Admirado

Meditação do dia 13/04/2019 

 “E o homem estava admirado de vê-la, calando-se, para saber se o Senhor havia prosperado a sua jornada ou não.” (Gn 24.21)

 Admirado – Vamos começar por uma boa definição: “Admiração é um sentimento de assombro, surpresa, espanto ou afeto diante de algo. ” no popularzão, é deixar a gente de boa aberta! Foi isso que aconteceu com o nosso amado e dileto Eliézer, servo de Abraão ali na beira daquele poço em Harã. É de fato maravilhoso ver a operação de Deus numa situação e ainda mais de forma tão inaudita e repentina. Como todos nós, ele sabia e cria que Deus respondia as orações, já era um adorador e estava familiarizado com o Deus de Abraão e sua imensa graça. O inusitado aqui, é como as coisas aconteceram tão rápidas e tão precisas até naqueles mínimos detalhes. Era uma jornada com variáveis prováveis e alguma demanda de tempo seria considerada normal. Mas ele apenas chegara na fonte, na entrada da cidade, e estava tomando as primeiras providencias, como abeberar os camelos e encontrar algum lugar apropriado para passar a noite, descansar e no outro dia, começar as buscas por uma família específica. Mas o seu coração o induziu a agradecer pela boa viagem e já encaminhou um pedido para que o Deus de seu senhor o prosperasse e ele conhecesse uma moça local, que oxalá, fosse a escolhida; ele estava acabando de orar e ao abrir os olhos, não só viu uma linda moça, simpática e gentil, ele então foi à luta, apresentar a ela a proposta que só Deus sabia até então. Para sua surpresa, ela aceitou o desafio de lhe dar água para beber e se propôs a tirar águas para que os camelos também bebessem. No nosso vocabulário hodierno, “era bom demais para ser verdade,” ou “ele tinha que se beliscar para ver se estava sonhando!” Mas era verdade verdadeira! Jesus ficou admirado também, segundo os relatos de seus discípulos; pela incredulidade de Jerusalém em recusar a recebe-lo e pela atitude de fé daquele centurião romano. “E maravilhou-se Jesus, ouvindo isto, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel encontrei tanta fé” (Mt 8.10). Outra coisa maravilhosa para nós, é ter ou mantermos a capacidade de admirar, nos surpreender com a grandeza de Deus e sua atuação em nossas vidas. O sagrado é maravilhoso, as coisas sobrenaturais não podem se tornar naturais para nós; por mais que vejamos, experimentemos e testemunhamos prodígios e maravilhas, isso deve se tornar natural, normal… “Tô cansado de ver…” para tal, se faz necessário desenvolver a capacidade ou habilidade de se deslumbrar e não se permitir endurecer ou enrijecer cognitivamente. Sempre saberemos que Deus fará maravilhas, mas a cada vez deve nos parecer como se fosse a primeira vez que presenciamos. Quando a pessoa perde a capacidade de admirar os feitos do Altíssimo, se perde a beleza da contemplação, que por sinal, já algo bastante pasteurizado na devoção ocidental. Li certa vez uma frase escrita em um muro numa avenida movimentada de uma capital brasileira que dizia: “Todas as manhãs o sol dá um verdadeiro espetáculo ao nascer, mas é uma pena porque a maioria da plateia ainda está dormindo.” O paralelo é vero também, Deus faz muitas maravilhas todos os dias, mas parte da plateia ou não vê ou não vibra mais com elas. Não deixe de admirar com as respostas de Deus às suas orações.

 

Pai, obrigado por ser maravilhoso e encantador a cada dia para aqueles que presencia os teus feitos e se deleitam em tua presença. Obrigado, graças, louvores sejam dados a ti, por ser e fazer tudo como fazes por nós. em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s