Não Ouviram Por Causa da Angústia

Meditação do dia: 23/05/2022

“Deste modo falou Moisés aos filhos de Israel, mas eles não ouviram a Moisés, por causa da angústia de espírito e da dura servidão.” (Ex 6.9)

Não Ouviram Por Causa da Angústia – A experiencia de cada um, faz a história de todos. Mesmo depois de tantos anos, podemos imaginar o que de fato está descrito nesse registro da Palavra de Deus. Um cenário de dor, desesperança e frustração, de muitas pessoas, uma comunidade inteira em tão grande angústia, que deixaram de ouvir uma boa palavra, vinda coração de um homem de Deus, que falava em nome dele a todos, como seu povo. O rei Salomão, anos mais tarde em sua sabedoria, escreveu e deixou-nos um ensinamento muito valioso em palavras simples: “A esperança adiada desfalece o coração, mas o desejo atendido é árvore de vida” (Pv 13.12). Uma antítese clara sobre o que acontece ou não com algum evento esperando com muita expectativa pelas pessoas. Aqueles nossos irmãos hebreus, por várias gerações estavam estabelecidos no Egito e gradativamente passaram da condição de convidados de honra e gozando de grande prestígio, apoio e proteção, para uma situação de escravidão extrema, de tal intensidade que nem mesmo suas vidas estavam seguras ou sob controle. Perderam tudo! A única chama de esperança eram as promessas contadas de pai para filho, sobre quem foram e o que tinham pela frente, prometido pelo Deus Criador, que se revelara aos seus patriarcas. Num ambiente de extrema escassez e vivendo em péssimas condições em qualquer aspecto que se pensa, amontoados, sem privacidade e subjugados, a dor é compartilhada, mas nem sempre tem como se compadecer do amigo ou familiar e o valor e significado da vida vai se esvaindo, levando a crer que não sejam de fatos importantes ou preciosos para quem quer que seja. No imaginário daquelas pessoas, se vendo como adoradores de um Deus grande e poderoso, que fizera alianças de bênçãos e prosperidade com seus pais no compromisso de passarem de geração em geração um legado maravilhoso de fé, mas vendo fisicamente servos de deuses falsos e perversos subjugando-os de forma tão vil, isso mexe com o imaginário e o racional. Quando aparece uma mensagem de esperança, ela se espalha tão rapidamente como fogo em campo aberto em dia de ventos fortes. Moisés era o símbolo de tudo o que esperavam e aquilo contagiou a todos, mas apenas emocionalmente, sem raiz e sem profundidade. Eles se apegaram ao que Moisés lhes proporcionaria. Quando a libertação não aconteceu na primeira tentativa de conversa com o Faraó e as condições de vida pioraram substancialmente, podemos avaliar o tamanho da frustração e desespero. Eles concentraram mais energia na frustração e desespero do que puseram na Palavra de Deus, que os visitara e produziria a libertação esperada. Não vou e não vamos tachá-los de falta de fé, desistirem cedo demais ou qualquer outro adjetivo negativo. A lição do dia é não nos concentrarmos em falsas expectativas criados por nós, sem levar em consideração o que Deus realmente disse. Quando a dor é muito forte, tudo o que se quer é livramento; o preço é só um detalhe! Mas não podemos tirar de diante de nossos corações que o justo vive pela fé! Fé na fidelidade de Deus, de sua Palavra e de suas promessas. Nem sempre o que queremos é o deve acontecer! Estamos comprometidos em fazer e receber a vontade de Deus como boa, agradável e perfeita para todos nós, em todo tempo e circunstancias. Creia, creiamos e fiquemos firmes!

Senhor, obrigado por tua perfeita vontade para comigo e cada um de seus filhos. Mesmo quando não podemos entender, podemos crer e aceitar pela fé os caminhos escolhidos pelo Senhor para percorrermos. Cremos em ti como Deus perfeito, justo e santo em todas as ações. Agradecemos o teu cuidado e proteção para nós e nossas famílias e o povo escolhido. Abençoamos o teu povo em toda a face da terra e vivemos as tuas promessas um dia de cada vez, na esperança de que tudo terminará bem, porque quem está no controle é fiel e poderoso para sustentar sua Palavra. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s