Quando Deus Fala

Meditação do dia 11/03/2018

E disse o Senhor a Abrão, depois que Ló se apartou dele: Levanta agora os teus olhos, e olha desde o lugar onde estás, para o lado do norte, e do sul, e do oriente, e do ocidente.” (Gn 13.14)

Quando Deus fala – Espero transmitir nessa meditação uma idéia da soberania divina do Senhor meu Deus e não um dogma do que Deus pode ou não pode, faz ou não faz. Acredito que não se pode enquadrar Deus numa caixinha e amoldá-lo aos nossos padrões. Quem sou eu e quem somos nós para afirmar que Deus fala só assim… ou só quando… ou…. Deus é Deus!!! Eu creio e isso me basta! O pensamento que desejo desenvolver é que sendo a vida dinâmica, ela tem o seu curso próprio e natural, que convenhamos, conta com os desígnios maravilhosos do Senhor e que nossa fé é parte fundamental para seguir em frente e desfrutar da paisagem durante a jornada e não apenas atingir o objetivo final. Havia certos probleminhas de relacionamentos entre Abrão e Ló, e necessariamente não importa quem estava certo ou quem estava errado, ou entre eles propriamente não haveria questão alguma, mas apenas entre os empregados e servos, que porventura no afã de ganhar a simpatia do patrão, exagerava nos cuidados ou disputas por espaço, sombra, água e cuidados com o patrimônio sob suas responsabilidades. Abrão tomou a iniciativa de solução e Ló aceitou de pronto, ainda mais que lhe foi ofertado o direito de prioridade sem reservas nas escolhas que fizesse. Ele escolheu seu caminho e seguiu. Quando ele se apartou de Abrão, o Senhor se revelou e falou com seu servo. Toda mudança produz incômodo e cada pessoa reage de uma forma às mudanças; enquanto para uns, mudança é bom e estão sempre fazendo, para outros o estilo conservador fica melhor e em time que se ganha, não se mexe. Mas acontecem mudanças, entradas e saídas, idas e vindas, que acrescentam muito, pouco ou nada ou ao contrário, podem trazer transtornos nas mesmas proporções. Algumas saídas ou perdas, podem ser livramento da parte de Deus para nós ou para o trabalho que fazemos. Algumas situações impedem a nossa capacidade de ver ou discernir melhor o ideal de Deus e então ele interfere e remove, afasta, elimina algo da nossa vida ou convivência. Aí entra o elemento fé – preciso acreditar que o melhor está reservado e nada pode frustrar os planos do Senhor. O que não podemos aceitar é que nossas falhas e pecados produzam perdas para o reino e a causa de Deus, pois como mordomos a seu serviço, estamos aqui para servir e administrar, mas os bens e os valores pertencem ao Senhor e as regras da administração também. Não somos donos, não temos procuração de plenos poderes e não podemos apropriar de nada, fora da nossa esfera de atuação. Agora, que Ló se fora, Deus podia falar com Abrão e reafirmar suas intenções e promessas e dar continuidade ao programa de treinamento. Para mim, entendo que Ló, é símbolo aqui, de algo que me acompanha, com minha permissão e até minha bênção, mas que não faz parte do projeto original de Deus para minha vida e ministério, e embora não seja pecado, também não me acrescenta, ao contrário, me limita, demanda responsabilidade por algo que não preciso me envolver e que ao sair da minha aba, me libera para a plenitude e a bênção. A expressão da carta aos Hebreus que me remete a isso é: … deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, (Hb 12.1). Não é apenas o pecado, o erro e o mal que precisamos eliminar da nossa vida, mas também os embaraços, os enrroscos, os pesos mortos, que diminuem nossa produtividade e desenvolvimento. Algumas dessas coisas ao sair abre espaço para ouvirmos a Deus e isso é muito bom.

 

Senhor Deus de vitórias e de desafios maravilhosos na jornada da fé, obrigado por fazer limpezas, podas e faxinas em nossas vidas para nos tornar mais produtivos e operosos no teu reino. Andar contigo é um projeto maravilhoso demais para ser desperdiçado por pesos e embaraços que nada acrescentam. Hoje, dê-nos o discernimento do que precisa ser retirado ou apartado de nós para que possamos ouvir melhor a tua voz e experimentar o teu cuidado. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s