Assumindo Responsabilidades

Meditação do dia 28/03/2019 

Até que se desvie de ti a ira de teu irmão, e se esqueça do que lhe fizeste; então mandarei trazer-te de lá; por que seria eu desfilhada também de vós ambos num mesmo dia?”  (Gn 27.45)

 Assumindo Responsabilidades – Como em muitas outras situações eu desejo esclarecer que não sou absolutamente em nada contra a pessoa ou a personagem de Rebeca e muito menos estou trabalhando com a idéia de reprovação de sua vida ou conduta. A idéia aqui, é meditar e perscrutar o que nos for possível sobre os fatos que aconteceram e ficaram registrados para nosso ensino e edificação. Sou bastante consciente da minha pequenez diante da história e da importância dela na vida de uma nação inteira como povo escolhido de Deus e claro, tiro o chapéu para ela numa boa e a reverencio com satisfação e gratidão no meu coração. Meu raciocínio é no sentido de fazer perguntas, incitar a criatividade e adaptar aquela realidade primária para a nossa condição atual e tirar lições que abençoam a nossa vida. Quero chegar no céu e conhece-la pessoalmente e ganhar um grande abraço e não ser chamado no escritório dela para me explicar! Nossa matriarca na sua conversa com Jacó, justificado a necessidade dele viajar para viver um tempo com o tio, em Hará, ela fala que isso daria tempo para esfriar os ânimos do seu ofendido, e ele “esquecesse” o que Jacó lhe fizera. Com a minha cabeça de ocidental e vivendo na era dos direitos adquiridos e da centralidade do indivíduo e com as teses de ninguém ser molestado e tudo mais que todos vocês também já conhecem; sabemos que a conversa dela vai bem até a pagina 3, depois é preciso dividir as responsabilidades e cada um assumir o seu papel e sua importância na trama toda. O fato é que Esaú estava bravo e com planos de vingança contra Jacó, por ter lhe enganado diante do pai e apropriado da bênção, que a seu modo de ver era dele e ninguém deveria usurpar. Ele que nunca valorizara isso, pois desde que vendera seu direito de primogenitura, abandonou-o por completo, só voltando a isso, no momento que seu pai lhe fez a proposta de dar-lhe a bênção. Mesmo não sendo uma pessoa lá muito espiritual e chegado nas coisas divinas, agora isso não interessava, pois ele reivindicava para si, o que a letra da lei lhe dava, se ele havia vendido, trocado, abandonado ou só estava dando um tempo, para ele, era irrelevante. Isso me trás a memória aqueles tempos de assembleias agitadas nas igrejas com regime democrático congregacional; quando em dia de sessão, membros que estavam fora a muito tempo, sem compromissos, sem participação ativa, agora apareciam aos montes e exigindo direitos e brigando por superfluidades, muitas vezes incitados por outros que só queriam vero circo pegar fogo. Aqui está Esaú, disposto até a homicídio, para garantir a bênção de Deus que lhe fora prometida pelo pai. “Não importa quem perca, desde que seja eu que ganhe!” Também a mamãe, que na ocasião dissera a Jacó que assumiria qualquer maldição que viesse em decorrência da cena montada, agora a ele que o irmão estava bravo “pelo que você fez!” Graças a Deus, que na Nova Aliança, passar a bola para frente, já ficou esclarecido que não funciona: “Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal” (2 Co 5.10).

 

Pai, obrigado pelas responsabilidades que a vida cristã nos concede. Elas nos fazem crescer e nos conformarmos mais e mais ao teu caráter santo e justo. Estamos cientes de que nossas ações tem consequências e que precisamos de ajuda do Espírito Santo para agirmos dentro da legalidade e da espiritualidade que engrandece a tua santidade e o testemunho da nossa fé, em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s