Quando as Luzes se Apagam

Meditação do dia 24/05/2017

 Ez 32.7 – E, apagando-te eu, cobrirei os céus, e enegrecerei as suas estrelas; ao sol encobrirei com uma nuvem, e a lua não fará resplandecer a sua luz.

Quando as luzes se apagam – Acompanhando a linha de pensamento profético de Deus, através dos livros, como temos feito, capítulo à capítulo, percebemos que o modo de tratar com as nações, não difere muito do modo como Deus trata com as pessoas. Afinal, ele é muito coerente e nações são nada mais, nada menos do que um grande contingente de pessoas individuais, que acabam ganhando força e personalidade coletiva. Mas os pecados que são comuns nos indivíduos, aparecem em tamanho e dimensão ampliada. As boas qualidades e virtudes individuais, também tomam proporções maiores e até caracterizam os povos. Temos visto como várias nações foram julgada e sentenciadas divinamente, depois de denunciados os seus pecados e erros, dando-lhe tempo para o arrependimento e a conversão, quando não há mudanças significativas, as profecias se cumprem em forma de juízo. Um dos exemplos mais esclarecedores que temos foi o caso do profeta Jonas, enviado para avisar o reino de Nínive, sobre sua iminente destruição, naquele caso, dentro de quarenta dias. Eles se arrependeram e mudaram de atitude e a sentença foi cancelada, ou pelo menos adiada por algumas gerações. Aqui, é a vez do Egito, um grande império e potencia mundial em muitos aspectos, que durou centenas de anos e prosperou sua fama e seus faráos se tornaram intocáveis e se tornaram por conta própria “deuses” e com esses pseudos superpoderes dominaram e subjugaram muitos povos e nações. Mas seus pecados também se fizeram notórios e receberam seus avisos e não mudaram de rumo. É bastante comum ver nos filmes sobre eles, se arrogarem serem o sol, a luz, a estrela da manhã e etc. Tal qual na batalha da libertação dos hebreus no êxodo, as sentenças vieram sobre os campos espirituais pretendidos pelas divindades egípcias. Para cada área veio uma das dez pragas, desfazendo assim, aos olhos de todos a impossibilidade de tal divindade proteger e evitar o mal sobre seus adoradores. Aqui também Ezequiel mostra que seus pontos fortes e motivos de orgulho, serão exatamente a base de sua desmoralização pelo juízo divino. Trevas e escuridão, sobre a terra, cujos governantes se apresentam com o sol e a luz para todos. Nesse sentido, até podemos dizer que os pecadores são todos iguais, mudando apenas o endereço e a época, mas o modus operandis não varia em nada. Razão suficiente para Jesus, e seu programa de redenção, vir ao mundo e acabar com a festa do poder do pecado sobre a vida humana. Já ouvir falar que “em gato morto, não há pulga?” É verdade, pois ela não tem o que sugar e explorar, ela vive da vida do hospedeiro. O pecado é pulga, a redenção começa com a morte do velho homem, e a ressurreição para uma nova vida, livre dos efeitos nocivos do pecado. Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado. Porque aquele que está morto está justificado do pecado. Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos (Rm 6.6-8). A nova vida, é o caminho que nos livra do juízo divino e nos aproxima de uma nova jornada de vida e bênção. Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte (Rm 8.1,2).

Senhor, obrigado por mais esse dia, onde poderemos de conhecer e te amar mais ainda. Reconhecemos nossa condição e dependência de tua graça e bondade, que pela fé sabemos jamais nos faltará. Consagramos todo o nosso ser ao teu serviço, culto, honra e glória. Graças, por ter Cristo levado na cruz a nossa condenação e nos feito teus filhos, por adoção, através da fé. Obrigado pelos nomes de cada um estar escritos no livro da vida e em memória diante de ti continuamente. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s