Fator Idade

Meditação do dia 04/01/2018

Gn 7.6 – E era Noé da idade de seiscentos anos, quando o dilúvio das águas veio sobre a terra.

Fator idade – Não vivemos fisicamente tantos anos quanto às pessoas antediluvianas viviam por diversos fatores. Mas já estamos vivendo um pouco à mais do que algumas das nossas gerações anteriores. Sempre que penso em termos de “viver,” sempre me vem algo em mente: A qualidade dessa existência. Me refiro a um conjunto de fatores que fazem com que ela tenha um real significado e contribua significativamente para o bem de sua geração. Sabemos de algumas pessoas ilustres que fizeram muito nos seus dias e morreram antes dos trinta anos de idade. Hoje, aos trinta muitos ainda são adolescentes vivendo às expensas dos pais sem nada de produtivo; ao mesmo tempo, temos alguns antes dos vinte anos já notáveis e milionários por suas habilidades criativas e produtivas. Em João 10, Jesus falou sobre vida abundante. Claro, não se trata de vida longeva, infinita daqui para frente, Zoe, a palavra original empregada ali tem mais a ver com a qualidade, a essência dessa vida e nesse caso é o mesmo tipo de vida que Deus tem ou é. Porque a promessa de vida eterna, tal qual encontramos nos evangelhos e na Bíblia como um todo, não pode simplesmente significar vida sem fim. Imagina alguém com problemas de saúde, vivendo eternamente assim. Claro, também ninguém espera viver eternamente nesse corpo físico, que é mortal. Mas voltando ao nosso tema, Noé estava com seiscentos anos e estava concluindo uma importante etapa de sua vida, e assim que saísse da arca, iria recomeçar não só a sua jornada, mas recomeçar o projeto de Deus de povoar a terra. Agora ele já tinha alguma experiência de vida, já estava experiente em algumas habilidades e já possuía alguma tecnologia, ou ferramentas importantes. Em que etapa de vida você está agora nesse início de ano? Já se vê velho demais para aprender novas habilidades? Não quer mais iniciar nada novo? Esse ano, chego nos 59 anos, já passei do meio dia da vida; mas estou pensando se estou velho ou novo demais. Para algumas coisas sim e para outras, não! Mas o que Deus espera de mim? Aí sim, isso me interessa. Entendo que estou no tempo de uma transição de atividades; agora começa uma fase muito boa e produtiva pela experiência, sabedoria e habilidades desenvolvidas e testadas até aqui. No futebolês, começo a conhecer os atalhos do campo, preciso de menos força e velocidade, que podem ser compensados por razão e maturidade. Noé ao desembarcar da arca via novos horizontes e ele tinha a oportunidade de começar de novo e teria muito o que aprender, pois o diluvio mexeu com muita coisa que ele conhecia que agora não existia e novas apareceram. Na verdade, em todas as etapas da vida temos que aprender novas coisas, sempre, pois é um território inteiramente novo para todos nós. Não endureça, não fique rígido e inflexível em nenhum aspecto. Tente desfrutar da paisagem nova que aparece em cada janela, em cada curva dessa estrada da vida. Você é importante para muitas pessoas, só por existir! Não as decepcione! Deus também conta com você, mesmo que ele possa fazer tudo sozinho; ele gosta de companhia, de parcerias e especialmente de comunhão.

Pai, aqui estamos, na etapa certa para realizar essa parte da vida e ser bênção para ti e para tantos quantos pudermos ser. Graças te rendemos pela presença confortadora do Espírito Santo, que pode nos guiar nessa jornada e fazer com que seja um desafio agradável e gratificante, todos os dias, especialmente pela tua presença em nós. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s