Manteiga e Azeite

Meditação do dia 27/07/2016

Sl 55.21 “As palavras da sua boca eram mais macias do que a manteiga, mas havia guerra no seu coração: as suas palavras eram mais brandas do que o azeite; contudo, eram espadas desembainhadas.

Manteiga e Azeite – Houve um tempo, não tão distante, mas no século passado, na década de 80, quando se cantava muito nas igrejas cânticos utilizando a letra literal dos textos bíblicos, digamos que “musicava” os versos e até salmos inteiros; um daqueles cânticos ficou muito bem gravado na minha mente e coração e quero fazer uso do verso aqui, para iniciar esse meditação de hoje. “Que as palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis diante de ti, oh! Senhor…” (Sl 19.14). Davi, ao escrever esse texto, um poema, uma música, ele fala de pessoas “infiltradas” na comunidade de fé, que iam aos cultos, nas celebrações, participava das festividades e serviam de companhia, e recebia respeito e confiança, mas que se revelaram verdadeiras “traíras” nos relacionamentos, cavando o mal e servindo de inimigos mesmos. A descrição é muito significativa na comparação feita, pois as palavras dessas pessoas eram macias como manteiga, suaves como azeite; isso demonstra que sabiam usar as palavras, as expressões, de forma que transmitiam coisas boas e confiáveis, produziam segurança e trazia restauração ao ânimo de alguém desanimado, desfalecente, verdadeiramente carente de afeição e atenção. Mas ele explica que no fundo dos seus corações havia outras motivações e em nada condizentes com o que aparentavam desejar. O coração estava em guerra, lábios macios e coração venenoso. Não é sem sentido que a sabedoria nos ensina que é possível enganar muita gente por muito tempo, mas não há como enganar todo mundo o tempo todo. Não havendo autenticidade, integridade, mais cedo ou mais tarde as máscaras caem. Uma pessoa justo, boa, pode em determinada situação e por certas circunstancias deixar de ser boa e justa e se tornar em algo diferente, ficando neutra, nula e até má, ao seguir erradamente instintos e emoções não levando em conta valores antes cultivados. Mas uma pessoa má, ardilosa, ainda que muito bem camuflada as suas ações e atitudes, uma hora era se revela de fato, pois o mal e o bem não podem conviver pacificamente dentro do mesmo coração. Luz e trevas não se misturam, como amor e ódio, um acaba por prevalecer e se revelar. Daí, o texto afirmar que aquelas pessoas tinham palavras macias como manteiga, mas no coração havia guerras, faz sentido! Embora a suavidade de suas falas fosse tal qual azeite, a verdade era que eram espadas nuas, afiadas, cortantes, penetrantes. O salmo diz que ele ficou admirado por isso vinha de onde ele mesmo esperaria, pois era “fogo amigo.” As grandes decepções normalmente vem de dentro do círculo confiável de amizade, amor, comunhão. Esperar o mal de alguém ímpio e mau é até normal; mas receber o mal de alguém infiltrado, gozando da confiança e apreço, pegando desprevenido, dói muito e faz um estrago terrível. Queridos, não estamos imunes e nem isentos disso acontecer conosco, só não pode acontecer partindo de nós! Uma boa recomendação bíblica nos foi deixada por Paulo: “Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens” (Rm 12.18). Manteiga e azeite nos lábios e mel e bálsamo no coração, é uma boa combinação!

 

Senhor, que hoje isso verdadeiramente seja real para mim e para os teus filhos, permita que de fato, as palavras dos nossos lábios e o meditar do nosso coração sejam agradáveis diante de ti, por se assim acontecer, agradará e abençoará as pessoas ao nosso redor. Pedimos prudência para que o nosso coração não se torne azedo e nem ácido por causa das coisas ao nosso redor ou até contra nós; ao contrário, que respondamos com amor e ternura, compreensão e cura para sermos verdadeiros discípulos daquele que ensinou como perdoar e amar incondicionalmente. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s