A Pomba e o Ramo de Oliveira

Meditação do dia 09/01/2018

Gn 8.11 – E a pomba voltou a ele à tarde; e eis, arrancada, uma folha de oliveira no seu bico; e conheceu Noé que as águas tinham minguado de sobre a terra.

A Pomba e o Ramo de Oliveira – Para averiguar as condições fora da arca, Noé se valeu dos instrumentos de que dispunha no momento. Primeiro ele soltou um corvo que ficou indo e voltando e assim ele soube que ainda não havia condições apropriadas para sair. Alguns dias depois ele soltou uma pomba que também retornou à arca por não encontrar condições de pousar e isso também afirmou que havia ainda bastante água sobre a terra e precisava esperar mais. Depois de uma semana, ele a enviou novamente e desta vez ele voltou como uma mensageira de boas notícias. Ao passar o dia todo fora, retornou à tarde trazendo no bico um ramo de oliveira. Foi assim, que surgiu e ate hoje essa espécie de pássaro, se tornou um símbolo da paz. Esse ramo de oliveira, era uma boa notícia sobre as condições de vida na terra. Mesmo quando sem saber, ou ignorando a Deus e sua Palavra e alguns até negando a existência dos relatos do dilúvio, mas adotam a pomba como símbolo da paz, essas pessoas estão atestando a veracidade dos fatos. Um homem de Deus como Noé, fez um grande trabalho e estabeleceu condições de continuidade da raça humana e como servo de Deus, fez coisas que perduram até hoje. Isso atesta todo o contexto das promessas e alianças firmadas para conosco. Gosto de pensar em verdades como esta, descrevendo o valor do trabalho bem feito: Porque nunca será abalado; o justo estará em memória eterna (Sl 112.6). Quem diria que o simples ato de soltar uma ave para verificar as condições apropriadas para sair ou não da arca, se tornaria num patrimônio da humanidade, por todas as gerações e universalmente aceito. A Palavra de Deus fala muitas vezes, sobre a importância de pequenos feitos, que tem muito potencial. Jesus elogiou a mulher que quebrou o vaso de perfume e o ungiu, mesmo a contragosto dos discípulos; também em outra citação ele falou da importância de dar um copo de água para alguém; falou sobre os cuidados sociais com os pobres, que seria contado na eternidade como se fosse feito para ele. O escritor aos Hebreus fala de pessoas que sem saber hospedaram anjos. Como esquecer o pouco de azeite da viúva; a farinha da panela da outra viúva; os pães e peixes do lanche do garoto que produziu a multiplicação dos pães. Tudo isso e tantos outros exemplos que podem ser lembrados, nos mostram o cuidado divino para conosco e sua capacidade de fazer o que seria impossível e ainda estabelecer princípios que perduram para a eternidade. Coisas pequenas são importantes. Elas podem fazer toda a diferença!

Obrigado Senhor, pela maneira generosa de como o Senhor cria situações de glória para o teu nome e abençoa a fé e a disposição dos teus filhos. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s