Rute, a Nora de Noemi

Meditação do dia: 26/09/2021

“Os quais tomaram para si mulheres moabitas; e era o nome de uma Orfa, e o da outra Rute; e ficaram ali quase dez anos.” (Rt 1.4)

Rute, A Nora de Noemi – Tempos difíceis produzem homens fortes; homens fortes produzem tempos bons; tempos bons produzem homens fracos; homens fracos produzem tempos difíceis! Está aí a explicação para muitas perguntas e dúvidas que as pessoas têm sobre os acontecimentos mundiais. Hoje em nossa meditação bíblica, estaremos desfrutando da companhia de uma mulher das mais fantásticas dos relatos bíblicos. Uma moabita, portando descendente de Ló, sobrinho de Abraão; mas ainda assim contado entre os povos estrangeiros em relação a Israel e que também durante o êxodo não facilitou as coisas para os peregrinos do deserto. À primeira vista e olhando por um prisma humano e material, poderia ser dito que Rute nascera para sofrer ou fracassar. Mas as atitudes dela foram determinantes para mudar o curso de sua historia e de muitas outras pessoas, inclusive a nós nos dias de hoje. Ela entra para a história, ao se casar com um dos filhos de Noemi, que viera com a família para Moabe, fugindo de uma época de crise e escassez na terra de Canaã. Eram descendentes da tribo de Judá e moradores da cidade de Belém. Num espaço de quase dez anos eles se instalaram, casaram-se com moças nativas e sofreram a morte de todos os três homens da família, o marido de Noemi e seus dois filhos. As três mulheres ficaram viúvas e naquelas circunstancias, desamparadas e precisavam recomeçarem suas vidas, Noemi pretendia voltar para sua terra natal e se abrigar com os familiares e recomendou que suas noras também voltassem para suas famílias e tentassem de alguma forma reconstruírem suas vidas. A outra nora, chamada Orfa, concordou e voltou para casa dos pais. Rute tomou uma atitude diferente e isso fez toda a diferença. Embora Noemi insistisse para que ela desistisse, ela proferiu uma das mais lindas citações sobre amar e ser fiel a quem lhe fez bem: “Disse, porém, Rute: Não me instes para que te abandone, e deixe de seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus; Onde quer que morreres morrerei eu, e ali serei sepultada. Faça-me assim o Senhor, e outro tanto, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti (Rt 1.16,17). O que estamos vendo é o resultado do discipulado que Noemi fez, transmitindo vida e fé no Deus verdadeiro, para que aquela jovem tivesse a determinação de deixar sua terra natal, seus familiares e suas crenças para se abrigar em uma terra até então estranha e numa condição difícil de recomeçar a vida. Rute é o testemunho do que uma vida comprometida com Deus pode fazer, mesmo em tempos difíceis e em condições hostis. Ao chegar em Belém, ela não esperou as soluções caírem do céu e mostrou seu uma pessoa de iniciativas e de muita disposição para vencer na vida. Ela se dispôs a ir trabalhar na roça, para buscar o sustento para si para sua sogra a quem ela se sentia na obrigação de ajudar e amparar. Havia uma lei de amparo e cuidado com os pobres que os israelitas observavam e Rute se valeu dela. “E, quando fizerdes a colheita da vossa terra, não acabarás de segar os cantos do teu campo, nem colherás as espigas caídas da tua sega; para o pobre e para o estrangeiro as deixarás. Eu sou o Senhor vosso Deus” (Lv 23.22). Não existe trabalho indigno, se é feito com amor e respeito, levando em consideração que somos responsáveis por levantar o nosso sustento e das pessoas sob nossa responsabilidade. Procurando espigas e “bitucas” como dizem os paulistas, Rute encontrou bem mais do que suprimentos de sobrevivência. Ela ganhou a bênção de uma cidade inteira, encontrou um marido rico e homem de Deus, entrou para a genealogia da família real de Israel, se tornou a nora de outra mulher fantástica, que foi Raabe e tem até um livra da Bíblia com o seu nome e está na linhagem humana de Jesus. Depois ainda dizem que trabalhar na roça não leva ninguém para frente! A história dessa mulher tem os melhores ingredientes para  um romance de primeira grandeza, com drama, sofrimento, dor, perdas, recomeço difícil e alcançar um lugar de destaque. Quero  fechar essa meditação de hoje, com aquilo que considero o reconhecimento das pessoas e autoridades daquela cidade, à Rute e seu esposo Boaz. “E todo o povo que estava na porta, e os anciãos, disseram: Somos testemunhas; o Senhor faça a esta mulher, que entra na tua casa, como a Raquel e como a Lia, que ambas edificaram a casa de Israel; e porta-te valorosamente em Efrata, e faze-te nome afamado em Belém. E seja a tua casa como a casa de Perez (que Tamar deu à luz a Judá), pela descendência que o Senhor te der desta moça” (Rt 4.11,12). Está nas nossas mãos tomar as decisões que farão de nossas vidas algo que faça a diferença para nós e para o reino de Deus. Como costumo dizer: As nossas escolhas revelam o nosso caráter.

Senhor, estamos agradecidos pela vida e as oportunidades de servir a ti ao servir as pessoas que estão próximas de nós. aprendemos com a vida de Rute, que ao se importar e desejar honrar as pessoas que cuidaram dela, foi também favorecida e agraciada com o teu cuidado e proteção. Hoje, vivemos na época da graça e da fé em Jesus Cristo e a nossa história vai sendo escrita e conduzida dia a dia sob os teus cuidados, assim podemos confiar que o teu melhor sempre estará disponível a cada um de nós. Agradeço por nos escolher para participarmos da construção de um Reino que é maior e mais duradouro do que nós mesmos e pela tua bondade podemos construir para a eternidade. Obrigado pelas pessoas que investem suas vidas nas nossas, com o testemunho de sua fé e seus dons, talentos e graça. Oramos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s