Rebeca, Antiga Mulher Moderna

Meditação do dia 06/03/2019 

 Disse-lhe mais: Também temos palha e muito pasto, e lugar para passar a noite.”  (Gn 24.25)

Rebeca, Antiga Mulher Moderna – No último capítulo de Provérbios a um texto muito bonito dedicado a uma mulher muito especial que não aparece o seu nome, mas ficou para a posteridade como a “Mulher Virtuosa;” e não é para menos. Ela vivendo num tempo bem remoto e num contexto oriental de predominância masculina em termos de espaço social, ela é apresentada como alguém muito além dessas barreiras e limitações culturais. Ela é empreendedora, tem iniciativa comercial, habilidosa profissional artesã, mãe dedicada, esposa influente e determinante no sucesso do marido e tem o reconhecimento dentro do lar e fora na sociedade. Em termos mais simples, eu diria que ela dá um show em muitas das nossas mulheres modernas em todo e qualquer sentido. Mesmo assim, as pessoas insistem em dizer que a o ensino bíblico é eminentemente machista devido a cultura hebraica antiga e que também Deus apoio esse lado do exercício da liderança. Francamente eu pago para ver, pois a prática da vida cristã no modelo bíblico não dá nenhuma margem para qualquer tipo de opressão, domínio e controle obsessivo e muito menos tirania. Jesus teve ótimos relacionamentos com as mulheres e muitas delas tinham muita iniciativa e participação ativamente das atividades do reino de Deus e lendo Atos dos Apóstolos vemos irmãos valorosas servindo e influenciando poderosamente. Acho que precisamos ler melhor a Palavra de Deus. Agora, falando de Rebeca, percebemos claramente que ela sabia sua posição dentro da família e era ligada nas rotinas da casa e dos recursos e hábitos de hospitalidade, de forma que ela tomou atitudes e decisões como alguém que tem autoridade e poder de decisão, que posteriormente se confirmou sem contestação. Isso nos leva a fazer perguntas para nós mesmos, pois vivemos num contexto que consideramos modernos, liberais, independentes e participativos sem discriminação e onde todos os membros da família tem direitos e deveres iguais e compartilhados; mas é um tanto difícil imaginar uma cena dessas da beira do poço, numa família cristã atual. Temos tanto protocolos de segurança e prevenção, cuidados com estranhos e sem falar no perigo dos golpes e assédios de trapaceiros dispostos a se passar por qualquer coisa para tirar proveito, que ficamos muito desconfiados e a hospitalidade e cortesia tem que tomar contornos bem restritivos. Mas isso não afasta a minha admiração por essa jovem linda e cheia de iniciativa; o tipo ideal escolhida e preparada para ser uma matriarca do povo de Deus. Nossas qualidades e potenciais precisam ser expressos como culto a Deus e a serviço do próximo, porque é o caminho da realização pessoal e também de se descobrir os ministérios e nosso lugar no Corpo de Cristo.

 

Senhor Deus e Pai, graças te rendemos e também trazemos o nosso reconhecimento por todo o teu sábio processo de preparar e incluir nossa participação nas atividades do Reino. Todos somos especiais e amados por ti; temos espaço e oportunidade de servir e sermos úteis a ti e ao próximo. Nesse dia, consagramos nossa vida e nossas iniciativas para o louvor da tua glória, em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s