E Agora

Meditação do dia: 04/01/2022

“E agora, eis que o clamor dos filhos de Israel é vindo a mim, e também tenho visto a opressão com que os egípcios os oprimem.” (Êx 3.9)

E Agora – Essa expressão “e agora” traz a idéia imediata do que se precisa fazer. Ela é referencia de alguma conclusão após algum exposto. Na literatura brasileira há um poema de Carlos Drumond de Andrade, chamado JOSÉ, que imediatamente lembrado quando alguém pergunta ou exclama, “e agora!?” então sempre o interlocutor cita a frase do poema, “E agora, José?” O poema José, de foi publicado originalmente em 1942, na coletânea Poesias. Ilustra o sentimento de solidão e abandono do indivíduo na cidade grande, a sua falta de esperança e a sensação de que está perdido na vida, sem saber que caminho tomar. Na visitação de Deus à Moisés, naquela sarça em chamas, era também a conclusão de uma etapa, tanto na vida de Moisés, quanto para o seu povo que continuara no Egito todos esses anos que ele estivera exilado em Midiã. Para mudar a sorte ou a vida de pessoas, Deus utiliza e usa pessoas. O fato de Moisés estar longe do Egito e a dureza da escravidão estivesse fora de suas vistas físicas, não tornava a situação menos opressora, ou o sofrimento não existia. Ele não presenciava, mas Deus sim, e agora ele iria agir através da instrumentalidade de Moisés, para produzir libertação e bênção para aquele povo e assim as promessas recebidas e acolhidas nos seus corações se materializassem. Pessoas sofrem, pessoas sentem, pessoas se perdem e precisam serem ajudas e socorridas. Pessoas precisam de pessoas que se importam e se prontifiquem a fazer alguma coisa. Foi essa a razão do amor de Deus à tal ponto de enviar seu filho a esse mundo. Deus em pessoa, encarnado, humanizado, perfeitamente identificado com a vida humana, para ajudar os humanos. O fato de estarmos confortáveis dentro de nossos templos, nossos empregos e até dentro de nossos ministérios, não alivia a situação dos oprimidos pelo pecado e perdição sob o cativeiro do mundo e do mal. Deus fez uma obra perfeita e completa para ajudar essas vidas. Essa obra só vai chegar neles através de pessoas que também já estiveram nessas condições. O pregador da cruz precisa ser um crucificado. “E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus (2 Co 5.18-20). Preste atenção nas frases que sublinhei. A condição de Deus era privilegiada, mas dos humanos não, por isso Ele tomou a iniciativa. A condição de Moisés era de relativo privilégio, mas dos hebreus não, por isso estava sendo admoestado a agir de agora em diante. O chamado e a capacitação provindos de Deus muda nossas vidas, abre os nossos olhos, desperta o nosso coração para o mesmo alvo que está no coração de Deus: as pessoas! Ralph Neighbour, um grandes expoentes do movimento de igrejas em Células, certa vez desafiou os membros de sua congregação a fotografarem com uma polaroid, o que as pessoas faziam no trajeto deles de casa até a igreja no culto de domingo de manhã. O objetivo era expor as fotos e mostrar o que as pessoas faziam enquanto a igreja estava entre quatro paredes e produzir uma reação evangelizadora neles. O chamado tem tudo a ver com as necessidades dos outros e não necessariamente nossas. E agora? José, Jason, Maria, João… qual a situação das vidas para as quais fomos chamados?

Pai, todos ficamos empolgados com a visão da sarça e o ouvir da tua voz nos chamando pelo nome e nos dando uma missão. Mais importante ainda é seguir em obediência a essa vocação porque a necessidade das pessoas é muito grave e eles tem pouco tempo e muitos nem sabem que estão perdidos. Sabemos que estão perdidos e sabemos que estamos salvos, mas não pode ficar só nisso! Fomos chamados para agir em teu nome e produzir libertação verdadeira. Oramos por sabedoria, ousadia e coragem para agir onde é o nosso campo de missão. Que a graça do Senhor nos fortaleça a cada dia e obrigado pelas oportunidades, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s