À Direita e à Esquerda

Meditação do dia: 30/07/2021

“E tomou José a ambos, a Efraim na sua mão direita, à esquerda de Israel, e Manassés na sua mão esquerda, à direita de Israel, e fê-los chegar a ele.” (Gn 48.113)

À Direita e à Esquerda – Direita e esquerda fazem parte de um grande conjunto de dualidades da vida. Talvez essa razão e uma série de outros motivos as dualidades se tornaram um campo fértil para tudo, incluindo o misticismo filosófico-religioso assumindo as mais diversas formas em todo o mundo. À uns anos atrás quando o assunto da moda no universo gospel era a “Nova Era,” o Yin-Yang ficaram nas paradas de sucesso no mundo ocidental, como uma febre. É representado por um circulo com formações em preto e branco e encontramos definições sobre eles da seguinte forma: (Yin e Yang são conceitos do taoismo que expõem a dualidade de tudo que existe no universo. Descrevem as duas forças fundamentais opostas e complementares que se encontram em todas as coisas: o yin é o princípio da noite, Lua, a passividade, absorção. O yang é o princípio do Sol, dia, a luz e atividade). Me propósito aqui não é desdenhar ou menosprezar o que quer seja, pois nessa vida há mais coisas do que a nossa vã filosofia pressupõe. Em algumas culturas, o lado esquerdo, ou mão esquerdo não pode ser utilizado para certas atividades, por razões que só eles entendem e cultivam. Também a uma gama de superstições sem qualquer fundamento que permeia a mentalidade dos povos. Sei por exemplo que aqui no Brasil, na educação escolar, já houve tempo em que não se admitia que uma criança “canhota” desenvolvesse atividades com a mão esquerda, elas eram obrigadas a se adaptarem ao uso da mão direita nas atividades escolares, em casa no uso de talheres e ferramentas etc. hoje sabemos que era pura ignorância misturado com misticismo. Por muito tempo não houve móveis, equipamentos, ferramentas e instrumentos musicais para esse público – eram forçados a improvisar ou ficar fora. Nas Escrituras Sagradas judaico-cristãs encontramos abundantes ensinamentos com viés de dualidades, mas sem uma tendência moral e ética tendenciosa. Jesus fala de duas portas e dois caminhos que conduzem a vida e à perdição eternas. Ele também ensina que uma pessoa, tal qual uma árvore não pode produzir dois frutos diferentes de sua natureza. Falou sobre a impossibilidade de servir a dois senhores ao mesmo tempo. Tiago fala de uma fonte que não pode jorrar água doce e amarga simultaneamente. No texto da nossa meditação, sem fazermos juízo ético, percebemos a manifestação de uma crença consolidada sobre as mãos ou lados, que serviriam para designar a posição de autoridade e bênção. Foi assim que ao posicionar os filhos Manassés e Efraim diante do avô, para serem recebidos e abençoados como filhos, compondo as doze tribos – José posicionou o garotos, invertendo as posições deles de tal modo que o mais velho ficasse sob a mão direita de Jacó e o mais novo sob a mão esquerda. José estava ciente de sua responsabilidade como pai de proceder cerimonialmente de forma correta, para garantir aos seus filhos a bênção de forma correta, para serem inclusos nas bênçãos da aliança entre o Deus Todo-Poderoso e Abraão, para que fossem confirmadas sobre eles agora, a mesma ratificação que já vinha acontecendo com Isaque e Jacó e de agora em diante, seria para doze filhos, as doze tribos. Nada muito diferente do que certas práticas místicas que percebemos nos meios evangélicos e cristãos, fomentando uma fé mais acentuada na forma, no ritual, no objeto ou prática, do que no Abençoador e Senhor de todas as coisas. Deus tem compromisso sério com sua Palavra e não com métodos ou práticas, algumas delas ardilosamente montadas ou mantidas apenas para prender os incautos e favorecer mercenários e ministros com práticas espúrias. Apegue-se a Deus! Firme sua fé na Palavra e nas promessas de Deus. Busque compreensão através do Espírito Santo.

Obrigado Pai, por abençoar as nossas vidas pelo comprometimento com a verdade revelada nas Escrituras e para quem vive dentro do campo seguro das alianças celebradas com o teu povo, garantidas pelo sacrifício de Cristo na cruz. Pedimos ajuda para nos firmarmos em ti e vivermos as bênçãos e os favores da tua graça para os nossos corações; oramos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s