Simplesmente Débora

Meditação do dia 13/09/2015

Jz 4.4E Débora, mulher profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo.”

Simplesmente Débora – Significa “abelha”, “mulher trabalhadora e esforçada”. Origem no hebraico Debhoráh, que quer dizer “abelha”. Quero fazer hoje um tributo a tantas mulheres valorosas em Deus que tem feito diferença no reino. Sendo reconhecidas ou não, elogiadas ou não, nossas igrejas têm muitas “Déboras” que são pessoas de valor inestimável na obra de Deus. É uma raridade em qualquer igreja, os pastores e líderes não contarem com ao menos uma dessas valentes de Deus, que são mais que braços direitos nossos. Irmãs, obrigado pelo trabalho e dedicação de vocês! Eu sei, pois na lgreja local, temos várias dessas a quem estimo muito e elas não estão atrás de placas, títulos ou homenagens; estão servindo e só querem servir melhor! Que a bênção do todo poderoso, que foi com a nossa Débora original, naquele tempo difícil para o povo de Deus e ela se levantou como mãe e pôr ordem na casa até que a vitória fosse plena; que hoje também, em dias tão conturbados e difíceis, essa unção e bênção esteja sobre vocês e a liderança sábia e o juízo sensato adquirido aos pés do Senhor em oração e consagração, faça toda a diferença na família de Deus. Amém! Gosto de pensar em certos quadros bíblicos, que a prática desafia a nossa mentalidade que tende a fazer do novo e moderno algo bom e as coisas antigas em tempos de sofrimento e fazer daqueles personagens vítimas de um sistema cruel. Mas a Bíblia mostra que não é bem assim! Imaginemos, por exemplo, no tempo de Débora, hebreia, numa nação em formação, de liderança masculina centralizada e onde pensamos que o papel das mulheres de seu tempo era restrito à cuidar da casa e dos afazeres de mãe e esposa, sem relevância social ou espiritual. Ela aparece como JUÍZA – PROFETISA – e que toda a nação vinha a ela para atendimento e certamente ela era valorizada e respeitada. Não há demérito algum e nem o seu marido é tratado como sendo “fraco e mandado pela mulher;” Como também ela é descrita como sendo esposa de um senhor. Nenhum de seus ofícios e funções alterou sua pessoa, sua humildade ou sua autoridade. Seu “escritório” entre as palmeiras estava sempre lotado, mas ela tinha tempo para Deus e sua palavra. Quando Deus lhe deu uma missão, que seria liderada por alguém, ela não se sentiu intimidada e nem que aquilo rivalizaria com seu ministério; ele simplesmente mandou chamar a Baraque, (não o atual Barack dos States) e disse que ele deveria tomar as providencias de obedecer as instruções de Deus. Fizeram uma parceria em função de libertar a nação, mas ela disse a ele que a honra da vitória dessa vez não seria dele e nem dela, mas de uma outra mulher e lendo o texto à frente, nos deparamos com Jael, outra valente e astuta mulher que deixou seu nome da história; uma dona de casa que derrotou um general de exército. Irmãs, para fazer a obra de Deus, vocês só precisam estar disponíveis a Deus e se disporem a serem instrumentos de bênção e podem fazer isso, até mesmo dentro de suas casas, pois Deus trará a cada uma a direção e a graça suficiente para agirem. Tudo o que vocês adquiriram em termos de valores, treinamentos, experiências, conhecimentos e habilidades, é tudo que será preciso para agirem no poder de Deus. Déboras, não desanimem, não desistam, a vitória vem!

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s