Uma Ação Vale Mais Que Mil Palavras

Meditação do dia 15/12/2018

 “E disse: Por mim mesmo jurei, diz o Senhor: Porquanto fizeste esta ação, e não me negaste o teu filho, o teu único filho,”  (Gn 22.16)

 Uma Ação Vale Mais Que Mil Palavras – São pouquíssimos os textos sagrados que descrevem em palavras bem comuns uma manifestação de admiração da parte de Deus por algo que um humano fez. Convenhamos que o Criador é Onisciente e como tal sabe tudo e surpreende-lo, seria “surpreendente.” Notadamente, essas poucas, que consigo me lembrar de pronto agora enquanto escrevo, estão relacionadas a feitos de algumas pessoas, ações e atitudes, como se diz, fora da curva, muito além do trivial e já pasteurizado sistema de como se faz as coisas. Me lembro de Enoque, que andou com Deus, de tal forma que o Senhor o levou, em vida, para estar com ele, se tornando assim um tipo dos alvos que não provarão a morte por ocasião da volta de Cristo; aqueles que serão arrebatados, sendo transformados, recebendo corpos novos, glorificados para entrar na festa no céu. Salomão, quando assumiu o trono de Israel e sua experiência de adoração, o Senhor lhe deu um “cheque em branco” permitindo que pedisse o que quisesse, e ele usou muito bem a sua oportunidade pedindo sabedoria para governar o povo de Deus. Isso alegrou o coração de Deus e se admirou, porque ele também agiu fora do radar dos demais homens com semelhante oportunidade. Daí, ele ganhou o que pediu e os bônus generosos que vieram. Também me lembro de Jesus ao encontrar aquele centurião romano, que pediu a cura para o seu servo enfermo; Ali, Jesus disse que viu tamanha fé, como nem mesmo em Israel ele encontrara. Quando meditamos e pensamos devocionalmente sobre uma verdade registrada nas Escrituras, não nos apegamos ao viés doutrinário, sem contudo desprezá-lo; mas o intuito aqui não é determinar uma doutrina sobre a pessoa ou os atributos divinos; mas desfrutar dos resultados da comunhão e das lições que a sua divina presença nos dá. Já sabemos o suficiente que Deus é bom, seu caráter é perfeito, ele tem todas as qualidades e traços de caráter que conhecemos nas próprias Escrituras e podemos, se assim o desejarmos, estudar mais aprofundadamente estes ensinamentos em termos teológicos e de exegese. Deus estava observando o desenvolvimento da fé e do relacionamento de Abraão e sua capacidade de interagir com Deus pela fé, sem a necessidade de detalhes, pormenores e estar razoavelmente informado de tudo. Abrão estava progredindo em andar pela fé e quando chegou o momento de um grande teste, ele se submeteu, e passou com louvor. Posso entender que não se tratava de aprendizado íntimo e pessoal, mas também da sua capacidade de transmitir um legado de fé para seu filho. A cada dia que ele vivia, o tempo contava contra Abraão, e ele queria transmitir o máximo possível para Isaque, a tal ponto que com ou sua presença, as alianças e relacionamentos com Deus estivessem bem solidificados no coração do jovem. Esse é um grande ensinamento sobre discipulado eficiente; não é apenas transmitir informações, mas sobretudo experiências, porque contra fatos, não resta argumentos. Isaque passou por um batismo completo, estando afundado por completo física, emocional e espiritualmente em tudo o que aconteceu. Ele sentiu na pele, no coração e na alma as angústias da falibilidade humana, o medo da morte, o poder da pressão psicológica, a ansiedade de livrar-se para sobreviver e ouvir dos céus a intervenção divina, de um Deus que ele ouvira apenas pela experiência do pai, mas agora manifestara de forma salvadora, que não tinha como deixar dúvida que ele interfere no mundo dos humanos. Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam” (Hb 11.6). Falar, fazer declarações até em público, vestir uma camiseta com dizeres, adesivar o carro, postar frases de efeito nas redes sociais, tudo isso é possível a qualquer um, em qualquer momento, menos na hora de agir.

 

Senhor Deus e Pai, justo és em todo o tempo e em tudo que fazes! Que as palavras dos nossos lábios e o meditar do nosso coração sejam agradáveis em tua presença, em todo tempo. Nosso desejo para hoje é continuar crescendo diante de ti, especialmente em ações que louvam e honram o teu santo nome. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s