Perguntas Intimistas

Meditação do dia 17/11/2018

 “Assim, pois, riu-se Sara consigo, dizendo: Terei ainda deleite depois de haver envelhecido, sendo também o meu senhor já velho?”  (Gn 18.12)

 Perguntas Intimistas – Conversar consigo mesmo deixou de ser estranho à muito tempo. Desde que o homem está por aqui, o comportamento revela coisas que parecem ser estranhas para uns e absolutamente normais para outros. “Quando estamos adaptados ao ambiente, tendemos a ignorá-lo.” (Richard H. Thaler). Ele deve saber do que está falando, afinal ganhou recentemente o Nobel de Economia, mesmo sendo um psicólogo. Alguém falando com suas plantas é estranho para alguém que só fala com seu cachorro e os dois são estranhos para um terceiro que vive falando sozinho. Como cristãos, então somos bem malucos, pois oramos em todo tempo, falamos, reagimos, gesticulamos, combatemos e um punhado de outras “bizarrices” que fazem valer nossa alcunha. Me parece que nada disso incomoda ao Senhor, talvez porque foi ele que nos fez e portanto conhece bem suas criaturas, ou porque ele é infinitamente sábio para lidar com a gente, sem levar em conta nossas manias ou peculiaridades próprias de sermos humanos. E muito gostoso orar a Deus e busca-lo em função de algum alvo muito importante em nossa vida, e especialmente quando aquilo também contribuirá significativamente com o reino de Deus e seus propósitos eternos. As promessas pessoas que recebemos nos tornam participantes de algo muito maior que nós mesmos e vemos como uma grande oportunidade de fazer a diferença. Abraão e Sara viviam isso, pois além de estarem andando com Deus e crescendo nesse relacionamento, eles também tinham o desejo pessoal e familiar de terem um filho. Isso era desafiador para suas realidades, pois Sara era estéril e só mesmo um evento sobrenatural poderia mudar isso; e eles receberam uma palavra de Deus nesse sentido; seriam pais de uma descendência numerosa e formaria nações e reis procederiam deles e não só isso, mas seriam povos escolhidos e separados para um missão toda especial em meio a todos os demais povos do mundo. O pacote completo era maravilhoso! Os anos passaram, as expectativas e possibilidades humanamente viáveis foram se esvaindo e as ações que tomaram para mudar a realidade não trouxe paz aos seus corações e Deus continuava insistindo com eles nas promessas como se nada estivesse sendo alterado. Para quem não pode conceber até aos vinte anos, nem aos trinta e lá se foram os quarenta, cinquenta, sessenta, setenta e oitenta anos… quais eram as chances agora? Sara estava resignada, exatamente como eu fico, você fica e nós ficamos ao olhar uma Palavra de Deus, o que ela diz e olharmos a realidade ao nosso redor exatamente oposto à qualquer possibilidade de se cumprir. Não faltam amigos, irmãos, pastores, profetas, visões e profecias nos dizendo como de fato são as coisas… tá todo mundo certo, menos a gente, e Deus então nem se fala… “as coisas hoje não são mais assim!!” Sara conhecia o poder de Deus, conhecia as promessas e a fidelidade de Deus e também conhecia seu corpo e sua realidade e era só isso que limitava tudo. Não temos problemas em acreditar que Deus pode tudo, sabe tudo, tem tudo a seu dispor! Esse não é o problema, nós somos a causa do por que isso não poder acontecer. Fé e razão, fé e sentimento, fé e evidencias!!! Quando o anjo disse que no ano que vem, nesse tempo, Sara já terá um filho, seu mesmo, gerado dela…. imediatamente ela utilizou todos os seus poderes e superpoderes e fez ultrassom, imagem em 3D, viabilidade uterina, hormonal, e tudo que se pode, fez e recebeu os resultados e balançou a cabeça negativamente… comigo não!!! Nessa idade? Sem chances!!! Ela deve até ter visto a si mesma nove meses à frente, noventa anos e grávida… ela riu consigo mesma! Quantas vezes será que o pequeno Isaque ouviu essa história? E sempre acrescida do detalhe: é por causa disso, que você se chama “Isaque.” Eu quero aprender algo sobre minhas limitações, de tal forma, que elas não limitem o poder e a graça de Deus operar em mim e através de mim. Eu já sei quem sou e conheço minhas limitações e incapacidades; mas preciso agir para que o poder de Deus, que também conheço e sei que é ilimitado e nem pode ser impedido de agir, por uma atitude minha, frágil, mas forte o suficiente para bloquear o fluir da graça divina!

Senhor, obrigado por me ajudar na expansão da minha dependência de ti e de tua graça. O fato de ser tão pequeno e limitado, não muda a verdade de quem tu és e muito menos de impedir os teus propósitos. Todos fomos criados por ti, e todos temos fraquezas e limitações e mesmo assim o propósito eterno continua seguindo sem problemas e no devido tudo estará no seu devido lugar, para tua glória e nossa alegria, diante do trono, em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s