Boas Qualidades não Imunizam do Erro

Meditação do dia 11/04/2016

Ne 13.26“Não pecou nisto Salomão, rei de Israel? Todavia, entre muitas nações não havia rei semelhante a ele, e ele era amado do seu Deus , e Deus o constituiu rei sobre todo o Israel. Não obstante isso, as mulheres estrangeiras o fizeram cair no pecado.”

Boas qualidades não imuniza do erro – O fato de alguém ser muito inteligente, competente, não o torna imune ao erro. Um pessoa piedosa, madura e ativa na prática de sua fé também não está isenta de errar e pecar. Os dons e vocações ministeriais em ação por si só não são um atestado de perfeição e infalibilidade. Confiar nisso, de que já atingiu um nível elevado de crescimento e desenvolvimento espiritual, a tal ponto que já se pode sentir imune ao erro e ao pecado, é uma grande presunção e na verdade essa pessoa já caiu no engano de que não é vulnerável à tentação e ao pecado. As palavras do Apóstolo São Paulo é para que em todo tempo estejamos vigiando, por quem está de pé, está sujeito à cair. Neemias fez uso da pessoa do rei Salomão, por ser uma figura conhecida de todos e um grande exemplo de como um ser humano, colocado num bom ambiente, cercado das melhores garantias, ainda estão exposto ao mal quanto qualquer outro. Salomão nasceu sob promessa divina ao rei Davi, foi contemplado com uma das maiores manifestações da revelação divina a um homem, recebeu um presente especial, único e inigualável, para distinguí-lo de todos os demais homens que passaram e passarão sobre essa terra. Era amado de Deus e dotado de tudo o que era bom e que necessitasse. Herdou um reino em ordem, em paz, próspero e pacífico, com fronteiras definidas, vizinhos que reconheciam e respeitavam o território e a soberania de Israel. Salomão tinha tudo que uma pessoa poderia desejar para se realizar e cumprir sua missão e seu propósito aqui na terra. Mas mesmo assim, com tudo isso a seu favor, ele fez bobagem! Ele errou e errou feio! Pecou contra Deus, sobrecarregou os súditos com pesados impostos para construir tudo o que deu magnificência ao seu reinado. O coração dele foi arrastado para a vaidade e os prazeres e apetites o arrastou para longe da segurança e do bom senso. Toda sociedade e até mesmo indivíduos, que experimentam prosperidade material, precisa se cuidar para que o uso de suas possibilidades não o levem para desvirtuamento de conduta e de moral. Observe a história universal dos reinos e impérios; sempre que atingem o ápice, vem as orgias e os desmandos com a degradação moral e a corrupção se instala e começa a deteriorar até chegar à ruina completa. Nenhum escapa nessa análise. Quando os recursos são escassos, se luta para sobreviver e construir segurança e bem estar; à medida que necessidades básicas são supridas, a busca se torna agora para as coisas antes tidas como supérfluas e até impróprias. Quanto mais se tem, mais se busca a vida fugaz! Isso não significa que pobreza e escassez são sinônimos de santidade e pureza moral. Minha concentração hoje é no fato de que precisamos ser vigilantes e zelosos pelo bem, ser ativos e prestativos com os favores que a vida nos permite, mas não nos descuidarmos para com o mal e o engano. Um pequeno desvio pode conduzir ao longo de uma jornada a um distanciamento acentuado da meta proposta inicialmente. Todos conhecemos muitas pessoas boas e bem intencionadas no começo de suas jornadas e que se perderam ao longo do caminho, por achar que isso ou aquilo é muito pequeno e insignificante para alterar qualquer coisas; mas caíram numa malha e ficaram impossibilitados de voltar e recomeçar como desejam. Uma escolha simples, pode ser o suficiente para nos tirar da direção certa e não encontrarmos mais o retorno para o caminho original. Salomão tinha melhores qualificações do a mim e a você, e mesmo assim, ele se perdeu em parte de sua vida. Não somos imunes ao erro e ao pecado, então vamos ajudar uns aos outros e apoiarmos mutuamente, até o dia final. Maranata!

Senhor, Deus e Pai, tu és o mesmo ontem, hoje e o será eternamente! Tu és o Deus de Salomão tanto quanto és meu Deus também. Quero aprender com a tua Palavra e as lições que ela mostra, que todos nós, humanos, precisamos de tua graça e bondade para permanecermos firmes e de pé a cada dia. Oro ao Senhor, pedindo sabedoria e graça para ter discernimento e não ser arrastado pelo engano do pecado e distanciar-me de ti e dos teus caminhos. Guia-me com o teu Santo Espírito, para viver em tua presença todos os dias que me der na face da terra e depois pela eternidade afora. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s