Antes Que Morra

Meditação do dia: 18/06/2021

E disse Israel: Basta; ainda vive meu filho José; eu irei e o verei antes que morra.(Gn 45.28)

Antes Que Morra – A sabedoria nos ensina a viver e a conviver com temas que não apreciamos, ou não temos absolutamente nenhum controle sobre aquilo. Na verdade, gostamos de ter controle e estar como senhor das situações, mas parece uma viagem em uma estrada desconhecida e coberta de névoa, que não dá para enxergar um palmo à frente do nariz, mas ainda assim, não se pode parar e precisa-se prosseguir. Folcloricamente o brasileiro não gosta de falar em morte; até se usa o costume de ao se pronunciar essa palavra, alguém “bate em algo de madeira e diz: Isola!” Mas culturalmente, e até em termos informais, mas visível, a um respeito e um carinho afetuoso pelas pessoas que já partiram. Exemplo disso, é que não se aceita falar mal de alguém que já morreu e tem até ditado popular que afirma que depois de morto, todos se tornam gente boa. Os cuidados que os brasileiros têm com as sepulturas e túmulos, bem feitos, decorados com materiais de boa qualidade e sempre se leva flores e especialmente do tipo que aquela pessoa gostava. Faz-se um respeitoso movimento até no trânsito quando se percebe um cortejo fúnebre e exige o máximo de respeito nas celebrações e nos rituais de velório e sepultamento. Olhem a tristeza e o clamor social pelos efeitos da Covid-19 quando não se pode velar os familiares e amigos?!! Bem. Já  que o tema é inevitável e a morte também, então entre o nascimento e a morte, é tudo o que nos resta para viver e construir, amar e servir – só se vive e se morre uma vez, então é preciso desfrutar bem, pois segundo os sábios apenas duas coisas são certezas nessa vida: a morte e os impostos – esses, vamos pagando aos poucos a vida toda! Eu gosto de pensar em temas que outras pessoas na Bíblia tiveram experiencias e o resultado serve para mim e para os demais. A primeira pessoa a morrer nesse mundo nosso, foi Abel, vítima de violência do próprio irmão, quando só existiam quatro pessoas no mundo todo. Para quem gosta de estatística fria, vinte e cinco porcento daquela população se tornara homicida; outro tanto foram vítimas e cinquenta por cento não soube o que fazer. Quem mais viveu até chegar a sua vez foi Matusalém, com 969 anos, até hoje é referencia para longevidade. Isaque, herdeiro das promessas de Abraão e pai de Jacó, disse que estava próximo da morte e resolveu dar a bênção ao filho, foi quando Jacó trapaceou contra Esaú. Mas Isaque só morreu de fato e de direito oitenta e cinco anos depois, (é quase o tempo de uma vida longa em nossos dias). Jacó, aqui, ficou tão feliz em saber que José ainda estava vivo,  bem de vida e querendo leva-lo pra o Egito, que misturou seu modo de pensar que morreria triste e amargurado, pela euforia de ir e ver o filho, podendo morrer em paz e satisfeito. José vivera em casa por dezessete anos até ser levado para o Egito e a Jacó foi dado o privilégio de viver ainda com o filho outros dezessete anos. Minha linha de meditação hoje não é mórbida e nem jocosa em relação ao tema ou às pessoas, mas buscar discernimento e capacidade de ver a vida do ponto de vista de Deus, que o supremo e melhor modelo de se viver, abençoar e construir o tempo todo. Já que não viemos ao mundo com prazo de validade visível ou mensurável, escolho seguir os bons exemplos de querer ser produtivo, sábio e uma pessoa com quem os demais tenham prazer de conviver. Todos os dias é tempo de aprender e evoluir e admiro muito isso e pretendo seguir esse estilo de vida, como diz o Boris Casoy: “Quem viver, verá!” O que você pensa em fazer com sua vida, justamente nessa fase onde abunda a sabedoria e a experiencia de vida e agora sabe o caminho das pedras? Tem alvos bons e grandes para realizar? Ou vai desistir e se tornar um reclamão e rabugento com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar? A escolha é sua, é minha, é nossa e todos os dias podemos fazer e refazer novas escolhas!

Obrigado Autor da vida! Supremo autor, obrigado pelo privilégio de viver e servir e peço sabedoria para honrar e glorificar aquele que vive para sempre, a quem amamos e orgulhosamente chamamos de “Ancião de Dias” – ou “Pai da Eternidade” – digno de todo louvor e glória. Para quem já venceu a morte e sujeitou todas as coisas à seus pés, não a nada melhor do que acreditar e ter esperanças de uma vida melhor, eterna e plena de realizações agora e para sempre, amém. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s