Malditos & Benditos

Meditação do dia 24/01/2018

Gn 9.25-27 – “E disse: Maldito seja Canaã; servo dos servos seja aos seus irmãos. E disse: Bendito seja o Senhor Deus de Sem; e seja-lhe Canaã por servo. Alargue Deus a Jafé, e habite nas tendas de Sem; e seja-lhe Canaã por servo.”

Malditos & Benditos – Falar bem e falar mal, é a idéia mais simples sobre bênção e maldição. Alguns não acreditam, mas que elas existem, ah! Isso sim, existem mesmo. Na dúvida (se houvesse) eu preferiria estar do lado da bênção. Entendo que as várias referencias bíblicas sobre esse tema, apontam para causas e motivos legítimos para que elas se firmem numa pessoa ou povo, nação etc. Provérbios afirma que “maldição sem causa não se cumpre.” (Pv 26.2). Fica subentendido que, sem causa a maldição não se cumpre, então infere-se que com causa ela evidentemente se cumpre. Temos visto alguns grupos se aproveitarem da ignorância das massas e aumentar o fardo dos já oprimidos e até alavancar fontes de receitas financeiras sob a alegação de estarem ajudando-as a se livrarem de suas maldições. Infelizmente é a lei de mercado regulado pela oferta e demanda. Ao conhecer a doutrina bíblica e cristã sobre o arrependimento e o perdão, entendemos que isso pode mudar tudo e completamente a vida de qualquer pessoa. Aos Gálatas, Paulo escreveu: “ Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão. Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro” (Gl 5.1; 3.13). Uma boa evidencia de que a maldição existe e é prejudicial, é que Cristo levou na cruz essa nossa condenação. Uma atitude errada se corrige com uma atitude certa. Por um comportamento errado foi dado permissão e autoridade para que uma maldição se instale na vida; então é preciso que essa pessoa tome a iniciativa de mudar suas atitudes, adotando posições que invertam todo o processo e assim a sua justiça ocupe o lugar da injustiça e aquilo que está sendo semeado, produzirá o tipo de colheita que está proposta na semeadura. Noé declarou uma maldição sobre a vida do seu neto Canaã ao mesmo tempo que proferiu bênçãos sobre a vida dos dois outros filhos. A vida individual de cada elemento descendentes de Canaã iria determinar sua própria condição em relação a bênção e à maldição. Uma vida justa, reta e íntegra atrairá a justiça e a misericórdia de Deus, assim como a impiedade e a vida desregrada atrai a maldição por si mesma. O profeta Ezequiel foi porta-voz da atenção de Deus sobre a vida das pessoas que se convertem da condição anterior em que viviam, quer do pecado para a justiça, quanto da justiça para a perversidade. “Tu, pois, filho do homem, dize aos filhos do teu povo: A justiça do justo não o livrará no dia da sua transgressão; e, quanto à impiedade do ímpio, não cairá por ela, no dia em que se converter da sua impiedade; nem o justo poderá viver pela sua justiça no dia em que pecar” (Ez 33.12).

Obrigado, Pai por ser abençoador da minha vida. Sou agradecido por me chamar para fazer algo de importante no teu reino e assim te fazer conhecido e glorificado entre os povos. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s