Bendize ó Minha aAlma

Meditação do dia 13/09/2016

Sl 103.1 “Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome.

Bendize, ó minha alma – Que coisa maravilhosa é estar de bom humor! Melhor ainda do que isso, é viver de bem com a vida! E quando na verdade isso é um estilo de vida? Cultivar a gratidão e o louvor a Deus em todo tempo e em todas as situações cria uma atmosfera de alegria e contentamento interior de tão grande proporção, que a pessoa irradia felicidade, otimismo e se torna contagiante. Isso é algo que se pode desenvolver, e é uma daquelas que poderia afirmar que não tem como ensinar, é algo que apenas de aprende. O bom do relacionamento com Deus surge quando a pessoa descobre na sua própria experiencia sobre o caráter de Deus. Falar que Deus é bom, Deus é fiel, responde orações, é abençoador, já é feito bastante dos púlpitos e classes de ensinos bíblicos, nos livros, vídeos e nas mídias, o tempo todo – mas o que vale é quando a pessoa em si, conhece a Deus e passa a confiar nele, sabendo que a sua fé está no lugar e na condição adequada. Larry Coy no curso Conflitos da
Vida, quando vai descrever o valor e o poder dos nomes de Deus revelado nas Escrituras ele introduz com os seguintes conceitos: Para entender os princípios de Deus, precisamos entender os seus mandamentos. Para entender os seus mandamentos, precisamos entender o seu caráter. Para entender o seu caráter, precisamos conhecê-lo pessoalmente. Isso é como uma rede, ou uma peça de tricô, cujos fios estão entrelaçados de forma que um puxa o outro e se puxar muito, fica só um fio único. Ao conhecer a Deus, ficamos habilitados a entender o seu caráter que nos permite entender os seus mandamentos que por sua vez nos leva a compreender os seus princípios. São degraus sucessivos, levando a experiências mais e mais profundas com Deus. Desafiaria, ou convidaria você a meditar bem sobre esse tema, por acreditar que isso levaria pessoas a um nível melhor de intimidade com o Pai. Como pastor e lidando com pessoas e seus conflitos, não é raro encontrarmos quem tem muitos anos de igreja e de fé, mas que desconfiam das intenções de Deus; muitos acham que tais coisas exigidas por Deus não “precisariam ser realmente assim!” Quando resta um pouquinho só que seja de dúvida, medo, desconfiança no coração da pessoa, isso desarticula totalmente suas possibilidades de sucesso espiritual. A fé, como proclamada na Bíblia, é cristalina, transparente e objetiva. Um dos bons exemplos de textos bíblicos que gosto de utilizar sobre isso é a promessa de Jesus quanto a receber o poder do Espírito Santo na vida. “E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre” (Jo 37.38). Observe as expressões sublinhadas por mim – Não vemos tantos cristãos cheios e transbordantes do Espírito Santo como referido por Jesus no texto. Uns creem “como os batistas” outros creem como “os renovados” outros como “os pentecostais” e outros como “tradicionais” e assim vão crendo assim e assado; mas o que Jesus disse foi: Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre!” Essa vida de alegria, regozijo e satisfação interior é uma experiencia pessoal, íntima e particular e independe da plateia. Nas palavras do salmista, ele dizia aquilo consigo mesmo, falava dele para ele mesmo. Ele se auto convocava para bendizer ao Senhor e apontava uma quantidade de razões pelas quais ele deveria viver satisfeito e agradecido. Ali ele aponta os muitos lados e facetas do dia a dia de um adorador que vive num mundo cheio de mal e que sua vida é como a dos demais mortais, excetuando o modo como ele vive na sua relação de fé. Ele fala de perdão de pecados, então ele peca, erra também! Ele fala de cura de enfermidades, então ele adoece, sente mal, tem seus perrengues, sob a pressão, cuida da glicemia, etc. e tal. O que ele descreve é a vida de uma pessoa tal qual eu e você, nós, vós e eles… Nós, vivemos e servimos a Deus em meio a tudo que acontece em nossa vida; nossos trabalhos, empregos, desempregos, crianças, carros, oficinas, injeções, boas notícias, tristezas, tragédias vitórias e empates. Ninguém, em termos de cristãos e filhos de Deus, tem vida fácil nesse mundo, “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo” (Jo 16.33). Levante-se, tenha bom ânimo, em Cristo nos seremos prevaleceremos e já está determinado que venceremos! Somos não apenas vencedores, mas mais do que vencedores. (Rm 8.37).

 

Oh! Minha alma, bendiga o Senhor por todos esses benefícios e todos aqueles que sem saber ele já tem providenciado para sua vida. Obrigado Pai, pelos amigos e irmãos de caminhada de fé, por aqueles que nos servem de estímulos e oram pela gente e estão sempre disponíveis para servir. Obrigado pela graça de te conhecer, em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s