Isaque Chegou

Meditação do dia 22/11/2018

 Abraão deu o nome de Isaque ao filho que Sara lhe dera.”  (Gn 21.3)

 Isaque Chegou – Já falamos por mais de uma vez sobre o modo de se escolher nomes para os nossos filhos. As culturas antigas tinham uma noção mais precisa sobre a importância desse ato na vida das famílias. Abraão e Sara certamente poderiam ter um desejo de dar certo nome a um filho que viessem a ter, mas eles foram agraciados com a promessa de um filho e lutaram muito para que isso acontecesse; nesse caminho de aprendizado, deram a chance de permitir que Deus lhes aplicasse uma disciplina, escolhendo o nome para o filho; uma forma de mantê-los sempre atentos ao cuidado e poder de Deus de cumprir suas promessas. Isaque significa “Riso” e não só porque eles riram, mas porque suas atitudes demonstravam que eles apesar de acreditarem, estavam mais para duvidar do que para crer. Novamente chamo a atenção de todos nós, porque não acredito que Abraão e Sara foram os primeiros e os últimos nessa arte; nem são os únicos. Como já falei outras vezes, sou mestre em descrer, sou muito bom em ser racional e ter medidas exatas para todas as coisas e sei que não sou só e não sou uma ilha nesse imenso oceano de cristãos que também batalham para terem uma vida de fé e comunhão com Deus, mas lutam com suas falhas e fracassos. Mas graças ao Deus, que nunca nos abandona e nunca deixou de operar e muito menos de dar seguimento aos seus eternos propósitos, só por terem a incredulidade humana em ação. Justamente por isso, precisamos de salvação, e ela veio exatamente pelo caminho da fé, e só pela fé. Isso nos faz exercitar essa parte atrofiada em nós. Me lembro daquele pai angustiado ao trazer seu filho, uma criança atormentada por um demônio destruidor que o atirava na água e no fogo em tentativas de exterminar sua vida e Jesus o libertou de vez; o que me chama muito a atenção foi o modo como o pai se expressou:  E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! ajuda a minha incredulidade” (Mc 9.24). Abraão o pai da fé estava crescendo nesse relacionamento com o Senhor e chegou a ser a figura que todos admiramos até hoje e para sempre. Isaque veio, nasceu como Deus havia dito, como havia prometido. E como era esperado, filho físico e biológico de Abraão e Sara. Teremos muito o que aprender com esse Isaque, porque sua vida e seu histórico tem tudo com as promessas divinas para todos nós. Quem não tem esperado por um Isaque em vida?

Senhor obrigado, por ser fiel e justo em todo o tempo. Contamos com tua ajuda para sermos fieis e comprometidos contigo e com teu reino, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

(PS: Agradeço as orações dos amados, passei por uma cirurgia na última quarta feira (21/11/18) para corrigir uma hérnia inguinal, mas já estou em casa e está tudo bem.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s