Por que Perguntas Pelo Meu Nome?

Meditação do dia: 08/10/2019

  “E Jacó lhe perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali. (Gn 32.29)

 Por que Perguntas Pelo Meu Nome? – Já descobri que Jacó não era o único curioso para saber o nome daquele ser misterioso com quem lutara uma madrugada inteira. Eu também queria saber e acho que tanto atrás quanto à minha frente há uma fila enorme de gente atrás da mesma informação. Faz parte da nossa natureza nos interessarmos com muita intensidade por algumas coisas e não nos interessarmos por outras, ainda que se pese os valores. Nossa cabeça é bastante racional e precisa de dados para completar seus diagnósticos. Quando algo é misterioso, sobrenatural ou foge do convencional, ficamos inquietos e começam a borbulhar perguntas, e algumas vezes nem são as perguntas certas. Me lembro que os pais de Sansão, quando receberam a visita de um ser celestial que lhes anunciou o nascimento do filho e as regras do nazireado que faria parte de sua vida, eles também queriam saber o nome, e também ficaram sem a resposta que queriam ouvir. E disse Manoá ao anjo do Senhor: Qual é o teu nome, para que, quando se cumprir a tua palavra, te honremos? E o anjo do Senhor lhe disse: Por que perguntas assim pelo meu nome, visto que é maravilhoso? (Jz 13.17,18). Poderia ser o mesmo dos tempos de Jacó, e que não é lá muito chegado em se identificar? As pessoas que são agraciadas com essas experiências, sabem ou aprendem lidar com os fatos e entendem que o centro de tudo aquilo é o que Deus deseja transmitir ou comunicar e aceitam que a mensagem é sempre mais importante que o mensageiro, assim como a representação de embaixador é maior que o próprio, pois ele fala e comunica em nome de uma nação, reino ou governo e não em seu próprio nome. Os anjos são espíritos ministradores a serviço de quem vai herdar a salvação, e eles estão a serviço de Deus e de seus propósitos eternos. Os seres humanos são propensos a criarem celebridades e ídolos e assim facilmente desviam o foco do Deus Criador, para criaturas enviadas a serviço. Ainda que sejam espíritos, místicos, diferentes e com alguns poderes ou capacidades que ultrapassam a nossa compreensão, eles devem ser vistos como servos de Deus, tal qual o somos nós também. Não devem ser objetos de culto e nem de devoção, pois a concepção da nossa fé é que só Deus pode ser adorado. Mas, com uma mentalidade distorcida, longe do conhecimento pleno da Palavra de Deus, as pessoas facilmente se perdem, ainda que se digam bem intencionados, mas mesmo assim, podem incorrer em erros. Somos e devemos ser gratos a Deus por permitir e colocar à nossa disposição um ministério de anjos que nos guardam, ajudam, cuidam de nossas crianças e protegem as pessoas até de si mesmas em manifestações de exageros e imperícias. Mas oramos somente a Deus e pedimos e cremos que nossas orações cooperam com o trabalho deles, mas o culto e a glória sempre são tributados ao Senhor. Gideão teve um encontro marcante e foi instruído em como proceder, quando desejou honrar e prestar adoração. Porém o anjo de Deus lhe disse: Toma a carne e os pães ázimos, e põe-nos sobre esta penha e derrama-lhe o caldo. E assim fez. E o anjo do Senhor estendeu a ponta do cajado, que estava na sua mão, e tocou a carne e os pães ázimos; então subiu o fogo da penha, e consumiu a carne e os pães ázimos; e o anjo do Senhor desapareceu de seus olhos (Jz 6.20,21). Lembre-se, por mais maravilhosos que sejam os mensageiros ou os entregadores, a bênção é o que de fato nos interessa.

Senhor, obrigado por atender as orações do teu povo e responder de muitas formas e até enviando mensageiros especiais para cumprirem a tua vontade. Queremos demonstrar nossa gratidão e reconhecimento ao Senhor que é Soberano e tens à tua disposição infinitos meios de atender os teus filhos. Graças te rendemos e tributamos culto unicamente a ti. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s