Deus, Moisés e Faraó

Meditação do dia: 29/03/2022

“Então dirás a Faraó: Assim diz o Senhor: Israel é meu filho, meu primogênito.” (Êx 4.22)

Deus, Moisés e Faraó – Grande parte da população do mundo não leva muito em conta a relação que há entre suas vidas, histórias e o governo de Deus. Para muitos, segundo eles mesmos, Deus nem existe ou se existe, está distante e ocupado com outras coisas. Mas a bem da verdade, tudo isso é apenas uma das muitas variáveis que o pecado produziu na vida humana. Quanto mais distante as pessoas vivem de sua origem, mais distantes ficam da luz verdadeira e como disse Jesus, andar no escuro é perigoso. “Disse-lhes, pois, Jesus: A luz ainda está convosco por um pouco de tempo. Andai enquanto tendes luz, para que as trevas não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai” (Jo 12.35). Pode parecer incrível, mas as pessoas podem se acostumar a viver no escuro, em trevas. Por isso não sentem tanta falta da luz e do calor, invertendo os valores, como se estivessem certos e quem for diferente é que está errado. O povo de Deus, nos dias de Moisés não gostavam de serem escravos, mas de certa forma estavam se acostumando e Faraó entendia como sendo dono e senhor de todos e se beneficiava da miséria dos escravos. Deus tinha uma promessa muito firme para aquele povo e algumas delas estavam conscientes disso, outros entendiam como uma possibilidade fortuita, caso viesse a acontecer, seria maravilhoso, mas não contavam muito com isso. Moisés foi levantado por Deus para mediar a causa e ser o representante de Deus junto ao seu povo e quem falaria a Faraó em nome de Deus. Hoje, a verdade e a vontade de Deus está muito mais acessível através da Bíblia, que é a Palavra dEle; nós, como igreja representamos diante do mundo como embaixadores de Deus e do seu reino. Somos portadores de uma mensagem, que não é nossa, não pode ser nos nossos termos e condições, mas expressar a real vontade de Deus. Os hebreus precisavam ouvir Moisés e saber a verdade de Deus para eles. Faraó precisava ouvir Moisés para saber os planos de Deus e o propósito dele em abençoar todas as famílias da terra através daquele povo, que aos olhos de Faraó e dos  egípcios, não tinha grande valor, não poderiam influenciar e nem produzir nada de extraordinário a quem quer que seja. Essa ainda é a opinião do deus deste mundo e dos que lhe seguem. “Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus” (2 Co 4.4). Entre Deus, as potestades e o povo, está a igreja, servindo e resgatando vidas. Isso é uma missão de vida e para a vida!

Senhor, obrigado por nos permitir participar da obra da redenção, testemunhando daquilo que aconteceu conosco, quando fomos alcançados e transformados em filhos, amados, aceitos, libertos e em com a missão de ajudar na libertação dos demais, com a graça e a força do Espírito Santo agindo em nós. Agradecemos pelo privilégio e a confiança depositada em nós, por sua graça, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s