O Rosto de Labão

Meditação do dia: 19/08/2019

  E disse-lhes: Vejo que o rosto de vosso pai não é para comigo como anteriormente; porém o Deus de meu pai tem estado comigo; (Gn 31.5)

 O Rosto de Labão – Em muitos trechos da bíblia a expressão sobre o rosto de alguém, ou de Deus, tem o significado de favor, atenção, cuidado, quando descrito positivamente, ou o contrário, quando utilizado no sentido negativo. E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra (2 Cr 7.14). nos Salmos e em outros textos encontramos declarações tais quais esta: A face do Senhor está contra os que fazem o mal, para desarraigar da terra a memória deles (Sl 34.16). mostrei esses dois textos para ilustrar o que Jacó estava presenciando e interpretando. Isso não é estranho para nós, pois quando falamos com alguém, as expressões do rosto da pessoa pode comunicar muito mais do que as palavras. Quando Jacó chegou, foi recebido com abraços, beijos, sorrisos e alegria de ter um sobrinho em casa. Enquanto Jacó produzia e dava lucro, trazendo prosperidade, tudo estava muito bem. Aqui estamos lidando com oportunismo. Há algum tempo atrás fiz uma série de ministrações sobre a pessoa de Jacó, e naquela ocasião, apresentei Labão como um tipo maligno, alguém que representa uma casta de demônios destruidores, ligados à avareza, engano e trapaça para obter lucros e resultados à qualquer custo, especialmente tirando proveito de quem está por perto. Labão era a ganancia em pessoa. Desde a primeira aparição dele no cenário, deixa indícios de seu caráter e suas intenções materialistas. E Rebeca tinha um irmão cujo nome era Labão, o qual correu ao encontro daquele homem até a fonte. E aconteceu que, quando ele viu o pendente, e as pulseiras sobre as mãos de sua irmã, e quando ouviu as palavras de sua irmã Rebeca, que dizia: Assim me falou aquele homem; foi ter com o homem, que estava em pé junto aos camelos, à fonte, E disse: Entra, bendito do Senhor; por que estás fora? pois eu já preparei a casa, e o lugar para os camelos (Gn 24.29-31). Quando ele viu os presentes de ouro que a irmã Rebeca havia ganhado, seus olhos brilharam e ele tratou de seu hospitaleiro e gentil em grande medida com Eliézer. Agora o rosto dele demonstrava desgosto e reprovação para com Jacó, ainda que esse tivesse abençoado tanto a sua vida. Pessoas dessa categoria ainda existem e vamos cruzar nossos caminhos com eles. Jacó sabia que não sucumbira e fora prejudicado de maneira irreversível, por causa da presença de Deus com ele. Aí entra o valor da comunhão e da vida no altar. Batalhas espirituais são vencidas com armas e estratégias espirituais. Determinadas pessoas só vão andar conosco e nos favorecer se algo que temos ou fazemos pode lhe trazer benefícios, senão, eles nos rejeitam e desprezam com argumentos muito válidos nas suas concepções. Fique do lado de Deus.

Enhor Deus e Pai, graças de damos nesse dia, pela tua capacidade de nos abençoar acima da mediocridade dos nossos próprios planos. Também podes livrar-nos daqueles que só buscam o próprio bem e pretendem tirar proveito de tudo que lhes vier à mão. O Senhor sempre será o nosso socorro, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s