Os Filhos Sepultam os Pais

Meditação do dia 27/12/2018 

 E Isaque e Ismael, seus filhos, sepultaram-no na cova de Macpela, no campo de Efrom, filho de Zoar, heteu, que estava em frente de Manre,”  (Gn 25.9)

 Os filhos sepultam os Pais – alguns rituais da vida são inevitáveis. Lidar com a morte e o luto é um deles. Mas podemos aprender e tirar proveito edificante porque queira ou não eles irão acontecer. Nossa estrutura emocional está formatada para funcionar como se houvesse uma lógica no processo de vida e morte, assim, como se as pessoas morressem por ordem de idade, à medida que vão envelhecendo; assimilamos melhor, quando a pessoa falecida é anciã e já está com assuntos e vidas resolvidos; então foi um descanso, uma promoção. Mas se essa fila é furada, e a ordem é subvertida, quando os pais e avós ainda vivos e saudáveis, precisam encarar a perda de um filho e neto. O processo é muito doloroso. Mas agora, estou tratando aqui, de uma proposta cristã de como lidar com a dor e o sofrimento, quando alguém próximo de nós e recolhido às mansões celestiais. Desde que começamos a vida cristã e temos contato com a literatura cristã, já nos deparamos com os registros da criação, do Éden, do casamento, “da maçã e da cobra,” e é justamente aqui na conversa com Adão e Eva que aparece a palavrinha que vem aterrorizando as pessoas desde sua primeira manifestação em Abel. Imagino eu que o velho e sábio Abrão, embora lúcido e experiente, era muito bem cuidado e protegido por Isaque e as pessoas da família, afinal, não só honrar os mais velhos era uma prática cultivada, mas aquele era um legado à humanidade. Um homem que andar com Deus de forma muito próxima e íntima e havia recebido grandes revelações e soubera vivenciar a comunhão com o Altíssimo, o possuidor dos céus e da terra. Mas todos são mortais e esse dia viria para Abraão e veio. Como ele era muito querido e admirado também fora dos círculos familiares, entre os reis locais, e amigos confederados, entre os quais ele peregrinou livremente por aproximadamente cem anos da sua vida; o funeral certamente foi concorridíssimo, porque havia muitas homenagens a serem prestadas. Mas tudo estava sob as ordens de seus filhos, Isaque e Ismael, agora já grandes homens e importantes pessoas. Quando tratamos da questão “morte” estamos também falado de fim de períodos, etapas, processos. Tudo o que tem começo, tem um meio e um fim, não importa se é de curtíssimo prazo, como uma flor ou um fenômeno duradouro de décadas ou até séculos; entre essas coisas todas, estão as vidas dos humanos, dos animais, e etc. É preciso aprender a lidar com a morte, senão sofre-se mais do que é necessário. Reconhecer que alguns desses acontecimentos está dentro da margem de normalidade, por mais doloroso que nos pareça; mas há outras coisas a serem feitas e a bênção e os propósitos de Deus ainda continuam firmes para quem ainda está aqui. Se não houver aprendizado e gratidão a Deus pelo dom da vida, a sombra da morte pode amargar e amargurar a vida, tornando opaca e sem sabor, com um longo percurso ainda por fazer e não vale a pena!

 

Senhor, obrigado pela vida de Cristo que foi dada em pagamento e remissão da vida numa condição ruim e desastrosa pelo pecado. Em Cristo, somos novas criaturas e podemos desfrutar do melhor que tens para conosco todos os dias. As dores e as lágrimas fazem parte do caminho e da aprendizagem, mas estarás conosco e podemos ainda ser alegres, felizes e realizados em tudo que vier à nossas mãos para fazermos. Sou agradecido pela forma abençoada que tenho experimentado a tua bondade nesses aspectos, em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s