Muito Funeral

Meditação do dia 31/05/2017

 Ez 39.12 – E a casa de Israel os enterrará durante sete meses, para purificar a terra.

Muito funeral – Funerais encerram uma história, ao mesmo tempo que reiniciam outras. Sempre que vamos a uma cerimonia de alguém que partiu, temos a oportunidade de estudar, observar e captar muitas percepções importantes. Ao mesmo tempo que que se encerra a jornada de uma pessoa, irá começar outras jornadas de familiares e pessoas diretamente ligadas àquela que se foi; os relacionamentos foram afetados e novos rumos se iniciam, relações de emprego, trabalho, sociedades, hierarquias, dependência e etc, terão que ser refeitas e restruturadas. Mas a vida continuará nesse plano físico para os que ficam, e no outro lado, para o destino e decisões abraçados e cultivados pelo que se foi. Os cristãos, alimentam uma bendita e gloriosa esperança de reencontro com os irmãos da fé e das promessas de Jesus, que é a ressurreição e a vida. O arrebatamento da igreja, nos enche de esperanças maravilhosas do encontro com o Senhor nos ares e a inauguração de uma nova etapa da vida com Deus, o céu, o trono diante do qual todos comparecerão para recompensa e galardão por vida e serviço prestados; as novas atribuições dos santos no processo final de redenção e restauração de todas as coisas, a cidade Santa, o milênio, a eternidade e tantas coisas que só saberemos maiores e melhores detalhes quando Cristo se manifestar. Mas o texto de ontem e o de hoje, nos remete as ações que ocorrerão no nosso futuro e no desfecho da investida maligna contra o povo de Deus (aqui literalmente, Israel), quando os exércitos arregimentados pelo anticristo, se formarão em colunas de milhares e milhares, suficientes para esmagar qualquer resistência de uns poucos aliados, numa invasão sem precedentes da Terra Santa, atual Palestina, Israel e adjacências. É difícil prever em palavras o cenário descrito profeticamente, porque os recursos bélicos mais terríveis e destrutivos que se tem em mãos das potencias mundiais, não foram ainda testadas ou usadas de fato para destruição em massa, contra ninguém. Se em 1945, uma única bomba, lançada, fez o que fez em Hiroshima e Nagazaki, o que se pode esperar, das atuais, com potencial letal infinitamente maior? O sonho, fantasia, utopia ou delírio de varrer Israel do mapa, literalmente, não é uma mera força de expressão de alguns líderes tanto do passado, quanto do presente, mas é fruto de uma semente do mal, do mal mesmo, e será levado a efeito nesse futuro, aqui previsto por Gogue e Magogue. A diferença é que uma intervenção rápida, única e eficaz de Deus, os colocarão na situação que planejaram para o povo de Deus: aniquilação total e irrestrita de uma multidão de soldados e combatentes na planície de Megido. Como o mundo todo estará em petição de misérias, devido a todos as pragas do Apocalipse, as destruições promovidas pelas próprias nações e os flagelos da natureza, tudo isso dificultará um processo de sepultamento e limpeza eficiente e imediata, como seria numa calamidade menor, num tempo normal e pacífico. Sete meses de trabalho sequencial, até finalizar todo o processo de sepultamento dos restos mortais do exército inimigo e da devida purificação cerimonial exigida pela fé e cultura judaica. Assim, termina um capítulo sobre os projetos humanos de desafio a autoridade e soberania divina, patrocinado pelo inferno e seus arquitetos de destruição. Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do Senhor, e a sua justiça que de mim procede, diz o Senhor (Is 54.17). Apocalipse 19, fecha registro com as seguintes narrativas: E vi a besta, e os reis da terra, e os seus exércitos reunidos, para fazerem guerra àquele que estava assentado sobre o cavalo, e ao seu exército. E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre. E os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram das suas carnes(Ap 19.19-21). Eu sei de que lado estou e estarei naquele dia!

Senhor dos Exércitos, poderoso em batalhas, em tuas mãos estão as nossas vidas e não há lugar melhor e nem mais seguro para se estar. A nossa confiança em ti e em tuas palavras é inabalável e estamos seguros de todas elas a seu tempo se cumprirão, para glória e louvor do Senhor e recompensa aos que te amam e obedecem, como para terror e destruição daqueles que se aliam ao mal e desafiam o Todo-Poderoso! O Senhor Reina e para sempre o seu trono se firmará, porque assim está escrito e assim será, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s