O Efeito Raquel

Meditação do dia: 09/07/2019

 E aconteceu que, vendo Jacó a Raquel, filha de Labão, irmão de sua mãe, e as ovelhas de Labão, irmão de sua mãe, chegou Jacó, e revolveu a pedra de sobre a boca do poço e deu de beber às ovelhas de Labão, irmão de sua mãe.” (Gn 29.10)

O Efeito Raquel – Motivação é uma palavra mágica! Ela produz efeitos inesperados e impossíveis de serem mensurados. Devidamente motivados, pessoas produzem assimetricamente em proporções gigantescas. Basta ver o imenso numero de filmes baseados em algum efeito motivador, que produziram campeões. Pode ser um discurso ou uma ação ou necessidade que parece surtir o efeito do espinafre no Marinheiro Popeye. Embora seja um assunto complexo, mas a motivação na verdade é a apropriação de um valor. O que move as pessoas são os valores; aquilo que elas consideram valiosos ou importantes, assumem um lugar na agenda e na vida e isso as move em direção as suas ações. Eu gosto de ler a Bíblia e isso tem um valor bem elevado para mim. Até parece um mantra que a Monte das Oliveiras já sabe de cor, considero um “bola murcha” alguém que tenha mais de um ano de convertido e não leu a Bíblia inteira. É sagrado, é preciso ler a Palavra de Deus ao menos uma vez ao ano, para se passar por um cristão normal. Posso não achar tempo para muita coisa, mas para a leitura diária eu encontro com a maior facilidade e se preciso for, qualquer outra atividade pode ficar para depois ou não ser feita, exceto essa. Olhando para a história de hoje, o que tudo indica pelo texto, é que ao ver Raquel, Jacó, arregaçou as mangas e removeu sozinho a pedra que vários homens faziam isso juntos todos os dias. Alguém diria, clara, que se trada de exibicionismo, para impressionar a moça, mas como não temos todos os detalhes, pode ser que os pastores o ajudaram, quando viram a inteção dele, ou na conversa ele já revelara que era sobrinho de Labão e estava de chegada à casa do tio, com quem pretendia viver e se estabelecer naquele local. Daí então, os novos amigos, aceitaram ele primaziar o rebanho da moça que acabara de chegar, até mesmo para ela deixa-lo sob os cuidados talvez do próprio Jacó enquanto ele corria para dar a noticia ao pai. Ele poderia muito bem estar motivado pelo desejo de chegar logo em casa, já que agora estava às portas e acabara de conhecer a prima. Mas quero tirar um ensinamento aqui: Nossa capacidade de avaliar a motivação alheia, pode ser falha e nos incorrermos num julgamento falso ou prejudicado por meras emoções. Podemos estar sendo sinceros ao basear nosso juízo sobre os fatos que vemos, mas quem diz que o que vemos expressa a verdade? Chamar Jacó de interesseiro, ostentador, exibicionista ou coisa do gênero, pode não ser justo com ele ou com ela e até com ambos. Na igreja e no ministério, diária e constantemente surge oportunidades de utilizarmos o bom senso e apreciar o esforço e cooperação de alguém. Também há a oportunidade de semearmos outros tipos de sementes, de críticas, insensibilidade e desmotivação. O conceito divino sobre nossas capacidades ficou claro, com o experiente Samuel, na casa de Jessé: Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração (1 Sm 16.7).

Senhor, minha oração hoje nessa meditação sobe diante de ti, num pedido de perdão e misericórdia, porque a nossa capacidade de ver e avaliar perfeitamente é muito prejudicada pela nossa falibilidade humana. Reconhecemos que só Senhor é perfeito em todos os seus caminhos e santo em todas as tuas obras; os teus juízos são justos e verdadeiros, por isso mesmo estar em tuas mãos é uma fonte de segurança e um refúgio secreto e seguro. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s