O Nome no Livro

Meditação do dia 21/06/2017

  Dn 12.1 – E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.

 O nome no Livro – Livros de registros é o que não faltam nessa vida. Mesmo com a era digital, ainda se usam muitos livros pois par alguns ainda é preferível o ataque de fungos, traças e umidade, do que hackers e vírus cibernéticos. Ter o nome em um livro, pode parecer algo tão simples e até insignificativo, ou não! Imagina, o nome na capa, como autor ou co-autor! Dá prá imaginar o nome nas primeiras páginas, como honrado em prefaciar uma obra? Ou sendo homenageado pelo autor por alguma contribuição ou influencia positiva na vida ou no trabalho dele? Eu só Escrevi poucas coisas e menos ainda foram editadas, mas um livro despretensioso que escrevi para um trabalho interno na igreja, para a campanha de construção do novo templo, acabou extrapolando nossos limites e foi prefaciado pelo Pastor Enéas Tognini, então o nome do prefácio, vale muito e muito mais do que o do autor na da capa. Honra, a quem merece honras! Daniel fecha seu livro com um capítulo fora de série, um daqueles textos que é inigualável e diz muito em poucas palavras. Posso destacar nessa meditação, a ideia sobre o livro da vida, digamos assim; no conceito dos tempos de Daniel, o povo de Deus era exclusividade da linhagem hebraica; para nós, hoje na Nova Aliança, nem tanto, também nos incluímos e sem usurpação, pois pela fé somos também filhos de Abraão e herdeiros das mesmas promessas em Cristo Jesus. Portanto, é pela fé, para que seja segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a posteridade, não somente à que é da lei, mas também à que é da fé que teve Abraão, o qual é pai de todos nós (Rm 4.16). É descrito os fins dos tempos, com muitas aflições de níveis tão devastadoras, quais nunca se viu na terra, como acreditamos será no pós-arrebatamento e grande tribulação. Em meio a esse caos, aparece a graça misericordiosa de livramento do “povo de Deus,” com a ressalva de que se trata daqueles que tem o seu nome escrito no livro. Isso nos leva aos textos de Apocalipse e suas promessas de esperança: E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo (Ap 20.12,15). Existem os livros, e existe O LIVRO da vida. Nesse sim, nosso nome não pode deixar de estar registrado, e também pode estar riscado. Isso exige mais do que ser crente, gospel, do bem… é preciso ser salvo, ser filho de Deus, nascer de novo e permanecer na fé, perseverar até o fim…. aqui, sim, literalmente, é para os fortes, os vencedores!

Senhor, graças te damos e reconhecemos que mereces toda a honra e a glória que é devida ao teu nome. Por tuas obras de justiça e pelos grandes feitos pela redenção da raça humana decaída e perdida pelos seus pecados. Em Cristo agora somos novas criaturas e fomos legitimamente adotados como filhos e como tal somos também herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; Obrigado, por escrever o meu nome no teu livro e fortalecer-me dia a dia para a perseverança dos santos e ser salvo pela graça de Cristo. No nome dele, a quem oramos e adoramos, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s