Sob Juramento

Meditação do dia 03/04/2019 

E disse Abraão ao seu servo, o mais velho da casa, que tinha o governo sobre tudo o que possuía: Põe agora a tua mão debaixo da minha coxa, para que eu te faça jurar pelo Senhor Deus dos céus e Deus da terra, que não tomarás para meu filho mulher das filhas dos cananeus, no meio dos quais eu habito. (Gn 15.2,3)

 Sob Juramento – Abraão sabia da capacidade e da autoridade que Eliézer tinha e exercia dentro de suas competências. Sendo ele um servo criado em casa de seu senhor e que gozava da simpatia e confiança plena, é muito provável que os demais criados se submetiam a ele sem problemas, porque em muitas situações os patrões ou senhores não se faziam presentes e ele cuidava de todos os interesses, com o devido respaldo. O que também podemos ver é que ele tinha o respeito de Isaque, que embora sendo o herdeiro, o senhor aquém ele serviria na ausência definitiva de Abraão, sabia e confiava nele para tarefas muito particulares e pessoais. Agora que Abraão tomara a decisão de buscar uma esposa para seu filho, e isso deveria ser feita entre os familiares que se encontravam em Harã e sem a permissão para que Isaque fosse pessoalmente fazer sua busca e voltasse; ele optou pela segurança de ter o filho ao seu lado e delegar tal responsabilidade ao mordomo. Abraão tinha suas razões por conjurar a Eliézer a dar a sua palavra de honra, mas muito mais do que isso, jurar diante de Deus que cumpriria a ordem estritamente em conformidade com os desejos do patriarca. No comentário das notas da Bíblia Vida Nova, sobre esse tipo de juramento, que parece bem estranho e sem sentido para nós na atualidade, mas como precisamos compreender aquilo dentro do contexto da época e da cultura, então isso passa a fazer sentido. O comentário afirma: “O juramento descrito tem sido designado como ‘juramento pela posteridade,’ que significa a vingança relativamente a qualquer transgressão do juramento exercida pelos descendentes de que procedessem de sua  coxa.” Era para eles, algo que se levava muito à sério. Na Nova Aliança, sob a qual vivemos como igreja, o juramento já é algo descartado das práticas, não porque ele não tenha valor ou qualquer outra questão; é que Jesus trouxe para a vida e o relacionamento com Deus, padrões mais elevados e mais centrados na transformação da vida interior das pessoas. À começar pelo novo nascimento, e o andar em santidade, o que se espera dos servos de Deus é que sejam íntegros e corretos em suas palavras e ações. Jesus, já em seus dias terrenos, fez a afirmação que serve de base doutrinária para o que se espera agora: “Outrossim, ouvistes que foi dito aos antigos: Não perjurarás, mas cumprirás os teus juramentos ao Senhor. Eu, porém, vos digo que de maneira nenhuma jureis; nem pelo céu, porque é o trono de Deus; Nem pela terra, porque é o escabelo de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei; Nem jurarás pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco ou preto. Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.” (Mt 5.33-37). Não somente espera que sejamos confiáveis, mas que nossa palavra seja suficiente. Isso exige um exercício constante, porque estamos certos de que todo o ambiente à nossa volta, conspira contra falar a verdade ou mesmo ser obrigado a cumprir o que se falou. A nossa constituição brasileira, veda alguém produzir prova contra si mesmo; como cristão, dá para imaginar como fica a doutrina e a prática da confissão de pecados e a importância de assumir responsabilidades? Por isso, ser cristão é mais do que ser evangélico, gospel, crente, seguidor, fiel ou qualquer outro nome que se diga. Cristão é um compromisso com Deus, com a verdade e com uma integridade de alto nível.

 

Senhor, obrigado por empenhar tua Palavra e nenhuma delas jamais cair por terra. Não temos nenhuma sobra de dúvidas sobre o teu caráter, ou sobre as tuas promessas. Esse é o modelo que seguimos e pedimos graça para sermos fiéis e bem representarmos o teu nome que em nós é invocado. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s