Benoni é Benjamim

Meditação do dia: 15/11/2019

  E aconteceu que, saindo-se-lhe a alma (porque morreu), chamou-lhe Benoni; mas seu pai chamou-lhe Benjamim.” (Gn 35.18)

Benoni é Benjamim – Duas etapas marcantes para a vida de qualquer pessoa são o nascimento e a morte. Celebrando a vida, no início da história de alguém e no outro lado está o fim da vida, o fim da história de alguém. Jacó teve as duas experiências atreladas num mesmo evento; ao nascer o filho, morreu a esposa. Já passamos por isso em família, quando nasceu meu primeiro sobrinho, o primeiro neto de meus pais, a esposa do meu irmão faleceu. As emoções se misturam muito e no primeiros instantes não dá para se concentrar numa mais que na outra. Aqui, para nossa meditação está a oportunidade de pensar no que acontece numa família temente a Deus e que anda por seus caminhos em obediência e fé e mesmo assim acontecem coisas difíceis e que fazem parte da experiência humana. Se, naturalmente admiramos Jacó por suas atitudes positivas e determinadas, aqui está mais uma prova do caráter firme e da maturidade com que ele enfrentou a tragédia num momento em que era para ser de pura festa. Seria o nascimento do segundo filho de Raquel, a esposa amada; esse filho nasceria já na terra de Canaã, junto com os avós paternos e todas as promessas de Deus. Raquel e Lia passaram praticamente toda a vida de casadas litigando uma com a outra, buscando afirmação e a preferencia da atenção de Jacó. Esse parece ser o primeiro a vir sem um clima de disputa e num momento da vida delas de muitas realizações, pois estavam chegando no sonho da família, que era estar de volta à origem de Jacó e aos termos da Aliança de Deus com Abraão e Isaque. O menino nasceria após uma reconciliação do pai com Esaú, o irmão que ficara ofendido e pretendia vingança. Tudo estava alinhado para ser um tempo de festa em família. Lembram que sempre tenho escrito aqui, que o futuro é opaco, imprevisível e indecifrável aos sentidos humanos? Mas meu sentido nessa meditação não é focar na tragédia, mas focar na força de Jacó em se reerguer prontamente, como alguém que luta e prevalece como um príncipe, fazendo jus ao nome Israel. Devido às complicações do parto, Raquel percebeu que era o seu fim, que a alegria de ter um filho lhe custaria a vida; assim sendo deu a ele o nome de Benoni, que significa “Filho da minha dor” ou “Filho proveniente da minha dor.” Assim que ela faleceu, imediatamente Jacó renomeou o filho como Benjamim, porque significava “Filho da mão direita,” uma expressão simbólica para dizer filho da minha força, e filho da minha alegria. Jacó escolheu celebrar Benjamim como sua alegria e sua força e não como o provocador de uma tragédia, embora ele tivesse perdido ali a amada de sua alma. As dificuldades e as tragédias acontecem na vida dos humanos e elas podem chegar também aos servos de Deus. É preciso maturidade para assimilar o golpe e separar um fato de outro fato – A morte prematura de um filho ou de um cônjuge, não anula a aliança de Deus; não anula a fidelidade de Deus e muito menos cancela ou encerra os propósitos eternos de Deus para a vida daquelas pessoas. O propósito eterno de Deus é maior e está acima de qualquer outro fator e Deus é infinitamente sábio para frustrar seus próprios planos; Deus não é apanhado de surpresa e terá que improvisar de agora em diante. Nada, nada mesmo tira o governo das mãos poderosas de Deus. É uma mentira deslavado do inferno, que Ele não nos ama e perdeu o controle sem ligar para o que estamos sentindo. Toda e qualquer experiência de sofrimento que uma pessoa passar, Deus sabe, porque já experimentou, por amor a todos nós. Deus é um pai e perdeu um filho para a morte e não só isso, ele voluntariamente DEU seu filho unigênito para morrer na cruz por pessoas que não eram dignas. NUNCA aceite acusação contra o caráter de Deus, agindo egoisticamente como se você fosse o centro do universo e a única pessoa que não poderia passar por sofrimentos. Uma das razões de Jacó enfrentar a situação tão bravamente é que ele entendia que a aliança de Deus era com ele e com seus filhos, todos eles e não com seus sentimentos e frustrações. Como pastor, me sinto incomodado quando percebo pessoas cristãs desistindo da vida, do ministério, da alegria e da vida, só porque perdeu um ente querido. Alguns declaram: “ela era a minha vida!” Não! Não era e não é! A vida continua e os propósitos de Deus também! Podemos chorar, lamentar, entristecer pela perda, vivenciar o luto, mas isso tem um tempo adequado. Depois temos que nos levantar e prosseguir, até para honrar a nossa fé e a memória daquela pessoa. A vida é um presente de Deus e cremos só ele tem o direito de tirá-la e quando ele o faz ou permite acontecer, precisamos continuar gratos pela nossa vida e pelos propósitos para ela. Se estamos aqui é porque ainda há coisas a serem feitas. Veja o conceito do Apóstolo Paulo: Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte. Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher (Fp 1.20-22).

Pai amado, Senhor da vida e de tudo que ela significa. Somos teus filhos e fomos comprados pelo precioso sangue de Jesus, a quem deste para morrer em nosso lugar e assim termos vida e vida com abundancia. Nossa vida é derivada da morte e do sofrimento de teu filho. Viver de forma digna de honrar o teu investimento em nós; pedimos sabedoria para entender a importância da vida e da oportunidade de estar vivo para servir. Nossa vida em um propósito muito especial e está sob o teu controle e governo. Iremos glorifica-lo com a vida ou com a morte, firmes na fé e comprometidos com a tua causa, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s