É Sábio Ouvir Conselhos

Meditação do dia 25/08/2015

Js 9.14Então os homens de Israel tomaram da provisão deles e não pediram conselho ao Senhor.

É Sábio Ouvir Conselhos! Os goianos tem um provérbio popular, um ditado, como se diz lá: “Quem não ouve conselho, ouve coitado!” Se aconselhar é uma medida que expressa prudência e sabedoria. Josué, um líder novo e com muita responsabilidade sobre os ombros, se viu numa situação que exigia decisão imediata e eles decidiram, usando os mesmos passos que vemos acontecer em nossos dias. Quando surge uma situação é tão comum, se fazer todos os cálculos, pensar todas as possibilidades, menos consultar a Deus, não oram e não buscam direção e quanto tudo dá errado, perguntam, “Por quê?” Qual é a razão de ser da oração? Por que oramos a Deus? Por adoração, faz parte da nossa vida de culto e do culto de nossa vida. Também oramos, para satisfazer o anseio do nosso coração, pela presença e comunhão com Deus. Oramos para receber orientação para as necessidades diárias. Oramos para eliminar ansiedades e preocupações. Oramos para obter forças para vencer o pecado e as tentações que nos rodeiam e também oramos pelo prazer de conversar com Deus, cultivar a relação de amizade e companheirismo que Ele nos permite graciosamente. O Rei Salomão, no livro de Provérbios, afirma que conselhos são coisas boas de se ouvir. “Quando não há conselhos os planos se dispersam, mas havendo muitos conselheiros eles se firmam” (Pv 15.22). “Cada pensamento se confirma com conselho e com bons conselhos se faz a guerra” (Pv 20.18).  Josué, não consultou a Deus, os anciãos que estavam com ele e o auxiliavam, também não levaram isso em conta e com isso eles caíram na conversa dos cananeus que além de desesperados pelo medo de serem mortos e extintos como povo, ainda eram ardilosos, capazes de enganar corações predispostos à generosidade. Quantas pessoas boas, com as melhores das intenções já não foram iludidas, enganadas e trapaceadas por pessoas que se passavam por vítimas e em estado de sofrimento; para logo em seguida se descobrir que eram na verdade trapaceiros e caloteiros da boa fé dos outros. Ouvir a experiência de outras pessoas pode nos ajudar a evitar dores e prejuízos, e sem falar que em nossos dias, a segurança e o bem estar da família pode estar em risco, se determinados cuidados não forem tomados. Por outro lado, não podemos deixar de receber orientação divina, quanto a discernir uma situação verdadeira que precisa de nossa ajuda e ou até nos foi enviada por Deus para prestarmos ajuda. Mantenha o coração aberto à Deus e à sua Palavra; não permita que a maldade de uns, endureça e feche o seu coração para fazer o bem e servir os necessitados.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s