Um Propósito Maior

Meditação do dia: 16/08/2022

“Mas, deveras, para isto te mantive, para mostrar meu poder em ti, e para que o meu nome seja anunciado em toda a terra.” (Ex 9.16)

Um Propósito Maior – Uma queda de braço ou um jogo de poder! A parte desafiadora era Faraó, sem saber com quem estava lidando, se propôs a resistir e fazer sua vontade prevalecer, mas agora aparece esse revelação da parte de Deus, pronunciada por Moisés, que embora ele pudesse ser destruído a qualquer momento, o Senhor Deus de Israel o estava mantendo vivo e em boas condições para um propósito bem maior. Revelar sua grandeza, glória e poder não só sobre Faraó e os egípcios, mas em toda a terra. Aquele homem agia como se ele tivesse o controle de sua vida, mas não sabia que nada de verdade estava sob o seu poder e controle. Isso, sabemos, não é privilégio do antigo rei do Egito, pois os homens vivem e leva a vida como se eles estivessem comandando suas vidas. A sabedoria bíblica nos ensina que a vida é muito frágil e passageira, para que alguém sem o devido conhecimento se estribe em manter o controle. “Uma voz diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda a carne é erva e toda a sua beleza como a flor do campo. Seca-se a erva, e cai a flor, soprando nela o Espírito do Senhor. Na verdade o povo é erva. Seca-se a erva, e cai a flor, porém a palavra de nosso Deus subsiste eternamente” (Is 40.6-8). Se Faraó não estava disposto a aprender qualquer coisa, todavia ele servia muito bem como material didático para Deus se revelar a outros tantos que poderiam vir a conhecer o Deus dos hebreus e a manifestação do seu poder. Isso me faz recordar uma discussão de que participei sobre material de ensino para Escola Bíblica Dominical, o que alguns consideram aquele conteúdo muito fraco e um pastor muito amigo e de poucas papas na língua nos disse: “Não existe lição fraca, mas sim professor incompetente.” Comparando o material faraônico, era de bem pouca utilidade e importância, mas quem estava no comando do ensino era Deus, e aí todo material pode ser de grande valia, até os rebeldes e obstinados. Se ele não cooperava para o bem de seu povo e até seu próprio, servia para que os hebreus testemunhassem sobre o poder manifesto do Deus de seus antepassados e que agora se lhes manifestava para livrá-los e a cada novo sinal, mais evidente ficava, que de fato ele era poderoso o suficiente para cumprir cada promessa feita e que lhes fora transmitida de pai para filho por gerações seguidas. Como disse o apóstolo São Paulo: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Rm 8.28).

Pai, obrigado por dispor de todos os meios e recursos para ensinar e promover o aprendizado daqueles que te amam e esperam em ti. O teu amor está disponível em Cristo Jesus, ao alcance de todos os homens e em qualquer lugar, desde que os seus corações estejam quebrantados e abertos a ti. Queremos aprender para crescer e servir melhor e cumprir os propósitos para os quais fomos criados; oramos agradecidos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s