Macpela é o Lugar

Meditação do dia: 18/07/2021

“Mas que eu jaza com os meus pais; por isso me levarás do Egito e me enterrarás na sepultura deles. E ele disse: Farei conforme a tua palavra.” (Gn 47.30)

Macpela é o Lugar – Há tantas opções boas e apropriadas para dar como título dessa meditação, que poderá ser que a escolha definitiva nem seja a melhor, mais poética ou mesmo significativa. Mas fica o meu convite e desafio a você leitor a pensar em como você faria ao escrever esse texto, estando em meu lugar. É o tipo de dúvida boa, quando se tem muitas opções e cada uma delas tem um sentido todo apropriado para uma vertente do texto e o escritor só poderá escrever uma no dia de hoje, se ficar indeciso demais, acaba não escrevendo nem uma e o prejuízo se torna maior. Macpela, como sabemos é o nome de uma caverna em uma propriedade comprada por Abraão junto aos heteus moradores locais, para servir de sepultura para Sara. Ele também foi sepultado lá por Isaque e Ismael e o próprio Isaque e Rebeca também o foram e ali Jacó sepultara Lia, e era uma propriedade de muito valor para aquele povo e ainda o é até hoje como lugar sagrado para os Israelitas, um ponto turístico muito visitado, nas proximidades da cidade de Hebrom. Mas ao refletir sobre o assunto do lugar final, ou definitivo de uma pessoa, de uma forma ou de outra, isso irá revelar a crença dessa pessoa, os seus valores e ideais. Como costuma dizer: “as nossas escolhas revelam o nosso caráter!” José, foi instado sob juramento por seu pai para que fosse sepultado lá em Canaã, em Macpela, junto aos ancestrais e onde estava sua esposa. O interessante nisso tudo, que me chama a atenção hoje, é pelo fato de Jacó ter vivido muitos anos na expectativa de morrer em Canaã e sem ver ou saber oficialmente sobre o que de fato acontecera com José. Mas houve a reviravolta no caso e ele ainda pode conviver com o filho por dezessete anos sob a companhia e a segurança oferecida pelo filho, que era uma pessoa privilegiada e uma autoridade muito respeitada por todos, incluindo o próprio Faraó. Jacó, ou Israsel, poderia se o desejasse, ser sepultado ali mesmo no Egito, e com pompas e cerimonial digna de chefes de estado. Poderia ser construído uma sepultura imponente e suntuosa que não seria problema nem econômico e muito menos político para José e os egípcios. Provavelmente o Faraó se sentisse muito à vontade para favorecer e oferecer seus respeitos ao pai de José. Mas Jacó viveu esses últimos dezessete anos, olhando e acolhendo uma promessa divina, lhe dada pessoalmente quando já estava à caminho do Egito. “E descerei contigo ao Egito, e certamente te farei tornar a subir, e José porá a sua mão sobre os teus olhos” (Gn 46.4). “…descerei contigo e te farei tornar a subir…” Por isso uma das outras minhas sugestões de título seria “Descendo e Subindo,” e a Palavra dizia que ele morreria no Egito sob os cuidados de José. Uma caverna em Canaã, junto com os demais patriarcas lhe era preferível e desejável do que qualquer outra possibilidade no Egito, ainda que mais honrosa, rica e chamativa. O Egito era de Faraó e dos egípcios, como o é até hoje, e Jacó era apenas um distinto cidadão estrangeiro, ocasionalmente influente e pai de um benfeitor admirado e respeitado por ali. Mas ele tinha a promessa de seria o pai de uma grande nação e que eles tornariam para Canaã, sua terra por direito de herança perpétua. Ele então abria mão de um momento de respeito e glória terrena, para ser sepultado na sua herança, onde pela fé ele avistava toda a grandeza da extensão da promessa divina desde antes dele, à Abraão e Isaque. O que você vê no seu futuro, que é eterno, seu por promessa e que não vale a pena trocar por nada, ainda que glamoroso, mas desse mundo passageiro e fugaz? O que está à nossa frente? Que tipo de eternidade você sabe que te espera? O que você está construindo e acumulando revela seu verdadeiro tesouro. “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também” (Jo 14.1-3).

Senhor, nossa fé aponta que há uma eternidade toda à nossa frente nos aguardando! Meu Senhor é uma pessoa de Palavra em todos os sentidos e nos prometeu estar preparando lugares para aqueles que nele cressem. Eu creio, nós cremos e temos vivido nessa fé e esperança de que existe algo melhor nos aguardando. Somos gratos pela oportunidade de viver e servir aqui, como campo de provas e experiencias para o crescimento e maturidade da tua imagem restaurada em nós. Maranata! Louvado seja o Senhor, autor e consumador da minha fé e da minha esperança. Oro feliz e agradecido pelo que me espera e pelo que ainda posso fazer para honrar a confiança e o investimento feito na minha vida. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s