José Vive

Meditação do dia: 14/12/2019

 “Então lhe anunciaram, dizendo: José ainda vive, e ele também é regente em toda a terra do Egito. E o seu coração desmaiou, porque não os acreditava.” (Gn 45.26)

José Vive – Melhor do que uma boa notícia, só duas! Aquele momento de festivo seria marcante e muito expressivo, com toda certeza euforia e entusiasmo era o que não faltava. Para os filhos de Jacó, os onze, deve ter sido o trajeto mais feliz da vida deles e não viam a hora de chegar em casa e dar uma notícia para o pai, que eles negaram e esconderam por muitos anos. Eles teriam agora a oportunidade de se desfazerem de uma mentira maldosa criada e sustentada para encobrir um crime cometido coletivamente, apenas para evitar que José viesse a se tornar alguém importante, e para quem eles deveriam se curvar. Para quem acredita que o mundo dá muitas voltas, aí está uma demonstração disso. Para quem acredita que tudo que semeamos, iremos colher, também tem sua chance de ver a safra chegando para eles. Tenho uma pergunta: Como será que eles entraram em acordo de como dizer toda a verdade para o pai e certamente já tinham feito isso para Benjamim, que certamente não sabia a verdade verdadeira sobre o sumiço de José. Para os dez filhos de Jacó, ouvirem de José que era ele mesmo, deve ter siso chocante, mas pareceria viável, uma vez que ele fora vendido para ser escravo e haveria a possibilidade dele estar vivo; mas para Benjamim, a reação deve ter sido outra. Voltando ao centro do tema, que é Jacó; ele estava ansioso e cheio de expectativa pela regresso dos filhos com mantimento e em número completo, pois Benjamim fora enviado para servir de garantia de integridade e assim libertar Simeão. A chegada deles todos já era um motivo de muita festa; mas a caravana estava grande demais para apenas o retorno deles com suprimentos. Imagino, que eles se reuniram todos com o pai imediatamente para dar a notícia e claro, esclarecer os fatos. Jacó quase teve uma parada cardíaca, o velhinho balançou, perdeu a respiração e teve que receber cuidados para se recobrar e assimilar de fato a nossa realidade. Por um lado, é bem melhor receber uma notícia que choca positivamente, depois de tantos anos de incerteza e falta de informações convincentes e finalmente saber que o pior não acontecera, do que ter alimentado esperanças e no final recebe-se uma informação que põe fim a qualquer expectativa de alegria. José estar vivo era bom demais para ser verdade; mas acrescido de que era ele o homem forte que vinha pressionando a todos, agora desviava o foco de que se tratava de um tirano, mas de alguém interessado na verdade e em como eles haviam lidado com o pai e a família na ausência de José. Deus permitiu, digamos assim, retirar José da presença deles, para um período de treinamento, onde a família não intervisse e não atrapalhasse. José some de cena, um adolescente mimado e encrenqueiro com os irmãos e reaparece como o segundo homem mais poderoso do maior império da sua época. Nem Jacó, como pai, poderia agora contestá-lo ou inibi-lo de ser que deveria ser. Na verdade Deus protegeu José de ser limitado por sua família. gosto da lição de que não se deve compartilhar seus sonhos com qualquer pessoa, pois tem gente próxima demais da gente, que não estão prontas para a grandeza e eles irão trabalhar contra. José contou seus sonhos para o pai e os irmãos e só deu problemas! Outra lição: Quando Deus quer promover mudanças e elas parecem radicais demais e nos tira da zona de conforto, precisamos confiar e aceitar os desafios. Ele sabe como fazer as coisas acontecerem. Ele cuida da história, incluindo a nossa.

Pai de amor, obrigado por ser tão grande e poderoso, de forma que não há nada fora do teu governo e controle. Todas as coisas estão diante de ti e tu dispões de meios e recursos para tornar possíveis todos os teus planos. Nossas vidas são tuas e estão em tuas mãos. Podemos aceitar a direção que vem de ti e crescer em graça e sabedoria e sermos úteis no teu Reino. Graças te rendemos pelas lutas e provas, mas elas não são contra nós, elas estão trabalhando a nosso favor, para nos testar e nos aprovar em virtudes e caráter, para servirmos com excelência e com as motivações corretas. Oramos com gratidão, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s