E Depois Dos Meus Dias?

Meditação do dia 28/01/2017    

 Is 39.5 Então disse Ezequias a Isaías: Boa é a palavra do Senhor que disseste. Disse mais: Pois haverá paz e verdade em meus dias.

E depois dos meus dias? – Necessariamente quando Deus nos faz perguntas, ele não espera uma resposta, mas uma atitude. Ele já sabe tudo, não precisa nos perguntar para saber. Nesse episódio, após ser restaurada a saúde do rei Ezequias, ele recebeu uma visita oficial de embaixadores da Babilonia, com presentes e votos de pronta recuperação, em nome do reino babilônico. Agradecido e empolgado, ele abriu as portas dos seus palácios, e exibiu todos os seus tesouros e recursos, sem nenhuma preocupação, pois se tratava de uma “nação amiga” em visita solidária. Mas os seus atos estavam sendo na verdade ações proféticas de um futuro muito distante dos seus dias. Foi assim que o profeta Isaías se apresentou ao rei para uma também visita de cortesia em nome de Deus e fez as perguntas, que tinham como fundo, servir de ilustração ao rei sobre o que ele fizera e o ocorreria com tudo aquilo que lhe causava prazer e orgulho. Já pensou nas perguntas que Deus fez? “O que disseram aquelas pessoas? De onde vieram? O que viram em tua casa?” O rei respondeu na boa! Deus nos confia determinadas responsabilidades e com elas alguns privilégios, dos quais prestaremos contas, pois somos mordomos e administradores de todas as coisas, elas pertencem de fato e direito à Deus. O que as pessoas dizem sobre nós e sobre nossas ações, atitudes e nosso sucesso ou falta dele? De onde vem essas pessoas? Por que a origem das pessoas, e o lugar de onde procedem podem revelar muito sobre o caráter e a intenção delas. Quando o rei ficou sabendo das consequências futuras e como a história se realizaria após sua morte, ele se deu por satisfeito e agradecido, pois nos dias ainda haveria paz e bênção. O que me chama a atenção é que Ezequias, não fez questão de pensar no futuro da sua família, do seu reino e nem na história da nação; ele ficou feliz pelo que aconteceria apenas nos seus dias. Claro que cada um responderá por si e pelos feitos, mas somos conectados às gerações antes e depois de nós. Trabalhamos para melhorar aquilo que recebemos dos nossos antepassados e aprimorar para deixar um legado melhor e os caminhos abertos para o progresso das novas gerações. Eu, Jason, entendo que quando obtemos uma revelação de Deus com respeito ao futuro e o quadro é sombrio, perigoso ou ruim, é porque isso ainda pode ser revertido pela oração, arrependimento e mudanças de atitude. Por que Deus anteciparia uma informação que não pode ser revertida? Todos os quadros que vejo na história do povo de Deus me leva a crer nisso! Noé, com a arca; Abraão, com Sodoma e Gomorra, Jonas com, Nínive; A doutrina do arrependimento, que muda a situação inteira, quer para um lado, quer para o outro. O que será da igreja, do mundo, da família, depois dos nossos dias? Isso nos interessa ou não é da nossa conta?

Pai, obrigado por ser o nosso Deus de geração em geração e por renovar as suas misericórdias todos os dias para conosco. Somos responsáveis por algumas etapas das tarefas delegadas a nós e não podemos fugir disso. Dá-me sabedoria, sensatez e coragem para assumir o meu lugar na história e fazer a diferença no tempo oportuno. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s