Um Menino Formoso

Meditação do dia: 11/10/2021

“E a mulher concebeu e deu à luz um filho; e, vendo que ele era formoso, escondeu-o três meses.” (Êx 2.2)

Um Menino Formoso – Naquele grande conjunto de textos bíblicos que me chamam muito a atenção, desde que iniciei a leitura da Bíblia, quando ainda era um adolescente, está este texto também. Aqui, eu o guardei no coração por muitos anos, a princípio vendo apenas como se fosse um texto jocoso e não diria irônico, mas engraçado, afinal, qual é o bebê recém-nascido que a mãe não diz que é lindo!!?? Às vezes até dizia à mim mesmo, que aquilo nada mais era do que uma desculpa da irmã Joquebede para esconder o beber e tentar cria-lo, ainda que escondido. Mas hoje, confesso que isso já não me ocorre mais, eu o trato numa outra categoria, por acreditar que Deus, o Criador, o Altíssimo, que era amigo de Abraão e com quem fez alianças e prometeu fazer dele uma grande nação e através dela abençoar todas as famílias da terra – esse Deus, infinitamente sábio, cuida muito bem de sua Palavra empenhada e tem todos os recursos disponíveis para torna-las reais tal qual promete. Entendemos e cremos que a sabedoria é um dom, um presente de Deus para os homens e o Senhor faz muito bom uso desse atributo natural, pois em sua onisciência, tudo fica muito patente e exposto diante dele. Segredos, mistérios e revelar ou cobrir coisas é com ele mesmo. Se desejar que descubramos, com certeza será possível, mas se não quiser, não é possível arrancar uma sequer informação dele. “As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei” (Dt 29.29). Encaminhando os seus planos, Deus produz nos corações humanos certos desígnios, ou desejos de fazer determinadas coisas, que nem elas mesmas sabem porque estão querendo fazer daquele jeito, naquela hora e com aqueles motivos! Muitas coisas fazemos sem conseguirmos dar alguma explicação racional até para nós mesmos, e com o tempo devido as coisas vão se confirmando como acertados cada um daqueles passos. Assim, entendo que aquele casal de levitas, mesmo já tendo duas crianças, num tempo muito difícil, ao chegar o terceiro filho, viram nele aquilo que não poderiam explicar com palavras, mas alguma coisa tinha que ser feito e aquele menino formoso precisa viver! O quê e para quê, ainda não tinham como saber, mas podiam crer em seus corações que aquilo era o certo a fazer, mesmo com as ordens em contrário da parte do rei. Há um mistério maravilhoso em cada nascimento humano. O primeiro nascimento trazia consigo os mistérios da redenção depois que os pais desobedeceram a Deus e foram expulsos do Jardim do Éden. O Criador lhes prometera que da descendência da mulher um seria o redentor e restauraria os propósitos eternos – desde Caim, depois Abel, Sete e por vai… sempre que nasce uma criança, com ela nasce uma esperança de dias melhores, de conseguirmos fazer algo diferente e prover-lhe um mundo melhor e uma oportunidade de ter mais do que seus pais tiveram. Nascimentos são para serem celebrados e eles são fofinhos, lindinhos e os pais daquele bebê diziam: “Ele é muito formoso!”

Senhor, obrigado pelo presente da vida que são os nascimentos de filhos e filhos de filhos, formando uma corrente de gerações e gerações, todos com esperança de que dias melhores estão por vir e sabemos que essa nossa esperança se consuma em Cristo Jesus, que sendo Deus, desceu ao nosso nível na encarnação e assumir a forma humana, nascendo como todos os humanos, para morrer como todos os humanos, mas vencer a morte e ninguém mais precisar morrer um dia. Como bem escreveu Paulo: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Co 15.55-57). Te agradecemos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s