A Escolha de à quem servir

Meditação do dia 12/09/2015

Jz 3.7E os filhos de Israel fizeram o que era mau aos olhos do Senhor, e se esqueceram do Senhor seu Deus; e serviram aos baalins e a Astarote.”

A escolha de à quem servir – A fé bíblica admite que o homem foi criado por Deus à sua imagem e semelhança. Admite-se também que essa criação tem como propósito a comunhão e o companheirismo entre a criatura e seu criador; Daí, o plano de redenção estar sob a responsabilidade da igreja que tem como missão, a reconciliação entre criatura e criador. Trabalha-se, com o conceito de que o homem foi criado livre, responsável por suas escolhas e com vista a uma futura prestação de contas. Entendemos que a liberdade humana é um atributo que precisa ser entendido e desenvolvido, para o seu pleno gozo; em certo sentido o homem é livre para escolher uma parceria e claro, preferencialmente com Deus, que é a sua fonte de origem. A quem devemos servir? Adorar e servir é característica da natureza humana em relação a Deus. O conceito que conhecemos de culto e serviço a Deus expandido mundo à fora, não é único, haja visto que a história e a experiência mostra que mesmo em culturas sem contatos anteriores com conceitos cristãos ou que entendemos por “civilização” eles possuem conceitos de fé, culto, deus, espíritos bons e maus, redenção, purificação espiritual, vida pós-morte, prestação de contas ou juízo etc. Isso, independe de cultura e contados entre civilizações. Então eu volt à pergunta: A quem servir? Espiritualmente, você, eu e cada um ao nosso redor, está conectado em algum grau com o divino, sagrado ou espiritual. Escolhemos servir a Deus, o Deus da Bíblia, o criador, o Senhor, que propôs um projeto de salvação e redenção para a humanidade; ou escolhemos não servi-lo; alguns escolhem simplesmente não se comprometerem com “nada” mas no fundo, todos estamos comprometidos com alguma coisa. O Senhor Jesus Cristo, nos seus dias aqui na terra, usou o seguinte conceito: “Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro” (Mt 6.24). Segundo o Mestre, “ninguém” – pode servir a dois senhores ao mesmo tempo, porque invariavelmente irá se dedicar mais a um que ao outro ou até desprezar em detrimento do outro; então, servirá a um ou a outro, mas servirá a alguém. O texto mostra que assim que os hebreus deixaram ou esqueceram o seu Deus, automaticamente já estavam servindo aos deuses canaanitas. Essa é a realidade! Quando não estamos consagrando-nos a Deus e ao seu serviço, certamente estamos engajados e comprometidos com “algum serviço” que se torna um ritual de culto. Jesus citou um dos principais concorrentes da adoração a Deus – O dinheiro – em determinada versão bíblica até vem o termo “Mamon” ou o deus do materialismo. Quando alguém abre mão de seu tempo de servir a Deus através de um ministério, ele abre mão disso em função de outro fator que toma o seu tempo e atenção e devoção; que pode ser lazer, trabalho, família, estudo, carreira, e uma infinidade de coisas…. em si, elas não necessariamente são más ou erradas, e têm o seu lugar e valor, mas insistem em tomar o lugar que não lhes é devido, o lugar de Deus! Aí, é que mora o perigo!

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s