Que Viva Ismael

Meditação do dia 08/10/2018

 “E disse Abraão a Deus: Quem dera que viva Ismael diante de teu rosto!”  (Gn 17.18)

 Que Viva Ismael – À medida que vamos meditando em textos da Palavra de Deus, melhor compreendemos e mais claros ficam os preciosos ensinamentos que eles reservam para nós. Ao estudar a vida das pessoas da Bíblia, como estamos fazendo, também vamos ganhando mais compreensão dos propósitos divinos para eles e para nós, que somos o seu povo nos dias de hoje, peregrinando aqui na terra. Também estamos em busca da nossa verdadeira herança e do nosso lugar nesses propósitos divinos que apontam para a eternidade com foco na redenção em Cristo Jesus. Quando acreditamos que cada pessoa foi criada por Deus para um propósito muito especial, nos incluímos nisso e passamos a aplicar os recursos da Palavra de Deus em nossas vidas e tomar decisões coerentes com as promessas e responsabilidades inerentes a essa vida de caminhar com Deus. Sendo cada pessoa, resultado de um plano e um propósito do Criador, que não erra, não se engana e não existe acaso, podemos então ver que Ismael, o filho de Abraão, não é um corpo estranho que apareceu na história e até mesmo que seja do mal. Ainda estamos sendo tratados e aperfeiçoados no nosso desenvolvimento espiritual para chegarmos a ser semelhantes a Cristo e até lá, precisamos aprender e nesse processo, acontece erros e acertos, altos e baixos, mas a proximidade com Deus na comunhão, facilita o processo. Gostaria de pensar com vocês, que por vezes reproduzimos na caminhada espiritual, as mesmas atitudes e decisões que tomamos na vida física e material e os relacionamentos não estão alheios a tudo isso. Por exemplo: Filhos, muitas vezes não compreendem o coração dos pais em relação a eles; a competitividade nasce e cresce e se não houver sábias orientações, irmãos podem se degladiar por atenção e cuidado dos pais. Uns acham e declaram ou agem como percebendo preferencia dos pais em um determinado filho em detrimento de outros. Claro que existem situações em que isso é verdadeiro, por imaturidade ou por incapacidade dos pais de serem equilibrados no trato com os filhos e na responsabilidade de serem imparciais. Não há nada mais desigual do que os pais tentarem tratar todos os filhos de modo igual. Cada pessoa é única e um único padrão de tratamento por surtir efeitos diferentes. Alguns pais não conseguem separar a identidade do comportamento dos filhos e isso leva a erros e danos irreparáveis. Na tentativa de abençoar e preservar a integridade da identidade dos filhos, eles toleram o mal comportamento e atitudes erradas e pecaminosas. Em outras para coibir o comportamento errado e pecaminoso eles anulam e amaldiçoam a identidade dos filhos. Costumo dizer que “o equilíbrio é o grande desafio da vida!” Muitos de nós e eu inclusive, descobri a não muito tempo, que do ponto de vista de Deus, todas pessoas no mundo inteiro, são seus filhos por criação e são alvos do seu amor e salvação em Cristo. Ele deseja que a mensagem do Evangelho de Cristo chegue a cada indivíduo em cada canto da terra. Ainda que estejam vivendo longe da sua vontade, e cometendo pecados e adorando muita coisa, menos a ele, ainda assim não muda o fato de que ele os criou e é ele quem cuida e protege, sustenta e quer que se convertam se sejam salvos. Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo (I Tm 2.4-6). Nós, cristãos, somos pró-israelitas e porque judeus e árabes se confrontam, até inconscientemente marcamos eles como nossos adversários e rejeitamos até a história deles. Abraão queria que Ismael vivesse e fosse o filho da promessa, e Deus mostrou-lhe que são coisas diferentes e separadas. Ismael seria abençoado, cresceria e seriam quem tivesse que ser; mas a aliança e as promessas que ele tinha com o patriarca, era outro assunto e o filho herdeiro dessa aliança, seria outro, nascido de Abraão e Sara, fruto de poder de Deus agindo em suas vidas, ainda que ele não pudesse perceber isso naquele momento.  Precisaria de fé, passos de fé para ver o agir de Deus.

 

Senhor, podemos não ver tudo e nem ver longe, mas tu és fiel e justo para com as tuas palavras e promessas e no devido tempo elas se hão de cumprir. O que hoje está encoberto aos nossos olhos, ainda se revelará e o teu nome será glorificado em nós. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s