O Terceiro Foi Sete

Meditação do dia 05/11/2017

Gn 4.25 – E tornou Adão a conhecer a sua mulher; e ela deu à luz um filho, e chamou o seu nome Sete; porque, disse ela, Deus me deu outro filho em lugar de Abel; porquanto Caim o matou.

 O terceiro foi Sete – Adão e Eva merecem todo o meu respeito e consideração, pela vida e pelas experiências que foram marcantes em suas vidas e delineou o caminho de todos nós  em como enfrentarmos certas situações de dificuldaes. Todas as coisas que nos acontecem, não somos pioneiros nisso, pois lá no começo eles experimentaram e mesmo sem ter os mesmos recursos de que dispomos, eles se saíram muito bem na maioria das provas. Como já sabemos, tudo tem seu começo em Genesis, e isso inclui tragédias familiares e atos de violência de um ser humano contra outro. Quando havia apenas quatro pessoas na terra, os pais e dois filhos, aconteceu a barbárie de Caim se levantar e cometer o primeiro crime do mundo, um fratricidio. Foi a primeira vez que alguém matava alguém; a primeira vez que pais perdiam um filho para a violecia; O primeiro luto, o primeiro crime com ocultação de cadáver, a primeira tentativa de obstrução de justiça. Adão e Eva foram os primeiros pais a terem que tocar a vida, seguir em frente, após um sofrimento tão grande. Veio então o nascimento do seu terceiro filho a quem eles deram o nome de Sete, que seria uma consolação para os pais, já que perdera um filho e outro fora banido e saiu fazer sua vida longe dali , ausentando-se definitivamente. Quem tinha dois filhos, de repente se viram sem nenhum. Espero que esta meditação também sirva para consolar e apoiar os pais e familiares que também sofreram alguma situação semelhante e se sentiram tão desamparados e perdidos e até se entregaram à mágoas e dores intermináveis, que afetaram a fé e a confiança no bondade de Deus. É ruim, é triste, mas não podemos como cristãos permitir que uma ação ruim estrague o projeto maior de Deus para nossas vidas. Certamente é dolorido a perda de um filho ou ente querido, mas posso afirmar e devo afirmar, que isso não é o fim, não deve ser o fim, e por favor, não façam declarações emotivas fortes, que contrariando a sua verdadeira fé. Voces ainda tem outros filhos, ou parentes ou pessoas que dependem e precisam de vocês de pé e como referencia de confiança em Deus. Imagine um família que tenha dois ou três filhos e perde um de forma trágica e os pais se entregam à tristeza e declaram que suas vidas acabaram e que não têm mais motivos ou razão para viver! Essas declarações são falsas, contrariam a Palavra de Deus e servem de combustível para a instalação de ações não saudáveis e muito destrutivas. E os outros filhos que ficaram? Eles não contam? Eles não são importantes? Só aquele tinha valor? Todos precisam se ajudar e se apoiar, mas a nossa confissão deve ser forte e de fé e assim vencer a tristeza e fazer da tragédia uma motivação para construir algo grande e nos fortalecer ainda mais. Quero fechar com um texto bíblico significativo para pensarmos: “Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor” (Rm 8.38,39).

Conceda, ó Senhor, graça e força para os meus irmãos que passaram por situações de tragédias e perdas de entes queridos e que estão tendo dificuldades em continuar suas vidas. A verdade é que o Senhor os ama tanta e entende suas dores e sofrimentos, por também perdeste o teu amado filho na cruz para em seguida reverter a situação e salvar milhões de milhões e milhares de milhares, agora filhos, muitos filhos, comprados, lavados e santificados, legitimamente adotados, para serem todos conformados à imagem do primogênito. A ele, a honra e a glória para sempre, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s