Por Que Feres A Teu Irmão?

Meditação do dia: 14/11/2021

“E tornou a sair no dia seguinte, e eis que dois homens hebreus contendiam; e disse ao injusto: Por que feres a teu próximo?” (Êx 2.12)

Por Que Feres A Teu Próximo? – Fazer boas perguntas é uma arte. Mesmo profissionais da área da comunicação, como jornalistas e repórteres que ganham o seu pão fazendo entrevistas ou escrevendo sobre temas de interesse ou quem sabe para despertar o interesse do público, nem sempre são bons em fazer perguntas. Por isso alguns se destacam e seus programas e colunas são supervalorizados, porque o público sabe que aquele profissional sabe como extrair conteúdos e sabe como colocar os termos de uma tal forma que as respostas terão que ser objetivas e sinceras. Por outro lado, encontramos gente fazendo perguntas a outras pessoas, mas nas perguntas elas mesmas já responderam ou pressuporam as respostas, deixando o entrevistado na difícil tarefa de apenas dizer: “sim, é isso mesmo!” ou “não.” No caso em que lidamos com aprendizado espiritual na Palavra de Deus, também precisamos fazer boas perguntas para conseguirmos as melhores respostas dos  textos e assim poder fazer as melhores aplicações em nossas vidas, aí sim, estaremos gerando alimentação e aprendizagem de verdade. Nos capítulos finais do livro de Jó, Deus o confronta e lhe faz uma série de perguntas, que o deixou nocauteado. Como conseguir aquelas respostas? Vou deixar um exemplo: “Agora cinge os teus lombos, como homem; e perguntar-te-ei, e tu me ensinarás. Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel?” (Jó 38.3-5). Sugiro que leia essa entrevista inteira e tente gabaritar essas questões, se é que você é bom mesmo! Nos Salmos 15 e 24 o salmista faz a mesma pergunta e como elas são boas para direcionar a busca pela resposta, não necessariamente uma resposta intelectual e cognitiva, mas empírica e do coração. “SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte? Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo?” (Sl 15.1; 24.3). Na busca por sua identidade ministerial, Moisés saiu para o campo de trabalho que ele entendia ser a sua seara inicial e na tentativa de mediar um conflito de interesses entre dois hebreus que discutiam e pelo visto estavam indo às vias de fato, quando Moisés tentou uma medida de conciliação, pois ele percebeu que de alguma forma um deles estavam sendo injusto e deveras agressivo. O registro trata como ele “feria” o seu próximo. Então veio a pergunta: Por que feres a teu próximo?” Era uma pergunta legítima, direta e caberia uma resposta incisiva, prática e razoável. Agora, em nosso tempo, estamos experimentando modelos de relações sociais, familiares, de trabalho e comunitárias onde ferir é muito mal e onde os feridos são cheios dos direitos de reparos e respostas, mas os dilemas crescem exponencialmente sem controles e medidas de solução. A tendência do momento é procurar a justiça para indenizações e multas em vez de ajuda da saúde e solução de conflitos. A Pergunta de Moisés, não é uma boa pergunta para nós também nos fazermos, para nosso próprio aperfeiçoamento e edificação? Por que feres a teu próximo?” O que está nos levando a essas ações e atitudes? Por que estamos sendo feridos pelo nosso próximo?

Senhor, obrigado por cuidar de nós e não apenas das nossas feridas e dores. Não sabemos todas as respostas e em muitos casos, nem estamos buscando tais respostas ou não queremos encontra-las. Mas precisamos diagnosticar para encontrar as soluções. Precisamos sim, da tua graça poderosa através do Espírito Santo, que é quem mais entende de lidar com o coração e a vida íntima de cada um de nós. nesse dia de hoje, conceda sabedoria a cada de nós, para avaliarmos e tomarmos melhores decisões, em nome de Jesus, amém!

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s