Cativeiro é o Lugar Para Onde a Desobediencia Leva

Meditação do dia 25/03/2017

  Jr 29.7 E procurai a paz da cidade, para onde vos fiz transportar em cativeiro, e orai por ela ao Senhor; porque na sua paz vós tereis paz.

 Cativeiro é o lugar para onde a desobediência leva – O que fazer quando o pior já aconteceu? Todos acham que tragédia pode acontecer com qualquer um, em qualquer lugar, até perto de mim, menos comigo. Quando uma pessoa tem diagnóstico de uma doença ruim, quando acontece uma violência urbana, como assalto, sequestro relâmpago, ou morte prematura de alguém jovem, ou criança…. o desespero bate forte e as pessoas se defendem: Por que comigo? Com a minha família? Sou fiel! Sou honesto! Não faço mal, ao contrário… Muito bem, isso acontece com maior frequência do que gostaríamos de admitir. Ao seguir as meditações desses últimos dias, temos visto que Deus falara sério sobre pecado e arrependimento em tempo de reverter o cativeiro, mas eles não levavam isso à sério. Para os hebreus, cativeiro era para os não judeus, para os pagãos, que eram os desobedientes e inconversos, eles, não, eles o povo de Deus, o povo da promessa! Nada de mal lhes aconteceria, tudo não passava de exageros desses profetas radicais malucos. Muito bem, o cativeiro chegou e muitos foram levados e outros iriam logo em seguida. Lá no cativeiro o festival de profetadas carnais continuaram, alegando que eles voltariam logo, que tudo era só para dar um susto neles e já haviam aprendido a lição. Com essas conversas moles no pé do ouvido, todos se armaram em suas defesas. Já que não ficaremos muito tempo aqui, então não devemos investir em nada que seja duradouro, porque assim que formos liberados iremos embora. Assim sendo, nada de comprar ou construir casas, comércios, nada de fincar raízes, casar e ter filhos, nem pensar! Nem vamos desfazer as malas! Foi aí que chega uma carta do profeta Jeremias, enviada de Jerusalém, através de dois mensageiros que o rei enviou para fazer contatos com os anciãos e líderes entre os judeus lá na Babilônia. O conteúdo da carta, era novamente uma flechada nos planos deles. Assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel, a todos os do cativeiro, os quais fiz transportar de Jerusalém para babilônia: Edificai casas e habitai-as; e plantai jardins, e comei o seu fruto. Tomai mulheres e gerai filhos e filhas, e tomai mulheres para vossos filhos, e dai vossas filhas a maridos, para que tenham filhos e filhas; e multiplicai-vos ali, e não vos diminuais(Jr 29.4-6). O lugar mais seguro e melhor para se estar é no centro da vontade de Deus. Cativeiro, é qualquer lugar ou situação em que nos encontramos por razões de rebeldia e desobediência a verdade revelada de Deus. Podemos estar num lugar lindo, estabilidade no emprego, renda boa, privilégios, status, mas se não estamos onde Deus disse que deveríamos estar, definitivamente não é um bom lugar. Inferno, nada mais é do a ausência da presença bondosa de Deus! Céu, Paraíso, pode ser em qualquer lugar, desde que Deus esteja conosco e cuidando de nós. Mas se já está no cativeiro, não tente abreviá-lo, antecipá-lo ou dar um jeitinho; aqui é onde começa uma nova etapa da vida; Ou aprende agora, ou Deus lançará mãos de novos instrumentos de disciplina. Vai encarar?

Senhor, onde estamos é o lugar onde podemos aprender e prosperar ao mesmo tempo que andamos pelos teus caminhos e abençoamos aos demais que estão ao nosso redor.
A tua bênção em nossa vida, prosperará tudo ao nosso redor. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s