Preocupação Em Família

Meditação do dia: 02/02/2021

E aconteceu que, despejando eles os seus sacos, eis que cada um tinha o pacote com seu dinheiro no seu saco; e viram os pacotes com seu dinheiro, eles e seu pai, e temeram.(Gn 42.35)

Preocupação Em Família Que ninguém é uma ilha nós já sabemos disso faz muito tempo. Mas assumir que as ações individuais afetam mais pessoas do que se imagina, é uma constatação cada vez mais óbvia dentro das relações humanas. Tal qual aquele círculo concêntrico formado no lago, ao lhe atirar uma pedra, começando pelo local da queda o círculo vai se formando e se expandindo até atingir a borda. Isso é utilizado em largas proporções para se falar sobre o poder da influência. Todos nós exercemos influencias em todos os lados ao nosso redor, ao mesmo tempo que também somos influenciados pelos nossos pares. Se é inevitável dar e receber nessas relações, precisa-se tomar medidas para que em ambas as extremidades aconteçam apenas boas influências e no caso do cristão, nossos movimentos precisam serem intencionalmente trabalhados, por que somos sal e luz nesse mundo. Nosso grande doutrinador, o apóstolo São Paulo, falou sobre isso: Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.(1 Co 15.33). Más conversações são resultados de estar em más companhias ou em lugares inapropriados. A exposição constante à tais práticas vai minando a resistência da pessoa e facilitando a sua queda. Algo muito parecido com a sequencia gradativa descrita no Salmo primeiro. Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores (Sl 1.1). Os filhos de Jacó, desde jovens, cultivavam determinadas práticas não muito recomendadas, que por vezes José contou em casa ao pai e isso causou um mal estar entre eles; mas não corrigiram a postura e resolveram acrescentar a maldade de livrar-se do mal “dedo duro,” ao invés de corrigirem a postura. Esse círculo de influencias ruins e negativas foi crescendo até que chegar aos limites que temos visto, chegando até a tentativa de homicídio e não sendo consumado, sequestraram e venderam o irmão como escravos. Para cobrir o mal que fizeram, teceram uma trama maior ainda, criando uma possível morte fictícia suficiente para convencer o pai. Os anos passaram mas ainda que eles tenham mudado de conduta, ficaram reféns do próprio passado não acertado. Porque todo pecado não confessado, não é perdoado e sem perdão a alma adoece e os males crescem consumindo a vida como um todo. Esse dez rapazes, já quase acostumados com a dor na consciência e crendo que estavam prestes a vencer, de repente se encontram como fantasma do passado, bem diante de seus olhos ali no Egito diante do governador e de lá para cá, o passado deles está cada vez mais no presente, produzindo assombros e preocupações. A bola da vez foi eles verem isso acontecer agora diante do pai, através de nove pacotes de dinheiro personalizados nas provisões de cada um deles. O adágio popular brasileiro diz que “quem não deve, não teme.” Eles deviam muito, à muito tempo e de forma muito dissimulada vinham escondendo a verdade do pai, do irmão mais novo e acima de tudo, deles mesmos. Deus havia prometido a Abraão, à Isaque e ao próprio Jacó, fazer deles uma grande nação, para abençoar todas as famílias da terra. Para atingir essa meta macro, eles precisariam construir uma sólida base na própria família, e para isso, antigos fundamentos errados, falsos e instáveis precisavam de remoção. Deus é  um sábio construtor, excelente arquiteto e muito bom de cálculos sobre fundamentos, para construir algo grande, para durar pelo tempo e a eternidade. Nossas vidas hoje, também fazem parte desse projeto.

Obrigado, Pai amado, por tua imensa sabedoria e capacidade de edificar com firmes fundamentos, sendo que Jesus Cristo é a pedra fundamental e de esquina. Nossas vidas estão sendo trabalhadas diariamente para se conformarem com os planos eternos e maravilhosos que tens para cada um de nós. Obrigado por trabalhar em nosso caráter e nos guiar às boas práticas, para sermos edificados sobre a verdade e a justiça. Oramos agradecidos, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s