A Riqueza de Abrão

Meditação do dia 26/03/2018

Abrão, porém, disse ao rei de Sodoma: Levantei minha mão ao Senhor, o Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra, jurando que desde um fio até à correia de um sapato, não tomarei coisa alguma de tudo o que é teu; para que não digas: Eu enriqueci a Abrão;”  (Gn 14.22,23).

 

A riqueza de Abrão – A proposta do rei de Sodoma parecia amistosa, honesta e embutia um sentimento de gratidão por Abrão ter feito por ele e seu povo, algo que ele mesmo como rei não conseguira fazer. Muitos concordariam que não haveria nenhum mal ou pecado em receber por direito aqueles bens e riquezas, que em termos de guerras e conquistas, esse era o critério quanto aos despojos. Mas Abrão via algo muito além das aparências e generosidade daquele rei. Ele novamente fez aquilo que repito aqui com muita frequência, que as nossas escolhas revelam o nosso caráter; Abrão tinha uma promessa de Deus, do Deus que agora ele vira o Sacerdote Melquizedeque invocar como o Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra. Se cremos numa promessa, podemos esperar que a seu tempo ela chega e por outro lado, Abrão não era um caçador de recompensas, que vivia de ganhar porcentagens por conquistas e vitórias. Ele já era muito rico e aqueles bens não o tornaria melhor e muito menos mais rico ou prestigiado. Seu interesse naquela campanha fora justamente libertar seu sobrinho e sua gente que fora feita prisioneira e agora todos eles estavam sãos e salvos em suas casas. O que as pessoas comeram e beberam no percurso, ele considerou como sustento do trabalhador e isso não seria reembolsável. Quanto aos seus parceiros, se eles entendessem de ficar co alguma coisa, estariam nos seus direitos e ninguém ali discutiria isso. Mas ele, Abrão, tinha uma postura no seu coração e já havia até orado a Deus sobre isso, pois afirmou que havia levantado suas mãos aos Senhor e jurado que não pegaria nada, nada mesmo. Se um dia, alguém elogiasse Abrão para aquele rei e falasse da riqueza dele, havia a possibilidade do rei dizer, que a riqueza de Abrão era grande e justa, mas parte daquilo já fora dele e de seu povo e numa situação de desventura, eles perderam tudo num ataque de um invasor, que posteriormente Abrão e seus criados derrotaram e pegaram para si o despojo. Abrão tinha convicção firme de que seria rico, continuaria rico, mas seu testemunho era mais importante que suas riquezas. Não é pecado ser rico e nem ter bens materiais. É pecado sim, os bens materiais e as riquezas “nos ter” e nos controlar. Abrão já entendia e fez disso um estilo de vida, que os bens pertencem a Deus, o possuidor dos céus e da terra, e que eles são ferramentas para atingirmos os propósitos eternos do reino de Deus. Sempre que acontece um aumento em nossa renda, ou um extra aparece, como adicional, ganho inesperado, presentes ou algo parecido, antes de sair desembestado lojas à fora torrando tudo e mais um pouco, o servo de Deus deve perguntar ao Espírito Santo sobre o porque, me veio isso, nesse momento e qual é a idéia do Senhor para com isso? Muitos, muitos filhos de Deus, não podem experimentar a graça de ver feitos sobrenaturais acontecendo em suas vidas, simplesmente porque Deus nunca pode contar com eles para nada, pois vivem endividados, sobrecarregados, no vermelho, usando os limites do cartão de crédito, do cheque especial e as gavetas estão sempre abarrotadas de carnês e boletos. Como Deus vai dizer para eles suprirem a alguém? Ponham isso na cabeça e no coração: Quando vivemos endividados comprometemos o testemunho cristão e tiramos a possibilidade de agir no sobrenatural de Deus. Alguém aí se lembra do nosso manual do Semib? “É impossível viver por fé e endividado.”

 

Senhor, da tua parte não há falta de recursos e nem limitação da tua capacidade de suprir e abençoar. Permita que sejamos melhores mordomos, mais preocupados com o que glorifica o teu nome, do que aquilo que nos dá visibilidade social e status, pois de qualquer forma, somos apenas servos e qualquer outro status fora disso, não é verdadeiro. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s