Falando Consigo Mesmo

Meditação do dia 07/05/2018

E disse o Senhor: Ocultarei eu a Abraão o que faço, Visto que Abraão certamente virá a ser uma grande e poderosa nação, e nele serão benditas todas as nações da terra?”  (Gn 18.17,18)

Falando consigo mesmo – Falar consigo mesmo é sem dúvida muito mais comum do que gostaríamos de admitir; volta e meia estamos “falando com nossos botões,” e as vezes até dialogamos conosco mesmo, pergunto e respondendo e há casos em que não gostamos do rumo que a conversa toma. Alguém aí se pegou, se reprovando e até dando uns cascudos em si mesmo? Que loucura!!! Mas também tem as vezes que é engraçado e nos divertimos muito e até chamamos à atenção de outros que estão por perto e nos observa. Olha, não estamos falando de dupla personalidade. Nessa ocasião da visita de Deus à Abraão, aparece essa cena, descrita na cena final da visita, quando o Senhor e os outros dois auxiliares se dirigiam para os lados de Sodoma, Abraão os acompanhou na saída e então surgiu essa preciosidade, que retrata perfeitamente a identificação de Deus com a realidade humana, até em detalhes como conversar consigo mesmo. Há duas verdades importantes que desejo considerar aqui. A primeira delas é que Deus tem prazer em se revelar e também revelar aos seus servos determinadas coisas. Ao profeta Amós ele disse: Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas” (Am 3.7). Assim entendemos que antes de uma ação de intervenção divina por aqui, ele antecipa os fatos aos seus servos, os profetas. Então, a questão não é se Deus fala, mas se estamos disponíveis para ouvir e quando ouvimos, somos capazes de discernir a revelação? Jesus antecipou que Jerusalém seria cercada e destruída e que o templo seria arruinado e não ficaria pedra sobre pedra; o que aconteceu no ano 70 D.C. Agostinho previu a destruição do império romano e a queda de Roma, e registrou no livro “A Cidade de Deus” e tudo aconteceu em 476 D.C. quando os bárbaros invadiram e saquearam Roma. Já me perguntei várias vezes, sobre Hiroshima, Hagasaki, etc. Sei que recentemente havia palavras proféticas sobre o Brasil e mais especificamente o Rio de Janeiro. Mas o meu coração também fica ligado na minha cidade, pois de todos os lugares do Brasil, o mais acessível a mim e sobre o qual me foi dado responsabilidade e autoridade de intercessão, é Guararapes. A Voce, deve ser a sua cidade, entendo que vale aquele princípio: “Se alguém não tem cuidado de sua casa, como cuidará da igreja de Deus?” Se não respondo pela minha cidade, meu bairro, como vou querer ganhar o mundo? A segunda verdade é que Deus valoriza o potencial que há em cada um de nós. A razão alegada para revelar o que faria, era que Abraão viria a ser uma grande e poderosa nação. Deus vê o que há em nós, que não vimos ainda e percebemos e nos direciona para trabalhar e realizar aquilo. Nosso futuro é sempre opaco do lado humano, mas Deus vê do outro lado do véu e age conforme o quando inteiro e não apenas com o presente. Daí a importância da fé e de aceitar os desafios de fazer coisas novas e diferentes. Não corra disso, corra para isso!

Pai, obrigado por ter uma visão de longo alcance e nos permitir participar contigo de coisas grandes e maiores do que o nosso atual conhecimento. Sou grato por saber que todas as coisas estão nas tuas mãos e tens perfeito controle de tudo. Obrigado pela permissão e bênção de participar com o Senhor de planos eternos. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s