Por Falar Em Amor

Meditação do dia 20/02/2017    

 Is 62.5 Porque, como o jovem se casa com a virgem, assim teus filhos se casarão contigo; e como o noivo se alegra da noiva, assim se alegrará de ti o teu Deus.

 Por falar em amor – Hoje poderíamos desenvolver diversos temas, com base nas palavras do verso escolhido, sobre o amor, sobre amor familiar, sobre namoro, noivado, casamento, amor à pátria e outras sugestões ainda seriam possíveis. Mas vamos pensar no modo como Deus ama e como ele expressa sua afeição pelo seu povo como nação, ao mesmo tempo que não tira os olhos do indivíduo. Jerusalém, recebe uma afeição muito especial de Deus, e acredito que só na eternidade, nós, os mortais ocidentais entenderemos isso plenamente. Mas não é só amor pela cidade, assim como gostamos de certos lugares, onde nascemos, onde crescemos ou algum lugar que se tornou importante e marcante em nossa vida e adotamos como nossa. A Terra Santa tem essa atenção divina e exerce essa influencia na história do povo hebreu, nos povos antigos, e não só neles, mas ela é o local de atenção de muito coisa ao mesmo tempo. As principais correntes religiosas se apegam a ela, o Cristianismo, o Judaísmo e o Islamismo, reivindicam te-la como lugar sagrado. Peregrinos do mundo todo vão anualmente para lá e não se ouve dizer que alguém se decepcionou. Aqui Deus usa linguagem muito familiar aos humanos, a linguagem do amor entre pessoas, como dos jovens apaixonados e que não abrem mão casamento. A felicidade entre os noivos seria também a forma como as pessoas deveriam amar sua terra e se apegar a ela, exatamente como Deus a ama e cuida dela. Conhecendo o caráter e o coração de Deus, sabemos que ele ama todos os povos indistintamente e onde as pessoas o buscam e se devotam a uma vida que o agrada, ele se faz presente e abençoa grandemente. Quando leio aquelas palavras que o Senhor disse a Salomão, que E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra (2 Cr 7.14). A responsabilidade pela bênção e cura da terra, passa pela conversão e abandono dos maus caminhos. Acredito que isso é só pode acontecer quando essas pessoas amam verdadeiramente a sua terra. Ninguém ama mais o Brasil, do nós os brasileiros, então ninguém deve ter maior interesse em ver essa nação curvada os pés de Deus e com atitudes de nação temente ao Senhor. Isso começa comigo, contigo, com os irmãos, as igrejas e não só falando, mas agindo como acreditamos que sejam as promessas de Deus. Nossas igrejas e ministros devem ser espelhos dessa graça, pois um dia faremos parte de um exército muito maior e muito mais comprometido com o eterno, o sagrado. Ame sua cidade, sua terra, sua nação, ore por ela.

 

Senhor, bem aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor! Para isso, nós precisamos ser o seu povo especial zeloso e de boas obras, comprometidos com a justiça e a verdade. Ilumina-nos e permita que vivamos a nossa fé, e com ela, abençoemos a nossa nação. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s