Os Parentes Observam

Meditação do dia 10/06/2019 

 “E que Jacó obedecera a seu pai e a sua mãe, e se fora a Padã-Arã;(Gn 28.7)

 Os parentes Observam – Gostaria de pensar com vocês hoje, sobre a importância do nosso testemunho de vida e de fé, partindo do princípio que ninguém vive isolado e nem somos ilhas; estamos cercados de pessoas por todos os lados e entre todos esses, estão também parentes e familiares. É verdade que gostamos da ideia de que não temos nada a ver com a vida alheia e muito eles tem alguma coisa que ver com a nossa vida. Mas no fundo, no fundo mesmo, as influencias são inevitáveis e fazem parte do pacote da mordomia cristã. Deus espera que tenhamos relações construtivas com todos, incluindo os nossos familiares. Alguém azedamente disse que “parente é água quente!” ou seja, lide com eles com cuidado para não se queimar. Assim também, em tom de deboche, poderíamos dizer que “cada um tem os parentes que merece!” Deixando as farpas de lado e voltando para a piedade cristã, somos sal e luz e como tal, vemos todas as pessoas como alvos do amor de Deus e a nós como instrumentos para que sejam alcançados pela graça salvadora de Jesus Cristo. Mesmo que pareçam distantes ou indiferentes ao que nos acontece ou que fazemos, a verdade é que eles estão de olhos bem abertos sobre nós. Não sendo verdade, então estamos irradiando muito pouca luz e exercendo pouca influencia, de tal modo que estamos na condição de sal sem sabor, e aí complica tudo, no dizer de Jesus: “Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens” (Mt 5.13). Do ponto privilegiado de observação lá em Canaã, na família de Isaque, observamos nos últimos dias que depois daquela situação embaraçosa em busca da bênção do pai, os dois irmãos Esaú e Jacó “ficaram de mal” e Esaú falou que um dia mais pela frente ele se vingaria matando o seu irmão. Diante desses fatos as relações que estavam ruins ficaram piores e os pais se viram na obrigação de agirem para resolverem a situação. Poderíamos imaginar que qualquer um que fosse perguntar algo a Esaú, sobre seu irmão ele diria desdenhadamente que não tinha nada a dizer e que não se importava com nada que dizia respeito ao irmão. Mas percebemos que ele seguia de perto todos os passos do irmão e se ligava no que estava se passando. Ele observou, que os pais tomaram a decisão de enviá-lo para Harã com propósito de acalmar a situação entre os dois, evitar uma tragédia e principalmente para que Jacó se casasse com alguém da linhagem deles, conforme o estabelecido para herança da bênção do Avô Abraão; ainda observou que o pai, novamente abençoou Jacó e que este, tomara a decisão de obedecer os pais em todas essas questões. Estamos falando de que
Esau, estava de olho sim, na vida e no comportamento de Jacó e que as atitudes do irmão mostrou a ele que estava errado em ter casado com moças cananeias e para agravar mais ainda, o relacionamento delas com os pais dele não era nada construtivo e promissor. Jacó tomou decisões de obediência e fidelidade aos princípios de sua fé; esses resultados viriam a aparecer mais para frente, pois era o início do processo de semear; mas Esaú já se viu na obrigação de se movimentar e tomar medidas para melhorar as coisas. Mas o modo de agir de quem tem um coração endurecido, pouca valorização do sagrado, não pode produzir decisões melhores, apenas diferentes, mas alinhada com o pecado e a natureza dominada pela carne. Salomão disse algo muito sábio e profundo: “O que desvia os seus ouvidos de ouvir a lei, até a sua oração será abominável” (Pv 28.9).

 

Senhor, pedimos graça para sermos obedientes em resposta ao teu amor e à retidão dos teus princípios. Desejamos alinhar os nossos corações ao princípios de vida e paz que agradam a ti e produzem bênçãos para todos nós. Em nome de Jesus, amém!

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s