos por ali. Como Jacó, iremos adiante. O melhor de Deus para nós ainda está por vir.

Senhor, obrigado por nos sustentar em todo tempo, durante o longo percurso que fizemos até aqui; mas aqui ainda não é o final e nem o lugar de descanso. Estamos destinados a completar a nossa jornada e ver cumprido todas as tuas promessas. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s